segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

HONRAS A SANTA LUZIA PROTETORA DA VISÃO

0 comentários
Hoje é dia de Santa Luzia protetora da visão, nesta data rogamos a essa grande mãe que limpe a sujeira das vistas dos nossos governantes, para que percebam com clareza que os nossos irmãos que trabalham sol a sol, merecem condições dignas de trabalho e remuneração. clareie a vista dos Parlamentares brasileiros que em breve estarão definindo o valor do salário mínimo a vigorar no próximo ano, impedindo que os mesmos aprovem um salário de miséria como fazem todos os anos. Comemoramos esta data juntos com os Comunitários do Bairro de Santa Luzia, convidando a todos para participarem dos festejos que estão acontecendo na Paróquia, da mesma forma, estamos com os moradores do Bairro Presidente Vargas (Matinha) onde acontece nesta data a tradicional procissão em honra a Santa Luzia. Finalmente, saudamos todos os devotos da Santa e desejamos muita paz, saúde, prosperidade e boa visão para ver o mundo com olhos sadio.


Os Editores


HISTORIA DE SANTA LUZIA

Santa Luzia nasceu na Sicília, na Itália, no século VI. Ainda adolescente, ela fez uma promessa para que Santa Águeda curasse sua mãe, que tinha uma doença incurável. “Depois que alcançou a graça, ela prometeu seguir a Cristo e ajudar os menos favorecidos”, conta padre Emoanoel Vergne, da Igreja de Nossa Senhora do Pilar.


Prometida em casamento pelo pai para um nobre influente, Santa Luzia não aceitou abandonar a devoção para se casar. “Ela era coerente, convicta, sabia o que queria. Preferiu a morte do que servir a um homem que não amava”, afirma o pároco. Ofendido com a recusa, o nobre denunciou Santa Luzia para o cônsul. “Naquela época havia muita perseguição aos cristãos e ela foi presa”, conta o pároco.


Durante o tempo em que esteve presa, os soldados arrancaram seus olhos. Porém, no dia seguinte eles estavam regenerados. “É por isso que existe a devoção da cura da visão”, destaca Vergne. Depois disso, Santa Luzia foi decapitada. A data em que se homenageia a santa, 13 de dezembro, é também o dia da sua morte.


Logo após a sua morte, a tumba de Santa Luzia começou a ser frequentada e os milagres creditados a ela começaram a acontecer. O grande propagador da devoção a Santa Luzia foi o Papa Gregório Magno, de acordo com padre Emanoel. “Ele inseriu o nome de Santa Luzia no cânon romano (espécie de normativa religiosa) no fim do século VI. A partir daí ela foi incluída nas listas de memória dos livros litúrgicos e a devoção se difundiu”,conta.



Santa Luzia, conservai a nossa visão

0 comentários:

Postar um comentário