sexta-feira, 30 de abril de 2010

POPULAÇÃO ESTÁ PERDENDO A PACIÊNCIA COM OS EMPRESÁRIOS DE TRANSPORTE COLETIVO DE MANAUS.

0 comentários
Quem estava hoje à tarde nas ruas do centro de Manaus, ouviu em auto e bom som a população gritando coros de queima, queima, queima... Ou, vamos quebrar, quebra, quebra, quebra... Está ficando claro que à motivação política, aliado a ganância dos empresários em quererem aumentar o preço da passagem, já encheu o saco dos usuários. Não se surpreenda se acontecer coisas muito desastradas nessa greve. Os salários dos Motoristas e Cobradores não é o principal motivo desse movimento. Estão sendo usados como escudos para beneficiar políticos e patrões.
LEIA MAIS...

DEDO DE ALFREDO NA GREVE DOS RODOVIARIOS DE MANAUS

0 comentários
Comenta-se que questão política do Senador Alfredo Nascimento está por trás do movimento grevista que bagunçou a cidade e penalizou os usuários de ônibus nesta tarde. Fontes vindas daquelas bandas dão conta que a motivação do Senador é tentar forçar o apoio do Prefeito Amazonino a sua candidatura e eliminar possíveis resistências dentro da CUT. Para isso usou sua influencia de ex-Ministro dos Transportes e a vontade dos empresários em querer o aumento preço da passagem de ônibus para negar as reivindicações dos trabalhadores e provocar a greve.
LEIA MAIS...

Centro da cidade vai parar daqui a pouco

0 comentários
Qum estiver no centro da cidade, próximo a praça da Matriz, saia imediatamente de lá. A partir das 14h40min, ninguém pegará mais ônibus naquele local. Ali um número grande de veículos deve ser estacionado para paralisar a área. A partir de então, a cidade vai funcionar com apenas 30% da frota em toda a cidade, menos no centro da cidade próximo ao relógio municipal e matriz. A informação foi repassada há pouco por fontes dos rodoviários.

Fonte:http://www.blogdafloresta.com.br
LEIA MAIS...

Acreditar em Quem ?

0 comentários
O que se espera que façam das doações que fazemos para as nossas igrejas ?

Claro, que o dinheiro seja usado nas obras sociais, na ajuda aos mais necessitados.

Certo ?

Não !

Pelo menos para a igreja Universal, não !

Ela enviou mais de 400 milhões de dólares para o exterior entre 1995 e 2001

Com o dinheiro, compraram mansões, jatinhos.

Estamos fritos

Padréfilos na Católica

Sonegadores na Universal

Pelo jeito, só uma linha direta com Deus

Sem intermediários.
LEIA MAIS...

Esquerda na Praça do Congresso hoje às 18h

0 comentários
O Conlutas, PSOL e PSTU, também farão seu ato em defesa dos trabalhadores. A manifestação acontecerá hoje às 18h na Praça do Congresso.
LEIA MAIS...

NCST, CTB e UGT e Força Sindical realizaram evento unificado

0 comentários
Centrais Sindicais realizaram hoje manifestação em defesa da redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais. A manifestação iniciou na praça da policia e encerrou na praça do congresso.
LEIA MAIS...

A CUT é um caso de polícia

0 comentários
A Festa que a Central Única dos Trabalhadores – CUT vai fazer amanhã no Sambódromo é um caso de polícia. A Prefeitura de Manaus está doando 575 mil reais e o Governo do Estado está entrando com 800 mil.
LEIA MAIS...

Novas pesquisas

0 comentários
Novas pesquisas continuam sendo feitas na capital e no interior. A próxima rodada vai provocar um verdadeiro frisson na política. Tem gente subindo que nem foguete e gente despencando assustadoramente. O povo cansou das promessas não cumpridas.
LEIA MAIS...

Alfredo Nascimento deixa Amazonino e fica com Serafim

0 comentários
Serafim Corrêa e Alfredo Nascimento estiveram no Planalto, última quarta-feira, anunciando a dobradinha. Quem também esteve por lá, ontem, foi o prefeito Amazonino Mendes, explicando as dificuldades de continuar apoiando o ex-ministro dos Transportes, que prometeu a Prefeitura de Manaus para Serafim em 2012.
LEIA MAIS...

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Está na hora dos políticos saírem da toca

0 comentários
Esses políticos são umas figuras.
Quando querem votos andam de carro aberto.
Depois de eleitos, é só no escurinho das películas.
Ninguém sabe
Ninguém viu...
LEIA MAIS...

Dudu não se governa! Quem manda nele sou eu!

0 comentários
Alfredo Nascimento, já diz para aliados no futebol dos domingos, na Vivenda Verde, em meio ao uísque que Eduardo Braga, vai ser candidato ao senado, mas do seu lado.
LEIA MAIS...

Os Garcias e o PP ainda estão com Omar

0 comentários
Omar Aziz, ainda tem ao seu lado, como aliados políticos, a Dep. Federal Rebecca Garcia e Francisco Garcia.
LEIA MAIS...

Alfredo Nascimento o todo poderoso

0 comentários
Serafim Corrêa e Marcelo Serafim, foram pressionadas pela executiva nacional do PSB para aderirem à coligação de Alfredo Nascimento. Não uma mera conversa de um senador com um ex-prefeito e um deputado federal. A ordem veio de cima. O ex-ministro, utilizando-se de suas prerrogativas de presidente nacional do seu partido, o PR, vem influenciando seus amigos de Planalto para pressionarem os partidos da base aliada a migrarem para sua candidatura.
LEIA MAIS...

Socialismo:um conceito em disputa

0 comentários
“Abre-te Sésamo”, dizia Ali-Babá para entrar e sair impunemente da caverna dos 40 ladrões. Em historinhas para despertar a imaginação das crianças, faz pleno sentido a existência de palavras capazes, por si mesmas, de superar os óbices da vida real. Mas, na boca de políticos que dizem falar seriamente, elas soam como desdém a inteligência daqueles que não enxergam a vida em sociedade como um conto de fadas. Faço essa reflexão após assistir a propaganda do Partido Comunista do Brasil (PC do B), veiculada em rede nacional no último 22 de abril.

Suas lideranças, durante todo o programa, enfatizaram que seu apoio ao Governo Lula se dá em nome da continuidade da implantação do socialismo no Brasil. Para eles, a posse de Lula foi o marco inicial desse processo. Com essa argumentação de conto de fadas, o PC do B se diz o legítimo representante do socialismo em nosso país, muito embora sua sigla o defina como comunista, que, por sinal, está bem distante do ideal socialista. A argumentação do PC do B seria cômica se não fosse trágica a acomodação ao poder de uma sigla que fez da combatividade e da ousadia, que ainda proclama, coisa do passado.

Esse fato me trouxe a lembrança de um artigo de Carlos Nelson Coutinho intitulado "Democracia: um conceito em disputa". Nele, o brilhante Nelson nos chama a atenção para a face de democrata que quase todos os partidos da atualidade procuram ostentar, ainda que, no íntimo, não nutram nenhuma simpatia pelo modelo democrático. Assumem essa postura apenas porque, nos dias atuais, não fica bem não se assumir como democrata. Não por acaso, o antigo PFL, formado por inúmeros políticos que deram suporte a Ditadura Militar, resolveu mudar seu nome para DEMOCRATAS, talvez como tentativa de apagar o seu passado nada abonador.

No meu entendimento, o fenômeno que Nelson retrata se dá também em relação ao socialismo. Vários partidos brasileiros se assumem como socialistas, apesar do elevado grau de incoerência com os postulados que deveriam defender. Vejamos o caso do Partido Socialista Brasileiro (PSB), que cogita lançar Paulo Skaff na disputa pelo Governo de São Paulo. Será socialista um partido que quer ter como candidato um ex-presidente da Federação das Indústrias de São Paulo (FIESP)? Tem também o Partido Popular Socialista (PPS), que, nas eleições presidenciais desse ano, estará junto, mais uma vez, com o PSDB e o DEM. Será socialista um partido comprometido com um projeto nitidamente conservador?

Embora dividida em inúmeras vertentes teóricas, a visão de mundo socialista exige a observância de algumas premissas básicas para ser considerada como tal. Não há como se assumir socialista sem uma clara condenação do status quo capitalista, marcado por uma crescente desigualdade na divisão da riqueza socialmente produzida. Não há como se assumir socialista sem uma clara condenação da visão de liberdade liberal, marcada pela idéia de que o importante é ser livre para ganhar e acumular dinheiro, ao mesmo tempo em que se opta por virar as costas para os problemas dos outros e para as discussões políticas de caráter coletivo. Não é por acaso que cresce o desamor e a falta de solidariedade entre os seres humanos, cada vez mais preocupados com o ter do que com o ser. Em suma, não há como se assumir socialista sem uma clara disposição para remar contra a corrente do senso comum atual.

Partidos que se dizem socialistas e não se posicionam politicamente de forma coerente com a defesa do ideal de sociedade que juram acreditar não vão além da mera hipocrisia. Conforme Nelson Coutinho transcreve em seu artigo, citando o pensador La Rochefoucauld, "hipocrisia é a homenagem que o vício presta a virtude". Reconhecem as virtudes do modelo socialista, mas não estão dispostos a fazer os sacrifícios políticos que a sua defesa requer, pois já não sabem (e não querem) viver sem o aconchego e os mimos que o poder dominante lhes proporciona. Não por acaso, é muito fácil encontrarmos ex-socialistas convictos. Fernando Henrique Cardoso, na Presidência da República, pediu que todos esquecessem o que ele escreveu quando se dizia socialista, enquanto Lula, o ex-líder radical dos anos 80, disse nunca ter professado tal concepção política. O PC do B, o PSB e o PPS possuem, pelo menos, uma vantagem em relação ao atual e ao ex-presidente, visto que, pelo menos aparentemente, não padecem de completa amnésia.
LEIA MAIS...

Shopping São José pode fechar as portas novamente

0 comentários
O antigo Shopping São José pode fechar as portas novamente. O Termo de Ajustamento de Conduta firmado entre a direção do Uai Shopping - antigo shopping São José - e o Instituto Municipal de Planejamento Urbano de Manaus, em 23 de março, será acompanhado pelo Ministério Público Estadual. Agora não há como fazer arranjos. Ou o shopping cumpre o TAC firmado com o Implurb ou volta a fechar.
LEIA MAIS...

Mais escândalos de pedofilia vem aí

0 comentários
A prisão do vereador João Bacu (PTB), acusado de prática de pedofilia, é apenas a ponta do aiceberg protagonizado por "gente graúda" de Manaus e Parintins. A sociedade quer os nomes dos peixes grandes, não importando os traumas que venha a sofrer.
LEIA MAIS...

quarta-feira, 28 de abril de 2010

1º DE MAIO UNIFICADO NO AMAZONAS

0 comentários
DIA 30 DE ABRIL CONCENTRAÇÃO NA PRAÇA DA POLICIA AS 8H. OS TRABALHADORES AMAZONENSES UNIDOS PELAS 40HORAS SEMANAIS.

1º DE MAIO DIA DO TRABALHADOR.

Milhões pessoas pelo mundo e um objetivo comum. O 1º de Maio Unificado contará mais uma vez com a união dos trabalhadores e trabalhadoras na conquista de seus direitos

Desde quando surgiu à relação de trabalho em sua forma mais primária, surgiram também às reivindicações e as lutas dos trabalhadores por condições melhores e mais dignas de vida.
E olhando para o passado, vemos que foi um longo e árduo caminho para conquistar mudanças nas leis trabalhistas, que com certeza tiveram uma importância significativa.
Porém, ainda há muito a ser melhorado em relação às condições e direitos trabalhistas. E por essa razão, estaremos mais uma vez unidos em prol do bem comum e pelos trabalhadores brasileiros.
O Dia Internacional do Trabalho é símbolo de uma luta histórica, uma data a qual devemos repensar e refletir as ações necessárias para conquistarmos novas vitórias para os nossos trabalhadores.
E a Nova Central Sindical de Trabalhadores tem a consciência de que a união, a organização e a mobilização são essenciais para atingir esses objetivos.
Então, estaremos juntos com a CTB e a UGT CUT e Força Sindical no dia 1º de Maio, em um evento unificado em Manaus Amazonas na defesa da classe trabalhadora. Reafirmaremos nessa ocasião as nossas bandeiras de luta, demonstrando que os nossos princípios são fundamentados na base sólida da certeza de que podemos e devemos melhorar a vida de cada um dos trabalhadores do Brasil.
Contamos com todos vocês para estarem ao nosso lado nesse momento tão importante, no qual mostraremos ao Governo a força que o movimento sindical tem, principalmente, quando desenvolve ações conjuntas e por razões tão justificáveis em benefício de toda a sociedade.
"A Nova Central Sindical de Trabalhadores - NCST considera que a unidade dos trabalhadores e trabalhadoras é o objetivo mais importante para garantir e ampliar as conquistas e os direitos da classe trabalhadora".

José Calixto Ramos
Presidente da NCST

LEIA MAIS...

PASTORAL OPERÁRIA FAZ SEMINÁRIO NO DIA DO TRABALHADOR

0 comentários
SEMINÁRIO DA PASTORAL OPERÁRIA
CONVOCATÓRIA

O Primeiro de Maio é o dia de todos os trabalhadores e de todas as trabalhadoras, pois somos nós que construímos toda a riqueza do nosso país, por isso, a Coordenação da Pastoral Operária de Manaus, convida os Companheiros e as Companheiras para o Seminário TRABALHO E ECONOMIA: encruzilhadas, para onde queremos ir?

Data: 30 / 04 / 2010
Horário: das 19:00 às 22:00 horas
Local: Auditória Mãe Paula (CEFAM)
Endereço: Avenida Joaquim Nabuco, 1023 – Centro.

Participe e repasse aos seus contatos,

Amadeu Guedes
Contato: 9618-1362
Secretário da P.O. Manaus
LEIA MAIS...

Depois da Mulher Melancia, a Mulher Sofá

0 comentários





LEIA MAIS...

PPS está perto de compor com Alfredo

0 comentários
O Partido Popular Socialista - PPS, recebeu um convite para compor com Alfredo, mas, somente irá tomar a decisão depois de ouvir sua Executiva Nacional, já que o partido apóia a candidatura de José Serra para presidente do Brasil.
LEIA MAIS...

PCdoB vai ‘roer a corda’

0 comentários
O próximo partido a abandonar a candidatura de Omar Aziz ao governo do estado, vai ser o Partido Comunista do Brasil. Fontes ligadas ao Blog confidenciaram que a Dep. Federal Vanessa Grazziotin vem recebendo pressão da cúpula nacional para largar o barco de Omar Aziz e embarcar na barca de Alfredo Nascimento.

A Vanessa disse recentemente a imprensa que o PCdoB ainda não tinha candidato a governador. A mudança repentina de opinião veio depois da reunião que a comunista teve com o Senador Alfredo Nascimento.
LEIA MAIS...

OS PETISTAS DE OMAR AZIZ

0 comentários
O governador Omar Aziz, afirmou que os filiados do PT que estão no governo, saem apenas se quiserem. Pelo menos 45 "companheiros" deixaram o local onde se realizava o fórum do PT, em protesto, Logo, uma parte do PT está com ele, Omar.
LEIA MAIS...

BELÃO ANUNCIA POSSE DE TABOSA

0 comentários
Ronaldo Tabosa, assumira a vaga de Deputado Estadual, deixada por Ângelus Figueira. A posse de Tabosa está marcada para terça-feira, às 10 horas.
LEIA MAIS...

Mário Frota disparou sua metralhadora em direção de Serafim

0 comentários
Mário Frota disparou sua metralhadora em direção de Serafim Corrêa no BLOG DA FLORESTA, classificando o ex-prefeito como dedo duro. "O que tenho a dizer a turma do Serafim, que passou a me agredir, é que enquanto tinha neguinho defendendo a ditadura e sendo apontado como dedo duro do regime militar, eu, Fábio Lucena, Beth Azize, Artur Virgílio, Félix Valoas, e tantos outros bravos companheiros e companheiras, cerrávamos fileiras no combate ao regime infame que, por mais de 20 anos prendeu, torturou, exilou e assassinou estudantes, professores, operários, jornalistas e políticos que reagiram ao covarde golpe de estado perpetrado contra a democracia em l964. Eu sei onde estava desde o primeiro momento do golpe, pois permaneci ao lado dos perseguidos, dos que sofriam e clamavam por justiças. Agora, existe por aí, gente que precisa explicar por que só depois que a ditadura caiu é que virou democrata".
LEIA MAIS...

Encontro Regional sobre Condições e Ambiente de Trabalho

0 comentários
Foi um sucesso o primeiro dia do Encontro Regional sobre Condições e Ambiente de Trabalho para dirigentes Sindicais, realizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria – CNTI, FUNDACENTRO, Universidades e a Nova Centra Sindical – NCST.

O Presidente da Associação dos Trabalhadores Lesionados – ATLEDATAM, André Carvalho da Frota disse que no final da linha de produção da motocicleta CG da empresa Honda, que a cada seis meses, sai um trabalhador lesionado, “as lesões são causadas devido o esforço repetitivo do trabalhador”.
De acordo com André Carvalho, a empresa Honda buscou melhorias e reuniu os engenheiros e médicos e chegaram ao consenso que a melhor solução seria a contratação de anões, “infelizmente depois de três meses de trabalho o anão que foi contrato pela Honda contraiu a mesma doença dos trabalhadores de estatura normal”. A doença que André se refere é a hérnia disco.

André, ainda disse que, existem mais de sete mil trabalhadores do Distrito Industrial de Manaus que contrariam a hérnia de disco no local de trabalho devido os esforços repetitivos.

Os dirigentes sindicais que estiverem interessados em participar do encontro bastam chagar amanhã às 9h no Líder Hotel, localizado na Avenida Sete de Setembro, nº. 827 em Manaus/AM.
LEIA MAIS...

GRITO DE CONVOCAÇÃO DO MOVIMENTO S.OS.ENCONTRO DAS ÁGUAS

0 comentários


No dia do Trabalhador vamos lutar pelo meio ambiente. O Movimento S.O.S. Encontro das Águas convoca todos os cidadãos preocupados com as questões socioambientais do Amazonas para Assembléia de discussão com o objetivo de definir novas táticas e repensar as práticas de luta, visando à preservação do complexo ambiental Encontro das Águas dos rios Negro e Solimões, formadores do Rio Amazonas.
Data: 01/05/2010 (sábado) 15h.
Local: IFAM (antiga Escola Agrotécnica Federal), no Instituto de Permacultura do Amazonas (IPA), Av. André Araujo, Bairro Zumbi, atrás da feirinha da Escola (IFAM). Passar a bola do São José e após 3 km entrar à direita pela estrada do Castanhal situada na frente da guarita principal da Escola Agrotécnica.
Proposta de Pauta:
15:00 – 15h – Apresentações de outras lutas socioambientais atuais pelos cidadãos e organizações presentes na reunião.
15:30 – 16h – Histórico, informes e respostas às duvidas do S.O.S. Encontro das Águas contra o Porto da Lajes.
16:00– 16:h – Organização dos grupos de trabalho para estabelecimento de novas e agenda de luta:
GT 1 – Conhecimento científico e popular sobre os povos e os recursos naturais do Encontro das Águas; GT 2 – Comunicação; GT 3 – Educação ambiental e sensibilização; GT 4 - Estratégias Políticas e Jurídicas; GT 5 – Projetos para sustentabilidade do Encontro das Águas.
16:10 – 16:h – Construção das propostas de planejamento por Grupo de Trabalho.
16:50 – 17:h – Apresentação do resultado de planejamento dos Grupos de Trabalho (10 minutos para cada Grupo)
17:40 – 18:h – Planejamento e discussão final
Se não formos capazes de preservar o Encontro das Águas, símbolo maior de nossa identidade cultural e natural, estaremos reprovados publicamente para gerir sustentavelmente qualquer outro bem comum da nossa Amazônia.
Inteligência Ambiental: Com a ampliação do Movimento deve-se ter todo cuidado para se identificar os militantes, excluindo dessa feita os lobistas, penetras e oportunistas.

LEIA MAIS...

terça-feira, 27 de abril de 2010

FATOR PREVIDENCIÁRIO TEM QUE SER EXTINTO

0 comentários


Não há nenhum argumento que justifique a existência do Fator Previdenciário criado no Governo Fernando Henrique Cardoso.

Sim, pode até existir, desde que seja para manter a lógica neoliberal que fundamentou a sua criação. Na época, o Governo FHC estava comprometido até a raiz com as políticas neoliberais do FMI, do Banco Mundial e de outros organismos colaterais. Prevalecia a idéia do Estado Mínimo, cortes de direitos sindicais e trabalhistas, arrocho nos salários e garantia de super lucros para os monopólios internacionais, especialmente para os parasitas do sistema financeiro internacional.

Por isso o Governo FHC não via nenhum problema em sequestrar quase 40% dos proventos dos aposentados, numa ação criminosa e desumana.

O pior é que essa medida foi mantida até agora pelo Governo Lula, num equívoco lamentável. Portanto, não há outra saída a não ser a extinção do Fator Previdenciário, na forma do projeto do Senador Paulo Paim (PT-RS) já aprovado no Senado.

Qualquer entidade sindical que esteja comprometida com os interesses dos trabalhadores não pode vacilar agora. As centrais sindicais devem ter uma única voz: FIM DO FATOR PREVIDENCIÁRIO JÁ!

(Sebastião Soares)
LEIA MAIS...

DIA 30 MANIFESTAÇÃO DAS CENTRAIS SINDICAIS AS 8H NA PRAÇA DA POLÍCIA

0 comentários
Osmet Duk Filho

O Presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores do Estado do Amazonas e Roraima NCST-AM/RR, está convocando os Trabalhadores do Amazonas, para participarem do dia 1º de Maio Unificado, onde a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais será a bandeira principal das comemorações. No Dia do Trabalhador, o principal evento organizado pelas centrais Sindicais NCST, CUT, CTB e UGT e Força Sindical, acontecerá no dia 30 de Abril ás 08:00 horas da manhã no centro de Manaus, uma marcha saindo da Praça da Polícia seguindo pela Avenida Sete de Setembro, Eduardo Ribeiro até a praça do Congresso é a forma que os sindicalistas encontraram para exigir que o Congresso Nacional aprove a PEC/231 que reduz a jornada de trabalho de 44:00h para 40:00h semanais. Conclui o Presidente da NCST-AM/RR Osmet Duk Filho.
LEIA MAIS...

PSB SEPULTA A CANDIDATURA DE CIRO GOMES EM TROCA DE FINANCIAMENTO DAS CANDIDATURAS NOS ESTADOS

0 comentários
Ciro, Roberto Amaral, Eduardo Campos e Ciro

Aconteceu o que todos já sabiam. A trairagem do PSB, agora a culpa foi do Ciro Gomes que se precipitou em lançar sua candidatura e mudar de domicilio eleitoral. Cara de pau do Roberto Amaral. Vai confiar nesses caras! Se abandonaram o seu candidato em troca de financiamento para seus candidatos, imaginem o que farão com a população.
LEIA MAIS...

segunda-feira, 26 de abril de 2010

NOTA DOS EDITORES DO BLOG LUCTA SOCIAL

0 comentários

Achamos muito importante que todos os escândalos sejam realmente investigados e todos os delinqüente que cometeram tais crimes sejam condenados e banidos da vida pública.

Infelizmente o crime de corrupção passou a ser tratado pelo Presidente Lula apenas como “erro dos companheiros”, atenuar, dessa forma um crime que deveria ser hediondo é no mínimo cumplicidade, mas foi essa a reação de quem deveria dar o exemplo positivo. .

Quando o Presidente Lula reage atenuando os delitos do mensalão, avalia todos os delitos e estimula mais delinqüentes a praticarem falcatruas. Assim ele relaxou os escândalos anteriores como: a capitação de recursos para o PT através de seu compadre Teixeira e o atual secretário da presidência Gilberto Carvalho, a morte de Celso Daniel, o Valérioduto dos tucanos. Isso estimulou mais escândalos dos quais destacamos os Aloprados, Dólar na Cueca, os de Rena Calheiros, do Sarney, os Sanguessugas, do Panetoni.

A linha editorial do Blog é dar liberdade aos nossos leitores para manifestarem suas indignações referentes a todas as questões que afligem os Trabalhadores e a sociedade. Dessa forma, estamos dando maior visibilidade ao comentário do Guilherme Scalzilli, historiador e escritor, colabora regularmente com as revistas, Caros Amigos, o Le Monde Diplomatique, o Observatório Da Imprensa e outros veículos de comunicação.
Leia o comentário de Guilherme Scalzilli

A imprensa colou mensalões em todos os partidos, menos no PSDB. Por que inventar uma expressão como “Valerioduto” para a sigla? Porque é bem menos caricata, popular e marcante, desprovida do mesmo sentido de periodicidade. Emana perfume “técnico”, aproveita um nome já identificado com o PT e personaliza as responsabilidades.

O mais curioso disso tudo é que, originalmente, os esquemas criados por Marcos Valério de Souza não apresentavam diferenças quando envolviam campanhas petistas ou tucanas. Era mais ou menos a mesma fraude contábil, os mesmos personagens, as mesmas empresas.

A SMPB, agência de Valério, desfrutou bons momentos comandando a conta publicitária da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, dominada pelo tucanato. Dois deputados federais, cinco deputados estaduais e três prefeitos do PSDB, além de seis integrantes do governo Aécio Neves (ohh!) apareceram na relação de supostos beneficiários dos cofres de Valério na campanha eleitoral de 1998.Diversos suspeitos de intermediar as artimanhas do “mensalão do PT” participaram da campanha de reeleição de Eduardo Azeredo e depois trabalharam para Valério. Por falar em Azeredo, o caixa dois utilizado por seus homens de confiança passou tanto pelos cofres de Valério quanto pelos de Duda Mendonça, o elo petista preferido pelo noticiário.Até a campanha de FHC recebeu doações da SMPB.

Outros recursos não contabilizados, de maior vulto, geraram pedidos de investigação na época, mas o então engavet, digo, procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, não lhes deu prosseguimento.

A imprensa colou mensalões em todos os partidos, menos no PSDB. Por que inventar uma expressão como “Valerioduto” para a sigla? Porque é bem menos caricata, popular e marcante, desprovida do mesmo sentido de periodicidade. Emana perfume “técnico”, aproveita um nome já identificado com o PT e personaliza as responsabilidades. O mais curioso disso tudo é que, originalmente, os esquemas criados por Marcos Valério de Souza não apresentavam diferenças quando envolviam campanhas petistas ou tucanas. Era mais ou menos a mesma fraude contábil, os mesmos personagens, as mesmas empresas.A SMPB, agência de Valério, desfrutou bons momentos comandando a conta publicitária da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, dominada pelo tucanato. Dois deputados federais, cinco deputados estaduais e três prefeitos do PSDB, além de seis integrantes do governo Aécio Neves (ohh!) apareceram na relação de supostos beneficiários dos cofres de Valério na campanha eleitoral de 1998.

Diversos suspeitos de intermediar as artimanhas do “mensalão do PT” participaram da campanha de reeleição de Eduardo Azeredo e depois trabalharam para Valério. Por falar em Azeredo, o caixa dois utilizado por seus homens de confiança passou tanto pelos cofres de Valério quanto pelos de Duda Mendonça, o elo petista preferido pelo noticiário.Até a campanha de FHC recebeu doações da SMPB. Outros recursos não contabilizados, de maior vulto, geraram pedidos de investigação na época, mas o então engavet, digo, procurador-geral da República, Geraldo Brindeiro, não lhes deu prosseguimento.
LEIA MAIS...

Mario Frota desabafa ao BLOG DA FLORESTA

0 comentários

Mario Frota disse em entrevista ao BLOG DA FLORESTA, que a parceria com Serafim Corrêa, foi a maior decepção da vida dele, “pois eu achava que fosse ser um bom casamento político, mas não foi. Serafim me colocou de escanteio, tive muitas dificuldades de dialogar com ele. Ele não me consultava para tomar nenhuma decisão. Ele tirou o dinheiro do orçamento do meu gabinete. Ele me subordinou ao chefe da casa civil. Quando eu precisava de uma passagem tinha que pedir a ele. E ainda não podia nomear meus próprios funcionários". Mário Frota disse ainda que o distanciamento entre ele e Serafim se deu quando procurou o prefeito para desaconselhar à nomeação de seu filho, Marcelo Serafim. "Marcelo é que mandava na prefeitura", concluiu. (Mayana Tomaz).
LEIA MAIS...

PT ignora 500 cargos no Estado

0 comentários
Resta saber se o Partido dos Trabalhadores – PT vai recomendar que os seus 500 filiados empregados em cargos de confiança no Governo, peçam demissão.

Fontes do blog garantem que Omar não vai demiti-los. Aguardará que os petistas tomem um chá de semancol e peguem o beco espontaneamente.
Será que alguém vai querer perder a boquinha?
LEIA MAIS...

Waldemir Santana dormiu demais e acordou sem delegados

0 comentários
O Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas, Waldemir Santana vai ter que explicar para o pai do ex-governador Eduardo Braga, por que o seu PT não escolheu caminhar ao lado de Omar Aziz. A informação que vem lá da Constantino Nery é que Waldemir pensou que os delegados ligados ao Waltair estavam fechados em apoiar o candidato de Eduardo Braga. O que Waldemir não sabia que Alfredo Nascimento, no final de semana já tinha convidado os delegados de Waltair para passear no Centro de Instrução de Guerra na Selva – CIGS para conhecer as onças criadas pelo exercito.
LEIA MAIS...

PT DO PREFEITO DE ITACOATIARA REJEITA ALFREDO

0 comentários
Tudo bem que o PT do Amazonas, com toda pompa e circunstância, atendeu a ordem do presidente Lula e votou pelo apoio ao senador Alfredo Nascimento (PR) para o governo do Estado. Mas nesse campoflorido tem espinhos que podem dar trabalho. Um exemplo é Itacoatiara, município dividido entre o prefeito Antônio Peixoto (PT) e o segundo colocado Donmarques Mendonça (PR). Durante o fórum deste domingo 25, em Manaus, petistas de Itacoatiara disseram que não aceitam Alfredo Nascimento. Situações como essa podem acontecer em outros municípios e a previsão é de muito jogo de cintura necessário para tentar acalmar os ânimos dos “companheiros”. Donmarques acusa Peixoto de abuso de poder econômico e irregularidades administrativas, chegou a assumir a Prefeitura, mas o petista retomou o mandato por meio da Justiça. O clima na Velha Serpa é de pura beligerância entre os dois grupospolíticos. E agora, José?
LEIA MAIS...

Fecha roda Praciano !

0 comentários
Lula, Dilma, Alfredo, Serafim, Praciano, José Ricardo, Artur e Amazonino todos nos mesmo palanque.

Freqüento, diariamente a Republica Livre do Pina. Os intelectuais remanescente do Clube da Madrugada que não se institucionalizaram na máquina pública, dizem que Amazonino Mendes comanda o "trem da alegria" em noites de festa na mansão do Tarumã. Caro leitor, se, esse trem existe mesmo, Amazonino já pode dizer para o Dep. Federal Praciano, Serafim Corrêa, José Ricardo entrar no trem. Parece que dessa vez não vai ser o Liberman Moreno que vai fechar a roda. Agora quem vai fechar a roda é o Parciano.
LEIA MAIS...

Confirmado. Serafim será o vice de Alfredo

0 comentários
Depois de Serafim Corrêa (PSB), ver sua base de apoio cair nos braços de Omar Aziz. Ele resolveu aceitar ser o vice de Alfredo Nascimento.
LEIA MAIS...

Enquete do Blog da Floresta aponta a vitória de Omar Aziz

0 comentários
Enquete realizada pelo site: http://www.blogdafloresta.com/. Pergunta, qual seu candidato para governo do Estado em 2010? Já foram contabilizados 390 votos até o momento. Está na dianteira o Governador e candidato a reeleição Omar Aziz com 170 votos o que representa 43.6%. Em segundo colocado está o ex-prefeito de Manaus, Serafim Corrêa, com 104 votos o que representa 26.7%. Em terceiro vem o Senador, Alfredo Nascimento, com 88 votos, ou seja, 22,6%. Em quarto está o Sindicalista, Élson Melo com 14 votos o que representa 3,6%. Votaram em branco, 8 pessoas até o momento, 2,1%. Os indecisos chegam a 6 votos, 1,5% dos votos validos.
A enquete pode ser acessada no BLOG DA FLORESTA na coluna de serviço e propaganda, ao lado direito do site.
LEIA MAIS...

domingo, 25 de abril de 2010

Enquanto Omar ganha aliados, Serafim perde

0 comentários

O governador Omar Aziz, pré-candidato a reeleição, já tem assegurado o apoio dos Democratas, do ex-deputado Pauderney Avelino, e costura uma aliança com o PSDB, do senador Arthur Neto. Enquanto Aziz vê crescer a sua base de sustentação política, o ex-prefeito Serafim Corrêa contabiliza perdas: contava com o DEM, que mudou de lado. Contava com os tucanos, mas descobriu que eles têm é muito bico. Resultado: para não morrer na praia, Serafim está aceitando a mão estendida do ex-ministro Alfredo Nascimento.

PTB de Sabino Castelo Branco
O PTB é outro partido que ficará com Omar. O presidente da sigla no Amazonas - Sabino Castelo Branco - não quer nem saber o que pensam os trabalhistas. Ele decidiu que a sigla caminhará ao lado de Aziz e está decidido.


DOIS CANDIDATOS
Do jeito como o xadrez do jogo político está sendo mexido, a eleição para o governo no Amazonas caminha para apenas dois candidatos, praticamente com o mesmo perfil: Omar Aziz e Alfredo Nascimento.


Luiz Navarro
Esse tipo de disputa, plebiscitária - em que o eleitor é chamado a decidir quem tem mais experiência ou quem governou por mais tempo - faz um mal danado ao eleitorado e à democracia, porque reduz o debate a quase nada. A esperança é que o Navarro reapareça para representa a esquerda...
LEIA MAIS...

Praciano, José Ricardo e Alfredo: farinha do mesmo saco

0 comentários
Que o PT é um partido oportunista, que suas lideranças só pensam em se dar bem, a custa do dinheiro do povo, isso todo mundo sabe. Porém o que me surpreendeu no dia de hoje, foi o apoio de Francisco Praciano e José Ricardo ao Ministro Alfredo Nascimento. É por isso que ninguém mais acredita na política.
LEIA MAIS...

PT vai com Alfredo Nascimento

0 comentários
O PT oficialmente decidiu apoiar Alfredo Nascimento para o governo em 2010. Com a saída das correntes pró-Omar do encontro, restaram votos para Alfredo - 86 e apenas uma abstenção.
LEIA MAIS...

Amazonino e Serafim no mesmo palanque

0 comentários
Um chapão
Isso mesmo
É o que está se formando
Em torno da candidatura do Alfredo nascimento
Ele vai unir até seu padrinho Amazonino Mendes e o ex-prefeito de Manaus Serafim Corrêa.
É máquina, minha gente!
A máquina!
É perigosa...
LEIA MAIS...

Ciro desabafa depois da pernada que levou do seu PSB que não resistiu as chantagens de Lula

0 comentários

“Lula está navegando na maionese. Ele está se sentindo o Todo-Poderoso e acha que vai batizar Dilma presidente da República. Pior: ninguém chega para ele e diz ‘Presidente, tenha calma". (Sobre a tentativa de Lula eleger Dilma).


“Ele não é Deus". (Sobre a popularidade de Lula).


"Tiraram de mim o direito de ser candidato. Mas quer saber? Relaxei. Eles não querem que eu seja candidato? Querem apoiar a Dilma? Que apoiem a Dilma. Estou como a Tereza Batista cansada de guerra. Acompanho o partido. Não vou confrontar o Lula. Não vou confrontar a Dilma". (Ao assumir pela 1ª vez que está fora da disputa presidencial).


“Não me importava de ser um candidato com 2%, 5%, 10% das intenções de voto. Acho que minha presença nos debates e nos programas de televisão poderia provocar uma discussão no país, uma discussão sobre o futuro do Brasil.” (Sobre ser candidato).


“Minha sensação agora é que o Serra vai ganhar esta eleição. Dilma é melhor do que o Serra como pessoa. Mas o Serra é mais preparado, mais legítimo, mais capaz. Mais capaz inclusive de trair o conservadorismo e enfrentar a crise que conheceremos em um ou dois anos.” (Sobre José Serra, candidato do PSDB à presidência).


“Não me peçam para ir à televisão declarar o meu voto, que eu não vou. Sei lá. Vai ver viajo, vou virar intelectual. Vou fazer outra coisa". (Sobre o apoio a Dilma Rousseff, candidata do PT à presidência).


"Em 2011 ou 2012, o Brasil vai enfrentar uma crise fiscal, uma crise cambial. Como estamos numa fase econômica e aparentemente boa, a discussão fica escondida. Mas precisa ser feita. Como o PT, apoiado pelo PMDB, vai conseguir enfrentar esta crise? Dilma não aguenta. Serra tem mais chances de conseguir. (Sobre economia).


"Sabe os aloprados do PT que tentaram comprar um dossiê contra os tucanos em 2006? Veremos algo assim de novo. Vai ser uma m…” (Sobre a campanha presidencial)“Sempre fui acusado de ter trocado muito de partido. Minha vida partidária é uma tragédia mesmo”. (Sobre sua vida política).
LEIA MAIS...

Dilma e o Paulinho

1 comentários

Dilma foi a uma escola conversar com as criancinhas, acompanhada de
uma comitiva.

Depois de apresentar todas as maravilhosas propostas para seu governo (se eleita), disse às criancinhas que iria responder perguntas.

Uma das crianças levantou a mão e Dilma perguntou:

- Qual é o seu nome, meu filho?

- Paulinho.

- E qual é a sua pergunta?

- Eu tenho três perguntas.

A primeira é "Onde estão os milhões de empregos prometidos na campanha presidencial passada?"

A segunda é "Quem matou o Prefeito Celso Daniel?"

E a terceira é "A senhora sabia dos escândalos do mensalão ou não?".

Dilma fica desnorteada, mas neste momento a campainha para o recreiotoca e ela aproveita e diz

que continuará a responder depois do recreio.

Após o recreio, Dilma diz:

-OK, onde estávamos? Acho que eu ia responder perguntas. Quem tem perguntas?

Um outro garotinho levanta a mão e Dilma aponta para ele.

-Pode perguntar, meu filho.

-Como é seu nome?

-Joãozinho, e tenho cinco perguntas:

A primeira é "Onde estão os milhões de empregos prometidos na campanhapresidencial
passada?"
A segunda é "Quem matou o Prefeito Celso Daniel?"

A terceira é "A senhora sabia dos escândalos do mensalão ou não?"

A quarta é "Porque o sino do recreio tocou meia hora mais cedo?".
A quinta é "Cadê o Paulinho??”
LEIA MAIS...

sábado, 24 de abril de 2010

AVISA QUE ESTÃO MATANDO O MINDU

0 comentários

AVISA QUE ESTÃO MATANDO O MINDU
José Ribamar Bessa Freire
25/04/2010 - Diário do Amazonas

Quinta feira, 22 de abril. Oito horas da manhã. Toca o telefone. Atendo. Ligação interurbana. É de Manaus. A voz de alguém que não conheço geme, angustiada, do outro lado da linha, pedindo socorro:

- Estou agorinha presenciando um assassinato daqui da janela da minha casa, no Parque Dez!! Eu, minha mulher e minha netinha!!!

Alarmado, aconselho que chamem a polícia. Justifico minha omissão:

- Moro no Rio de Janeiro. Não posso fazer nada.

- Pode sim! Pode escrever. Escreve. Avisa que estão matando o Mindu. Denuncia o crime. Dá o nome dos bandidos – segredou a voz, num cochicho, como se temesse ser ouvida.

Depois, continuou descrevendo, lance por lance, o que via através da janela indiscreta. Narrativa tensa, cheia de suspense, como num filme de Hitchcock. Transcrevo o que ouvi, na esperança de que os criminosos sejam identificados e punidos. Duvido, no entanto, que a violência contra desconhecidos, hoje tão banalizada no Brasil, possa comover alguém.

Afinal, quem é que está preocupado em saber se um tal de Mindu está morrendo num bairro de Manaus? Azar o dele! Se a vítima fosse uma celebridade, vivesse na Islândia, se chamasse Eyjafjallajoekull e cuspisse fogo, vapor e fumaça preta, zoneando assim o tráfego aéreo, o mundo inteiro se agitaria. Mas Mindu, o inofensivo? Quem é Mindu no jogo do bicho? Ninguém sabe.


Parque Zero

Ninguém, vírgula! Os manauaras sabem. Conhecemos o Mindu, o maior igarapé da área urbana de Manaus. Ele nasce numa floresta próximo ao Jardim Botânico Municipal e atravessa toda a zona leste da cidade, num trajeto de mais de 20 quilômetros, correndo por um leito pedregoso. Vai se juntando a outros igarapés até desaguar no Rio Negro. Durante décadas, abrigou muitas espécies diferentes de pássaros, insetos, mamíferos, répteis, tartarugas e plantas e deu água fresca aos abundantes buritizais que, em troca, lhe proporcionavam sombra.

Sombra e água fresca: o Mindu era isso. Era quase um paraíso. Em uma de suas margens, terminava a cidade, em outra começava a floresta. De um lado, o bicho urbanóide. De outro, o bicho do mato. Foi ali, naquela região de fronteira, que suas águas foram canalizadas, em 1938, para formar uma piscina natural. O balneário, onde aos domingos as famílias faziam piquenique, foi batizado como ‘Parque Dez de Novembro’.

Hoje, poucos sabem as razões do nome. Era uma homenagem à data do golpe. Um ano antes, 10 de novembro de 1937, Getúlio Vargas fechou o Congresso Nacional, suprimiu as liberdades democráticas, instaurou censura férrea e prendeu e torturou os opositores. Dessa forma, o interventor no Amazonas, Álvaro Maia, puxava o saco do criador do Estado Novo.

Durante algum tempo, o Parque Dez e a boate Acapulco foram os últimos bastiões urbanos. Dali, saía uma estradinha de terra, carroçável, conhecida como V-8 (atual Efigênio Sales), acompanhando o sentido do igarapé, ao longo do qual se situavam pequenas chácaras transformadas em balneários ou ‘banhos’, como a gente chamava. Havia, entre tantos outros, o ‘Pecos Bill’, o ‘Tucunaré’ e ‘As Pedreiras’, da dona Dirce Ramos, viúva rica, que o repassou aos padres redentoristas.

Suas águas, onde meu irmão de dois anos morreu afogado, eram límpidas, cristalinas e potáveis. Mas depois do golpe militar de 1964, a censura impediu criticas ao modelo econômico dominante, que se lixava para o meio ambiente. Foi quando a Companhia Habitacional do Amazonas (COHABAM) construiu com recursos federais o conjunto residencial Castelo Branco – nome dado em homenagem ao marechal ditador. Manaus tinha, então, uns 300 mil habitantes. Aí começou a lenta agonia do Mindu.

Se o Mindu falasse

De lá para cá, a cidade cresceu. A mata foi devastada. Dezenas de novos bairros surgiram sem uma política ambiental e de saneamento básico. As residências passaram a despejar seus dejetos no leito do igarapé, transformando-o num fétido esgoto a céu aberto. A feira do bairro Amazonino Mendes joga nele todo seu lixo. A criação, em 1992, do Parque Municipal do Mindu, como área de interesse ecológico, foi uma tentativa de preservar o último refúgio verde do bairro. Mas o Mindu, “um rio que passou em minha vida”, já estava ferido de morte.

Para tentar salvá-lo, o então prefeito de Manaus Serafim Correa (PSB) aprovou, em 2007, o Projeto de Revitalização do Mindu, com a criação de estações de tratamento de esgoto e de um corredor ecológico. O objetivo era, de um lado, evitar que as suas nascentes fossem ocupadas, e de outro, transformar em área de lazer o espaço do parque. Pouco antes de sair da Prefeitura, garantiu, em 2008, um contrato de 128 milhões de reais, para realizar a obra pelo PAC- Plano de Aceleração do Crescimento.

No entanto, o atual prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB - vixe, vixe!) engavetou o corredor ecológico e decidiu substituí-lo pela construção de uma pista às margens do Mindu, seguindo o exemplo da Marginal do Tietê, em São Paulo. O Ministério Público Federal entrou com ação na Justiça, tentando recuperar o projeto original e, com ele, uma sobrevida para o Mindu. Até hoje, ninguém sabe o destino dos recursos, porque “desde que assumiu, Amazonino não divulga os gastos da Prefeitura”.

De qualquer forma, o crime que o leitor viu, de sua janela, ao lado da esposa e da netinha, quando se celebrava o Dia Mundial da Terra, dá a dimensão de que a estupidez humana não tem limites. Ele viu tratores, caminhões e caçambas trafegando pelas ciclovias, pelos gramados e pelo calçadão, que agora servem de lixeira para entulhos das obras, com muita sujeira, lama, poeira e lixo. Parece uma praça de guerra. Tudo em nome da especulação imobiliária e do lucro rápido.

Com 66 anos, aposentado, a testemunha do crime não se conforma com a agressão ao Parque, onde podia passear antes com a neta. Ele fotografou o processo criminoso: são mais de duzentas fotos nos últimos anos. O Mindu, hoje, como Itabira, é apenas um retrato na parede. Mas como dói! Nós e nossos filhos pagaremos caro por esse crime, se o poeta Thiago de Mello tiver razão, quando diz que não é só quem brinca com fogo que se queima. Quem polui a água, acaba se afogando no lodo, na cinza e na merda.

Mindu´u em língua guarani, significa mastigar, comer devagar, ruminar. O Mindu, em sua agonia, está ruminando. O quê? A reposta é dada pelo poema abaixo de Javier Heraud (1942-1963), o poeta-guerrilheiro peruano, que morreu aos vinte anos, baleado numa balsa no rio Madre de Dios, afluente do Beni, que deságua no nosso rio Madeira. Dois anos antes de morrer, aos 18 anos, publicou seu primeiro livro – El rio. Reproduzo aqui para os leitores um pequeno trecho do poema.



El río


1 Yo soy un río,

voy bajando por

las piedras anchas,

voy bajando por las

rocas duras,

por el sendero

dibujado por el viento.

Hay arboles a mi

alrededor sombreados

por la lluvia.

Yo soy un río,

bajo cada vez más

furiosamente,

mas violentamente

bajo

cada vez que un

puente me refleja

en sus arcos.


2 Yo soy un río

un río

un río

cristalino en la

mañana.

A veces soy

tierno y bondadoso. Me

deslizo suavemente

por los valles fértiles,

doy de beber miles de veces

al ganado, a la gente dócil.

Los niños se me acercan de

día,

y de noche trémulos

amantes

apoyan sus ojos en los míos,

y hunden sus brazos

en la oscura claridad

de mis aguas fantasmales.


3 Yo soy el río.

Pero a veces soybravo

y

fuerte,

pero a veces

no respeto ni la

vida ni la

muerte.

Bajo por las

atropelladas cascadas,

bajo con furia y con

rencor,

golpeo contra las

piedras mas y mas,

las hago una

a una pedazos

interminables.


4 Los animales huyen,

huyen huyendo

cuando me desbordo

por los campos,

cuando siembro de

piedras pequeñas las

laderas,

cuando

inundo las casas y los pastos

cuando

inundo

las puertas y sus

corazones,

los cuerpos y

sus

corazones.
LEIA MAIS...

Até tu, Brutus?

0 comentários

Até tu, Brutus? É uma frase em latim imortalizada por Shakespere na peça Julius para representar as últimas palavras do ditador romano. A citação é amplamente utilizada como um epítome da traição.

Falando em traição o Jornalista Orlando Farias lançou recentemente um livro denominado a “A dança dos botos e outros mamíferos no poder”. O autor descreve as histórias das eleições no Amazonas. O que os leitores devem estar se perguntando é o que isso tem haver com Júlio César e Brutus. É que aqui no amazonas é comum a infidelidade política e as traições são rotineiras, porém o que torna o Amazonas diferente de outros estados do Brasil é que aqui por mais que as traições existem, o mesmo grupo permanece casado, ou seja, governa o Amazonas há 28 anos. O Senador Evandro Carreira denomina o grupo como a “maldição da rodela”.

A Direção da rodela de tempo em tempo muda de comando, já estiveram à frente o ex-governador Gilberto Mestrinho, que morreu, mas, não levou para o túmulo o leme que é o símbolo máximo da organização. Quem também já comandou a rodela foi Amazonino Mendes que intitulou seu reinado com a “era da abelha” e agora Eduardo Braga é o todo poderosa da organização. Alfredo Nascimento vê nesta eleição para o governo do estado a possibilidade de comandar a direção do leme. Omar Aziz sempre foi uma espécie de bobo da corte, nunca foi muito levado a sério pela direção da Rodela.

Mas, o que isso tem haver com o dia 15 de março nos idos 44 a.C?
Quando o todo poderoso imperador, Júlio César foi atacado com punhais por um grupo de senadores, entre os quais, Marcus Junius Brutus, seu primo distante, cuja mãe, Servilia, fora sua amante, razão pelas quais muitos autores crêem ser seu filho natural, enquanto outros asseguram que fora adotivo, mas que seguramente era seu amigo íntimo.
César inicialmente resistiu a seus ataques, mas quando viu Brutus entre os agressores, ele supostamente proferiu essa frase e se resignou ao seu destino. Estudiosos e historiadores contestam a sua autenticidade. A versão de Shakespeare segue a tradição do historiador romano Suetônio, que relata que outros afirmaram que as últimas palavras de César eram a expressão grega "καὶ σὺ τέκνον;" (transliterado como "Kai su, Teknon?":"Tu quoque, Brute, fili mi "em latim : "Você também, meu filho? " - Embora o próprio Suetônio afirme que César não disse nada, quando caiu nas escadarias do Senado romano. Plutarco também relata que César não disse nada e apenas puxou a toga sobre a sua cabeça quando reconheceu Brutus entre os conspiradores.Embora as palavras sejam entendidas como uma expressão de choque diante da traição de Brutus, recentemente, tem-se argumentado que, se elas fossem ditas por César, elas teriam o peso de uma maldição e ameaça. Uma teoria afirma, César adaptara as palavras de uma frase do grego, que para os romanos já havia adquirido um tom proverbial. A frase completa seria então: "Você também, meu filho, vai experimentar o gosto do poder", que seria a evocação da morte violenta do próprio Brutus em seguida. De acordo com tal raciocínio as palavras de César podiam ser interpretadas como um prenúncio de que Brutus seria o próximo ou ainda: "Para o inferno com você também, rapaz”!

Bom falar na célebre frase, Até tu, Brutus? Quem mais já usou a famosa frase de César foi Serafim Corrêa que quando foi prefeito de Manaus abrigou em seu governo o Partido dos Trabalhadores - PT e o Partido Comunista Brasileiro – PCdoB e os mesmos abandonaram a administração do ex-prefeito faltando menos de quatro meses para a eleição municipal. O PT abandonou Serafim e lançou o Deputado Federal Francisco Praciano, o PCdoB preferiu ficar com o Omar Aziz. Serafim também foi apunhalado pelo Ministro Alfredo Nascimento que recebeu seu apoio para senado, porém Alfredo não retribuiu a gentileza a Serafim, e preferiu caminhar com Omar Aziz que fora o escolhido para representar a rodela naquela eleição.

E por falar nos Brutus, o PT está se profissionalizando em apunhaladas, o mais novo César do PT vai ser o bobo da corte Omar Aziz, que depois de ter dado abrigo e comida aos “companheiros” durante oito anos de governo, vai ser apunhalado de veras por que o PT já está fechadíssimo com o Senador Alfredo Nascimento.

Nesta eleição até a extrema esquerda está sobre a maldição de César, O Partido Socialismo e Liberdade PSOL ainda não conseguiu se entender politicamente tanto em nível nacional quanto em nível estadual.

Resta saber até o final do prazo de inscrição de chapa para disputa eleitoral deste ano, quem ira dizer até, Brutus?

Alex Mendes - Secretário Geral do PSOL-AM
LEIA MAIS...

O MUNDO SE VOLTA CONTRA O TRIBUNAL DA IMPUNIDADE SEDIADO EM MADRI – ESPANHA

1 comentários
Na Espanha mais de vinte cidades estão nas ruas protestando contra uma quadrilha de Juizes que questionam o Juiz da Audiência Nacional Baltazar Garzón que é acusado de prevaricação no Supremo Tribunal por ter investigado desaparecimentos ocorridos na época da ditadura de Franco.

Juiz Garzon é incômodo por aqueles que procuram esconder a verdade e manter a impunidade jurídica, e buscam destituí-lo para evitar que se investiguem crimes contra a humanidade provocados pelo regime de Franco. Enquanto julgava os crimes em países como Argentina e Chile, o permitiram avançar sem grandes questionamentos. Quando ele começou a investigar os crimes ocorridos na Espanha, o Supremo Tribunal Espanhol busca todos os caminhos e artimanhas para impedi-lo. Agora querem destituí-lo de suas funções acusando-o de prevaricar no caso contra os responsáveis por crimes cometidos sob a ordem de Franco.

Hoje todos os amantes da liberdade, os que têm nojo da impunidade estão nas ruas em todo o mundo, clamando por justiça e combatendo na pratica todo tipo de crime contra a humanidade e a vida. São homens e mulheres que manifestam sua solidariedade ao mais brilhante e corajoso Juiz do nosso tempo.

As manifestações vão a cada dia se multiplicar como fogo de morro acima e água de morro abaixo, não aceitamos a esdrúxula acusação de prevaricação contra um magistrado comprometido com a justiça e a vida, é preciso condenar os que querem proteger criminosos que praticam torturas, assassinatos e humilhações contra homens e mulheres. Viva Baltazar Grazón.
LEIA MAIS...

A SAIDA É PELA ESQUERDA

0 comentários

ESQUERDA SOCIALISTA NO AMAZONAS
O que fazer?
Por – Élson de Melo
- 23/04/2010.

A Esquerda Socialista não governamental, no Amazonas representado pelos Partidos PSOL, PSTU e PCB, parece que vão caminhar novamente separados. A impressão que os desavisados têm é que falta humildade ou é pura vaidade.

Na verdade essa pratica é um avanço no movimento socialista contemporâneo, por longo período os socialistas eram adeptos do Partido Único. Os articulistas do capital condenavam ferozmente esse comportamento. Hoje esses mesmos abutres, destilam seu veneno quando saímos separadamente nos pleitos eleitorais.

Na realidade, o que nos leva a sairmos pulverizados nesses eventos, são fatores relevantes quanto a táticas conjunturais, e isso não é privilegio nosso. Os Partidos burgueses como: PT, PSDB, PMDB... Convive com esse mesmo dilema, a diferença que entre eles as controvérsias são resolvidas pelo dinheiro ou por imposição dos seus Cardeais.

O que acho razoável nessa conjuntura é que independente de sairmos separadamente, a esquerda tem uma tarefa relevante para comunicar ao povo amazonense. Ou seja, incluir na agenda do Estado a Prosperidade como fator de distribuição das riquezas que produzimos. A prosperidade que defendemos para todo o povo está constituída de Escola de qualidade, Saúde plena, Habitação, Terra legalizada, Alimentação sadia, Segurança pública, Logística para o setor primário, Emprego e Renda.

As candidaturas postas pelos Partidos da oligarquia local, representam o que há de mais perverso para o desenvolvimento social e econômico do nosso povo. O principal interesse desse grupo que digladiam entre eles é abocanhar o maior e único orçamento que o Amazonas terá nos próximos quatro anos.

A infra-estrutura exigida para a realização da Copa de 2014 aqui em Manaus, vai por um lado impulsionar a oferta de emprego na cidade, por outro lado, o interior corre serio risco de experimenta os quatros piores anos de sua historia, como vem acontecendo a mais de quarenta anos.

Somente a esquerda socialista saberá transformar esse momento especial para a economia local em Prosperidade para todos os Amazonenses. As candidaturas dos partidos da oligarquia, na verdade, vão aumentar sua fortuna à custa do erário público.

Dentro dessa visão conjuntural, entendo que a esquerda socialista, busque pactuar com os trabalhadores amazonenses três grandes eixos de ação para vencermos essa eleição. Que são: 1º - Defesa intransigente do modelo Zona Franca de Manaus. 2º - Produção de alimentos orgânicos de origem vegetal, animal e pescado em larga escala. 3º - Dinamizar os recursos orçamentários da Copa 2014, visando a garantir emprego de qualidade para os trabalhadores, dentro de uma política que combine melhores salários e combate a precarização da mão de obra.
LEIA MAIS...

sexta-feira, 23 de abril de 2010

É OBSESSÃO DO LULA PARA MATAR AFOGADO OS INDIOS DO XINGU

0 comentários
É assim que Lula quer ver o Xingu
"A floresta chora sua destruição, o Indio lamenta essa devastação, o povo clama por justiça"

Quem diria, que essa crueldade viesse a ser praticado por alguem que o País e de modo especial a população mais pobre tanto o quer bem! Lula no final do seu mandato vai deixar um legado de ipocrisia e covardia. Ataca com feróz petulancia os indios que sempore lhes deram apoio. isso tem nome - muito dinheiro!

O leilão aconteceu, e a tragédia de Belo Monte continua!

Novamente o governo conseguiu derrubar a liminar e o Leilão da usina Belo Monte aconteceu mesmo na terça feira, dia 20. É curioso notar que quem vai financiar a obra é o Banco Nacional de Desenvolvimento Social, o nosso conhecido BNDS, os dois consórcios que concorriam tenha quase metade do capital de empresas Estatais Eletronorte num e Chesf noutro, o que ganhou.Um arranjo muito suspeito pra dizer o mínimo.Para parar essa insanidade, os movimentos precisam entrar em processos de mobilização ainda mais intenso e partir para a desobediência cível aos estilo de Gandhi e Marin Luter King.

Postado por SERPAJ-Brasil às 20:45
LEIA MAIS...

PSTU NÃO VAI COLIGAR COM O PSOL

0 comentários
Zé Maria Candidato do PSTU

PSTU x PSOLO PSTU dá como certo o fim da frente de esquerda com o PSOL. Além dos programas diferentes, Zé Maria avalia que a crise interna do partido de Heloisa Helena ajudou a colocar um ponto final na aliança.
LEIA MAIS...

PSB TRAIRA NEGA LEGENDA A CIRO GOMES PARA PRESIDENTE

0 comentários


Isolado pelo PSB, Ciro sai do páreo


Sem apoio dos diretórios do partido em 19 unidades federativas e preterido na disputa por alianças, o deputado se vê obrigado a jogar a toalha na corrida pelo Palácio do Planalto

Denise Rothenburg


Oficialmente, o PSB ainda não declarou que Ciro Gomes está fora da disputa presidencial, mas, nos bastidores, o discurso é um só: o partido não deseja uma aventura sem dinheiro nem alianças em que falta até mesmo o apoio dos próprios socialistas. Apenas oito dos 27 diretórios estaduais do PSB estão hoje com a candidatura de Ciro para o que der e vier (veja quadro) e não impõem condições, como alianças, por exemplo. Nos outros 19, os socialistas ou só desejam a candidatura se houver a parceria de outros partidos ou já organizaram projetos eleitorais ao lado dos petistas e preferem ver o PSB na campanha de Dilma Rousseff, para não serem obrigados a separar os palanques. O próprio irmão de Ciro, o governador do Ceará, Cid Gomes, chegou a cometer um ato falho ontem ao sair da reunião com Lula e comentar o futuro de Ciro: “Ele estava…, está no projeto presidencial…”


Esse quadro dos estados (1)foi apresentado ontem a Ciro numa conversa de duas horas com o presidente do PSB, Eduardo Campos, e o vice, Roberto Amaral. Para despistar os jornalistas, o cenário para o encontro foi o escritório da Alcântara Ciclone Space, no Edifício Corporate, do Setor Comercial Norte. Ali, eles avaliaram prós e contras de uma candidatura. Amaral, por exemplo, lembrou que em 2002 o partido era menor e tinha menos estrutura do que tem hoje. Ainda assim, o PSB teve candidato à Presidência da República (Anthony Garotinho, hoje no PR) e obteve 15% dos votos, pouco atrás de José Serra (PSDB).


Da mesma forma que falaram da valentia do PSB em 2002, lembraram que, há oito anos, o PSB não tinha tantos candidatos a governador. Hoje são 11: Eduardo Campos (PE), Cid Gomes (CE), Iberê Ferreira (RN), Wilson Martins (PI), Camilo Capiberibe (AP), Serafim Corrêa (AM), Paulo Skaf (SP), Renato Casagrande (ES) e Beto Albuquerque (RS). Também não tinha tantos projetos de eleger senadores e deputados federais e estaduais. “Não há nenhum caso de disputa direta com o PT. O PSB em alguns estados não tem como ter chapa de deputado sozinho, precisa de alianças”, comentou Eduardo Campos.


Em quatro estados, o PT apoia o PSB e essa aliança está fechada: Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí, em que o acordo foi selado ontem: “Wilson Martins é o meu candidato”, anunciou o ex-governador Wellington Dias (PT), ao chegar com Martins para a reunião com Lula que tinha como objetivo oficial tratar da ferrovia Transnordestina.


“A nossa tendência é apoiar Dilma”, contou Martins, depois do encontro com Lula. Ele, Campos e Cid Gomes aproveitaram a reunião com Lula para, ao fim, conversar sobre a aliança. De pé, num bate-papo de 15 minutos no gabinete presidencial na presença de Cid Gomes e Wilson Martins, Campos contou informalmente a Lula que a reunião com Ciro tinha sido positiva.


Lentidão

Ciro tem apoio incondicional daqueles que colecionam problemas com o PT nos estados ou contam com ele para tentar se fortalecer. No Pará, por exemplo, o presidente regional do PSB, Ademir Andrade, faz críticas aos petistas: “O que a gente entende é que o programa do PT não é o melhor. O PT é bom, mas não é o melhor. Muita coisa precisa ser mudada, o programa do Lula teve coisa boa, mas foi lento no investimento e a política ambiental deveria ser levada de maneira distinta”, diz. Andrade, no entanto, está quase sozinho na avaliação. “A gente entende aqui que o PSB pode caminhar sem candidatura própria. Estamos satisfeitos com o presidente Lula. Nos estados há toda uma arquitetura feita. Já existe articulação aqui para a gente apoiar a Dilma”, afirma Jessé Santiago, candidato do partido no Acre.


Da parte de Ciro, ele repetiu o que tem dito nas entrevistas dos últimos meses: “Sou candidato. Agora, farei o que meu partido quiser. Só o meu partido pode dizer o que quer de mim”.


1 - Inconveniente para articulações

É justamente a situação nos estados que irá tirar Ciro oficialmente do páreo no dia 27. No DF, por exemplo, a tendência é ficar contra a candidatura. O deputado Rodrigo Rollemberg é um dos nomes para o Senado na chapa que terá Agnelo Queiroz (PT) como candidato ao governo. Mesma situação vive o PSB de Sergipe, em que Antonio Carlos Valadares será candidato a senador ao lado do governador Marcelo Déda, (PT) e da Bahia, em que a deputada Lídice da Mata desponta como promessa para uma das vagas ao Senado na chapa de Jaques Wagner (PT) à reeleição.


Colaborou Josie Jerônimo


Fogo amigo Diretórios que ainda sustentam Ciro

Amazonas, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Sul e Santa Catarina


Quem acha difícil ou já desistiu


Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, São Paulo, Sergipe e Tocantins


Personagem da notícia

Enxadrista prudente


Aos 44 anos, o presidente do PSB, Eduardo Campos, teve que usar ontem toda a habilidade política no sentido de segurar a fera ferida em que Ciro Gomes ameaçava se transformar, diante da pressão do PT e dos próprios diretórios regionais socialistas para que não saísse candidato à Presidência da República. Nesse período em que Ciro fez duras críticas ao PT e disse ser o candidato que não tinha mensalões a explicar, Campos manteve a paciência. Nos bastidores, fazia a mediação com o presidente Lula, sempre pedindo calma.


Esta semana, no entanto, diante das pressões dos próprios socialistas, que passaram a procurar seu presidente para reclamar do pré-candidato, Eduardo Campos se moveu no tabuleiro. Em visita a Brasília, conversou com Fernando Pimentel, um dos coordenadores da campanha de Dilma. Cobrou do PT mais atenção ao PSB nos estados. Depois, pediu uma posição formal de cada diretório do PSB sobre a candidatura própria. E, ao fim, avisou Ciro de todas as dificuldades, alertando que trabalharia para que todos saíssem honrosamente da história. Ciro pode até não gostar, mas nunca terá como dizer que seu partido não lhe deixou solto para cuidar da candidatura. Se Campos obteve sucesso ao amansar seu pré-candidato, só o tempo dirá. (DR)
LEIA MAIS...

quinta-feira, 22 de abril de 2010

LULA VIRA AS COSTAS PARA A REALIDADE BRASILEIRA

0 comentários

Fundação Lauro Campos - Socialismo e Liberdade
Para inserir ou remover o seu e-mail:
www.socialismo.org.br/portal/informativo

A dívida e as contas externas
Paulo Passarinho
Na última quarta-feira, 14 de abril, Guido Mantega, ministro da Fazenda, e Henrique Meireles, presidente do Banco Central com status de ministro - "beneficiado" por Lula, em decorrência de acusações que lhe pesam de evasão de divisas, sonegação fiscal e falsidade ideológica - estiveram presentes na Câmara dos Deputados, em depoimento à CPI da Dívida Pública. Conforme era de se esperar, destilaram otimismo. O endividamento não é preocupante. Para o ministro da Fazenda, a dívida líquida do setor público apresenta uma queda nos últimos anos, as taxas de juros foram reduzidas e o prazo dos títulos da dívida ampliados. A própria dívida externa também seria um problema superado, pois o acúmulo de reservas cambiais nos dá garantias de segurança e capacidade de pagamento. Sobraram elogios até mesmo para a política monetária e as suas metas de inflação, com Mantega enfatizando que não sofremos mais a ingerência do FMI e de bancos internacionais na gestão macroeconômica.
Leia e comente...

Planejar para resolver
Eliomar Coelho
Como a ponta de um grande iceberg, o alto índice pluviométrico registrado na semana passada apenas trouxe à tona um triste fato: o Rio de Janeiro não conta com um plano para grandes emergências ou com um sistema de alerta para evitar tragédias provocadas periodicamente por conta de grandes chuvas, tão comuns em regiões tropicais.
Leia e comente...

A mecânica das águas
Leo Lince
Por acaso, azar ou ironia do destino, o presidente Lula estava no Rio de Janeiro quando o manto da tragédia envolveu a cidade. Tinha vindo para o de sempre (sapatear em palanques), mas a fúria dos elementos naturais estragou-lhe a festa. As obras que veio inaugurar estavam inundadas e, no calvário imenso da comoção coletiva, reduzidas à sua diminuta condição de vitrine.
Leia e comente...

Militares pedem ao STF a punição dos torturadores
Carta Maior
Grupo de militares que não apoiaram o golpe de 1964, e por isso foram punidos, consideram que "os crimes comuns e de tortura praticados pelos agentes do Estado e da Repressão durante o regime militar brasileiro são atos absolutamente nulos e impassíveis também de anistia". Os postulantes usam argumentos com base na legislação nacional e internacional para afirmar que a Lei da Anistia não pode provocar um esquecimento artificial dos fatos ocorridos.
Leia e comente...

Um tratado indesejável
Mauro Santayana
Com todas as explicações, incluídas as do Itamaraty, em nota oficial, é inconveniente o Acordo Militar que o Brasil está pronto a assinar com os Estados Unidos. Podemos firmar acordos semelhantes com países que podem comparar-se ao nosso, mas não com aquela república. É lamentável que esse tratado seja negociado pelo atual governo.
Leia e comente...

A cimeira atómica de Washington
BE Internacional
A conferência que reúne em Washington 47 chefes de Estado e de governo de todo o mundo é o epílogo da primeira fase de afirmação da doutrina nuclear da administração de Barack Obama, considerada a nova versão norte-americana do conceito de "guerra contra o terrorismo". A fase seguinte é a renegociação do tratado de não proliferação nuclear (TNP, de 1970), através da qual, segundo os analistas do Pentágono, os Estados Unidos procurarão consolidar a sua situação de domínio mundial no panorama nuclear militar.
Leia e comente...

O império dos banksters (+ Vídeo)
Cuba Debate
Banqueiros bandidos (bankster), assim chamou Ferdinand Pecora, chefe da comissão do Congresso que investigou a grande crise da década de 30, os usurários que se aproveitaram daquela debacle. Assim nomeiam agora alguns críticos os donos dos impérios financeiros norte-americanos, que campearam como máfias na economia desse país.
Leia e comente...

Marx e Minsky face à crise
Alejandro Nadal
Quando a economia capitalista entra em crise não é porque uma força externa a golpeia. É porque algo não anda bem internamente. Mas qual poderia ser esse mal-estar endógeno? A pergunta não é trivial: o diagnóstico é fundamental para determinar as medidas para sair da emergência. Hoje predomina a interpretação de que estamos numa crise causada pela desregulação do sector financeiro, bancário e não bancário.
Leia e comente...

Cubanos cantam pela pátria em concerto único
PL
Cerca de 500 intelectuais e criadores expressaram seu apoio unânime à Revolução, num concerto único e simultâneo em Havana e Santiago de Cuba, no qual reclamaram o fim do assédio mediático à ilha. Na Tribuna Anti-imperialista José Martí, nas imediações do molhe havaneiro, e na explanada do antigo Quartel Moncada, em Santiago de Cuba, o público, em sua maioria jovem, reafirmou o direito de defender sua soberania e independência.
Leia e comente...

Honduras: o perigo de informar a verdade
Carmen Esquivel
Com cinco repórteres assassinados no último mês, Honduras encabeça hoje a lista de países mais perigosos para o exercício do jornalismo, setor fortemente golpeado desde a ruptura da ordem institucional em junho passado. As vítimas pertencem a diferentes meios de imprensa e a distintas regiões do país, e o único ponto em comum até agora é que todos os crimes permanecem impunes.
Leia e comente...


Por favor, não responda a esta mensagem.
Para entrar em contato, acesse:
www.socialismo.org.br
LEIA MAIS...

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Dilma X Partido dos Trabalhadores

0 comentários



LEIA MAIS...

Grito dos excluídos

0 comentários

É agora o momento de fazer valer nossa força, nossa voz, nossa união!

Salve! Salve!
Articuladores, Articuladoras,
Lutadores e Lutadoras do povo,
Os que acreditam, incentivam e animam o Grito dos/as Excluídos/as, pelos rincões dessa Manaus! Os que acreditam que só com muita organização, união e ações coletivas venceremos!
Mais um ano. Vamos às ruas, vamos levantar nossas bandeiras, gritar no dia 07 de setembro-“Onde estão nossos direitos? Vamos às ruas para construir um projeto popular”. Vida em Primeiro lugar.

A 16ª edição do Grito será marcada por duas forças motrizes: a vida e os direitos, por um lado, e a participação no Plebiscito Popular pelo Limite da Propriedade da Terra, por outro. De uma parte, destacou-se a violência que vem exterminando a juventude brasileira, tirando a inocências das crianças e mutilando as mulheres; a Campanha da Fraternidade deste ano; o processo eleitoral, centrando a discussão em critérios éticos para a construção de uma democracia popular.
A idéia é fazer a sociedade brasileira se pronunciar sobre o Limite da Propriedade da Terra, e extrair a informação de que uma parcela consistente da população não aceita mais o latifúndio.
Na prática, o plebiscito poderá se reverter num projeto de emenda constitucional para incluir um inciso no artigo 186 da Constituição.

Este novo inciso limitaria a propriedade privada de terra no país a 35 módulos fiscais, sendo que tudo que passasse disto seria incorporado ao patrimônio público.

O tamanho dos módulos fiscais varia em cada município brasileiro de acordo com diversos fatores como tipo de exploração predominante no município e conceito de propriedade familiar na região.
Onde estão nossos direitos? Do Trabalho, da Justiça e da Vida!

Vida em primeiro lugar! Agora, mais do que nunca, estes gritos estão ecoando por todo o Brasil. O Grito apela também para defender nossa terra, nossa cultura, nosso conhecimento ancestral, e lutar para as alternativas que surgem a partir de nossos movimentos, como opções reais para a transformação social que a humanidade necessita urgentemente.

Como todos os anos, vamos preparar os pré-gritos e o grito 2010. Para isso temos que nos reunir, organizar e avançar.

Dia: 17/05/2010
Local: CEFAM – Centro de formação da arquidiocese de Manaus – Avenida Joaquim Nabuco, 1023 – Centro.
Horário: 18:30h

Aguardamos todos e todas
Francy Junior

Equipe Cáritas Manaus
Séc. Operativa do Grito dos Excluídos e Excluídas
Séc. Operativa do FPMM
LEIA MAIS...

Paranóia do PT fez a Rede Globo suspender a campanha dos seus 45 anos

0 comentários

A lua de mel entre a Rede Globo e o Partido dos Trabalhadores, parece que já acabou pelo menos dá sinal de crise conjugal. Depois dá pesquisa inventada pela SENSUS pago com o dinheiro dos associados de um sindicato do ABC “reduto de Lula”. A pesquisa mostrava o empate técnico entre Serra e Dilma. Como mentira tem perna curta, a pesquisa foi desmentida pela Data Folha que mostra uma diferença de mais de sete pontos entre Serra e Dilma. A verdade que o PT passou a ver fantasma em tudo que aparece na TV. Já me disseram que Lula depois de alguns goles de cachaça vê até chifre na cabeça de cavalo. A globo como não é boba decidiu suspender a campanha institucional dos seus 45 anos, para “não ser acusada de tendenciosa”. Em nota a imprensa o coordenador da campanha de Dilma Rousseff, Marcelo Branco, criticou a mensagem subliminar da propaganda, acusando a Rede Globo de inspirar-se no lema de Serra, “o Brasil pode mais”. De acordo com informação da assessoria da emissora, a propaganda foi elaborada em novembro de 2009, “quando não existiam candidaturas muito menos slogans”.

Já virou moda agora no PT, os jornalistas e a imprensa têm quer ficar calados, fazendo tudo que o mestre mandar se não fizer... Bom só falta apanhar. Que isso Companheiro...
LEIA MAIS...

Confirmado o noivado entre Alfredo Nascimento e Serafim Corrêa

0 comentários

Não sei porquê
Insisto tanto em te querer
Se você sempre faz de mim
O que bem quer
Se ao teu lado
Sei tão pouco de você
É pelos outros que eu sei
Quem você é...
Eu sei de tudo
Com quem andas, aonde vais
Mas eu disfarço o meu ciúme
Mesmo assim
Pois aprendi
Que o meu silêncio vale mais
E desse jeito eu vou trazer
Você pra mim...
E como prêmio
Eu recebo o teu abraço
Subornando o meu desejo
Tão antigo
E fecho os olhos
Para todos os teus passos
Me enganando
Só assim somos amigos...
Por quantas vezes
Me dá raiva de querer
Em concordar com tudo
Que você me faz
Já fiz de tudo
Prá tentar te esquecer
Falta coragem prá dizer
Que nunca mais...
Nós somos cúmplices
Nós dois somos culpados
No mesmo instante
Em que teu corpo toca o meu
Já não existe
Nem o certo, nem errado
Só o amor que por encanto
Aconteceu...
E é só assim
Que eu perdô
Os teus deslizes
E é assim o nosso
Jeito de viver
E em outros braços
Tu resolves tuas crises
Em outras bocas
Não consigo te esquecer
Te esquecer...
Lá, lará lará, lá lará lará...Lá lará lará....
LEIA MAIS...

Eleições 2010

0 comentários
“Daí a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”. Com esta frase, o maior dos mestres nos fala de dois senhores a quem os homens devem tributos. Um, o pai celestial, nos exige tributos de ordem espiritual (honestidade, amor ao próximo e outras virtudes) enquanto o outro, o governante ou César, nos exige bens materiais (valores) para manter a estrutura que denominamos de governo ou estado. Em relação ao primeiro, temos clareza da essência de amor que caracteriza aquele que criou o universo e deu vida aos homens e demais seres vivos. Qual será, porém, a essência de César, o senhor terreno? Vamos pensar um pouco para depois responder. O Senhor do Céu nos deu árvores frutíferas dos mais variados tipos para matar a nossa fome. Isso é amor. Formou rios e criou o ciclo da chuva para que todos os seres vivos satisfaçam as suas necessidades de água. Isso também é amor. Além dessas coisas, fez tantas outras mais e nos deu gratuitamente.

Vejamos agora como o César ou governante trata os homens que estão sob o seu poder. Ele cobra valores sobre a propriedade da casa em que moram (IPTU), sobre a roupa que vestem, sobre o alimento que comem, sobre a energia elétrica que consomem para ter uma vida mais confortável (não estou falando do valor cobrado pela empresa geradora e sim do imposto cobrado em cima desse valor), sobre o uso do telefone (mesma situação do caso anterior), sobre o transporte coletivo (idem), sobre o consumo de combustível (idem), sobre a propriedade do carro particular (IPVA), sobre os serviços que outros (não o César) lhes prestam (ISS), sobre a produção industrial (IPI), sobre a expedição de documentos (taxas), sobre os rendimentos que adquirem com o próprio suor (IRPF), sobre os rendimentos que uns adquirem utilizando o suor de outros (IRPJ) e sobre tantas outras coisas que não dá pra continuar citando sem cansar você que me lê.

Apesar da farta lista acima, ainda faltou dizer que César nos cobra também pelo uso dos sete palmos de terra que utilizamos quando ocupamos o nosso último lar. No comparativo, constatamos que enquanto o Senhor do Céu nos dá muito e nos exige muito pouco, César, ao contrário, nos exige muito e nos dá muito pouco. Seguindo a lógica natural, não há como deixar de concluir que estamos falando de senhores que nutrem sentimentos distintos por nós. Se o primeiro nos ama, está claro que o segundo nos tem pouco apreço. Se ao primeiro podemos chamar de pai, ao segundo, na melhor das hipóteses, podemos chamar de padrasto. Um padrasto, entretanto, sempre injusto e sovina. Injusto porque sempre exige mais dos pequenos e menos dos grandes. Sovina porque sempre tira com as duas mãos e devolve apenas com uma.
Faço essa reflexão porque estamos em 2010, ano de Copa do Mundo e de eleições gerais. Em junho, os homens e mulheres dessa terra serão convocados para torcer por aqueles que irão defender a nossa condição de nação potência no campo futebolístico. Em outubro, seremos chamados para sacramentar os césares que os poderosos e privilegiados previamente escolheram para nos conduzir, pois nosso sistema político é semelhante a uma roleta viciada, foi feito para apresentar um resultado dentro dos parâmetros definidos pelos que não querem grandes mudanças. Eles dizem que temos uma democracia, mas a verdade é que estamos muito distantes dessa definição.

Veremos nestas eleições, mais uma vez, uma fortíssima propaganda em favor daqueles que pouco ou nada farão para mudar a nossa realidade, posto que serão os mesmos que receberão as mais generosas doações dos que não querem mudanças nas regras do jogo. Mas quando a campanha começar, estes nos farão as mais ardentes juras de amor. Irão fazer de tudo para nos convencer de que sem eles não podemos viver e de que são os únicos capazes de transformar o inferno em paraíso. Não nos enganemos, eles são césares e todo César tem o dom da ilusão. Todo César domina a massa através da emoção enquanto a limita de sua razão (ver meu artigo do dia 06/04). Por isso, nas eleições que se aproximam, vou seguir o conselho do “Barão Vermelho" numa de suas músicas: "Vou declarar guerra a quem finge me amar". Vou votar e trabalhar em favor de quem se assumir como anti-césar, pois saberei que este quer o nosso bem. Este estará falando de cara limpa e não através das máscaras que irão cair logo depois da posse.
Fonte: blogdofernandolobato.blogspot.com
LEIA MAIS...