segunda-feira, 31 de maio de 2010

É Campeão!

0 comentários
Já chegamos a vinte mil e setecentos e sessenta e quatro mil acessos!
É mole, ou quer mais?
Não vão morrer de inveja, meninos!
LEIA MAIS...

Bancada Ruralistas ameaçam Código Florestal

0 comentários
Amanhã terça-feira dia 1 de junho nossas florestas irão sofrer um ataque perigoso – deputados da “bancada ruralista” estão tentando destruir o nosso Código Florestal, buscando reduzir dramaticamente as áreas protegidas, incentivando o desmatamento e crimes ambientais.

O que é mais revoltante, é que os responsáveis por revisar essa importante lei são justamente os ruralistas representantes do grande agronegócio. É como deixar a raposa cuidando do galinheiro!

Há um verdadeiro risco de a Câmara aprovar a proposta ruralista – mas existem também alguns deputados que defendem o Código e outros estão indecisos. Nos próximos dias, uma mobilização massiva contra tentativas de alterar o Código, pode ganhar o apoio dos indecisos.
LEIA MAIS...

Melo está preste a ser traído novamente

0 comentários

Mesmo depois de Eduardo Braga, ter declarado apoio ao José Melo para ser o vice na chapa de Omar Aziz, as articulações internas no PMDB dão conta que avançaram as negociações nas últimas horas para a escolha da deputada Rebecca Garcia como vice na chapa de Omar Aziz. Com ela na vice, a chapa ganharia ainda maior intensidade atraindo as demandas femininas da sociedade e também o eleitorado feminino. As chances de Rebecca nunca foram tão fortes como agora para ser a vice de Omar Aziz.
LEIA MAIS...

Omar é o cara...

0 comentários
Nunca imaginei dizer isso...
Omar Aziz está se transformando numa unanimidade estadual!
E, diga-se de passagem...
Por seus próprios méritos...
LEIA MAIS...

Interior vai ser o fiel da balança

0 comentários
Tem dirigente de um partido de esquerda que passou as últimas vinte e quatro horas ligando para os diretórios do interior.

Foi isso que me disse hoje, um importante político do interior.

Ele disse que só hoje a sua secretária já registrou para, mas de cem ligações do número 91...
Fazer o quê?

Não sei...

E nem tenho vontade de saber.
LEIA MAIS...

Será que esse pessoal penso que a gente não pensa? Só Pode!

0 comentários
Me, ajudem a entender...

O Abel Alves é o único político que tem voto dentro do PSOL.

Depois dele, no PSOL, o nome que mais empolga o partido é o do Vice-Prefeito de Manacapuru Messias Furtado, certo?

E o partido mesmo assim insiste em lançar um ilustre desconhecido ao Governo do Estado, que ninguém sabe nem que é, certo?

Vocês não acham que tem alguma coisa estranha nessa história?
Sabe o que eu acho?

Será que o PSOL é suicida?

Luis Carlos Sena será candidato ao governo.

O que ele quer mesmo é ser candidato a vice na chapa do Herbert Amazonas.
LEIA MAIS...

Abel Alves está a um Passo de se lançar pré-candidato ao governo do Estado Pelo PSOL

0 comentários
Se até o dia vinte de junho o PSOL não decidir o que vai fazer de sua vida, Abel Alves vai para a convenção do PSOL para disputar a indicação para concorrer ao governo do estado pelo partido.
Abel Alves comunicou sua decisão neste exato momento ao Lucta Social.
O PSOL agora vai pegar fogo de vez!

Abel Alves já foi Dep. Estadual, Delegado Regional do Trabalho e Vice – Prefeito de Tefé. Abel Alves é desembargador aposentado...

É o único que tem chances reais de se eleger Deputado Estadual pelo PSOL caso o partido faça aliança, mas ao centro.
LEIA MAIS...

Indeciso

0 comentários
O prefeito Amazonino Mendes anuncia apoio a Alfredo Nascimento. Depois, apóia Omar Aziz. E depois diz que apóia “mais ou menos” o atual governador.
LEIA MAIS...

Omar Aziz já lidera as pesquisas no interior

0 comentários
Omar Aziz já lidera as pesquisas nos grades colégios eleitoral do interior. Uma nova rodada de pesquisas está sendo feita na capital e em todo interior. A última pesquisa publicada indicava que o governador Omar Aziz ganhava na capital e perdia no interior para o concorrente Alfredo Nascimento.

As próximas pesquisas vão indicar um quadro novo e surpreendente.

Em Parintins, Itacoatiara e Manacapuru, grandes colégios eleitorais, onde Omar perdia feio, o quadro já é de empate. Os pesquisadores continuam na rua. Os novos números, quando divulgados, vão provocar frisson no meio político.
LEIA MAIS...

PSOL nanicou deves

0 comentários
A Pré-Convenção do PSOL foi um fiasco...
Ninguém conseguiu se entender...
Ninguém mesmo...
De um lado tinha a turma que apóia a candidatura de Luis Carlos Senna...
Do outro lado a turma que apóia Jetro Xavier...
E tinha ainda uma terceira força que apóia as alianças...
A verdade que o sábado foi o dia de encontros e desencontros
Juras e traições...
Mas traições do que juras
Blefes...
Tudo nos conformes
Nos conformes dessa política vagabunda que ainda se tenta fazer por essas bandas.
O mundo muda lá fora...
Aqui, é como o Bamerindus
Tudo continua numa boa...
LEIA MAIS...

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Entrevista com o pré-candidato ao governo do estado pelo PSOL

1 comentários

O pré-candidato ao Governo do Estado pelo Partido Socialismo e Liberdade – PSOL, Jetro Xavier, recebeu o Lucta Social em seu escritório, sempre bem humorado ele não se esquivou de nenhuma pergunta. Nem quando foi questionado se seria candidato apenas para manter o status quo do partido, “minha candidatura é para valer. Vamos disputar as mentes e corações da população do Amazonas. Vamos fazer o debate.”

Lucta Social - O Amazonas hoje tem uma dos piores índices de aprovação no ENEM, quando comparado com as cidades do sul do País ficamos mais longe ainda em nível de qualidade do Ensino. Qual é o seu projeto para melhorar essa área?

Nós do PSOL entendemos que a Educação é questão fundamental da sociedade. Assim, propomos Educação integralmente pública e com qualidade. Vamos investir mais do que atualmente se faz. Vamos implantar o piso salarial estadual do professor, suplementando o salário inclusive dos professores dos municípios; vamos construir em todos os municípios escolas de tempo integral; vamos dialogar com os professores para implantar um projeto-político-pedagógico emancipatório e autônomo; vamos investir maciçamente em capacitação continuada do docente; todos os municípios e escolas receberão bibliotecas, inclusive que atendam a comunidade do entorno; investiremos também nos recursos pedagógicos. Os filhos dos trabalhadores do Amazonas terão uma escola decente.


Lucta Social - Um dos grandes gargalos de qualquer governo é a segurança pública, hoje o Amazonas é rota para o trafico de droga tanto nacional quanto internacional. O que a sua administração vai fazer para acabar com isso?

Entendo que a questão de segurança é gravíssima. Temos de combater o banditismo e ao mesmo tempo prevenir por meio de políticas públicas sociais a “entrada” de nossos jovens na criminalidade. Vamos combater o crime organizado com inteligência policial, por meio de cooperação entre Forças Armadas, Polícia Federal, Governos Estrangeiros e as polícias civil e militar do Amazonas. Pessoalmente o governador tem de estar envolvido nessa tarefa. Agora temos também a violência cotidiana (homicídios, galeras, violência doméstica, violência contra a mulher) a ser enfrentada por meio de políticas sociais, quer sejam mais lazer, trabalho e educação – só a polícia não resolve.


Lucta Social - O Próximo governador que assumir a direção do Estado vai receber do último governo uma herança de dívida com o banco internacional que financiou dinheiro para construção do Prosamim. O seu governo vai continuar emprestando dinheiro para manter o Prosamim?

O governo do PSOL vai auditar essas obras e dívidas e exigir a devolução dos milhões roubados desse programa. Cabeças vão rolar. Ao mesmo tempo vamos fazer a programação financeira para continuar o programa, sem empréstimos. Acabar com a farra das ONGs dose deputados estaduais vai fazer sobrar dinheiro para tocar as obras. É certo, porém, que vamos fazer acertos nessa questão, principalmente na assistência às famílias removidas bem como na questão ambiental, isto é, o tratamento do esgoto que não foi feito e recuperação do ambiente natural. Algumas áreas somente foram maquiadas. Isso não faremos.

Lucta Social - Quem busca atendimento médico-hospitalar em Manaus encontra filas, superlotação e abandono nos hospitais. Você acha que estamos vivendo um colapso na saúde pública no Amazonas hoje? E o que sua administração vai fazer para melhorar essa realidade?

O governo do PSOL tem firme que a Saúde, ao lado da Educação, é questão prioritária. Investiremos muito em formação de mais profissionais e na ampliação da rede de atendimento. O Amazonas sofre, principalmente o interior, com falta de hospitais e pronto-socorros. Vamos mudar isso construindo a rede de referência e contra-referência e um sistema eficiente de remoção de pacientes. As farmácias públicas também desempenharão papel fundamental na assistência à saúde. Recursos existem, principalmente se considerarmos que temos muitas ONGs “culturais” e ligadas a políticos a receberem milhões sem retorno à sociedade. Aproveito para denunciar a privataria iniciada pelo atual governo do estado e federal com a contratação de organizações “pilantrópicas” prestadoras de “serviços” de saúde, a pretexto de melhorar o atendimento.

Lucta Social - A construção do Monotrilho para dá mais agilidade ao trânsito hoje é tema de polemica entre a prefeitura é o governo do Estado. Qual é o seu projeto para melhor o transporte coletivo de Manaus?

O PSOL considera a questão da mobilidade urbana como crucial para a existência de uma cidade sustentável. Os governos passados não pensaram assim e fizeram a opção pelo automóvel particular. Essa disputa entre estado e prefeitura é mesquinha e contra a população que sofre diariamente há muito tempo com o colapso do transporte público. A opção mais econômica e viável para Manaus é o modelo BRT, pois tem boa capacidade de transporte, é ágil e não implica em grandes intervenções urbanísticas. O sistema seria operado por empresa pública eficiente (que pode ser um consórcio entre governos estadual e municipal). A segunda intervenção deve ser feita pela prefeitura de Manaus, qual seja a realização de nova licitação sem os vícios e arrumadinhos da atual. O monotrilho será mais uma obra faraônica que será oportunidade de muito roubo de dinheiro público.

Lucta Social - Você é a favor ou contra a demolição do Estádio Vivaldo Lima?

O Amazonas firmou compromisso para a realização da COPA FIFA 2014, e isso deve ser honrado. Agora o povo não pode arcar com um estádio caríssimo. A solução mais viável e mais barata é fazer uma reforma que adeque o estádio ao solicitado pela organização do evento. Torrar R$ 600 milhões é um descalabro.

Lucta Social - O PSTU lança candidatos apenas para divulgar seus ideais revolucionarios. A sua candidatura?

Pessoalmente já passei da idade de revolucionar o mundo, bem como nunca fui revolucionário de bar. Minha pré-candidatura é resultado de reflexão, preparo pessoal e conversas com amigos de partido e das comunidades. Tenho falado isso cotidianamente no meu blog ( http://jetroxavier.blogspot.com/ ). A candidatura da esquerda no Amazonas é alternativa real para o povo do Amazonas, porque Alfredo e Omar são farinha de mesmo saco. Ninguém agüenta mais. Estão aí há trinta anos e pouco fizeram pelo Amazonas. Temos projetos sérios e exeqüíveis. A vida das pessoas, principalmente dos pobres e trabalhadores do nosso querido Amazonas vai mudar. Na campanha eleitoral vamos transmitir didaticamente nossa mensagem de esperança e mudança.

Lucta Social - O que o povo pode esperar do governo do PSOL?

Todos os amazonenses devem esperar o firme compromisso com a classe trabalhadora e os pobres, bem como transparência, coerência e ética na condução dos negócios públicos e respeito ao contribuinte. Combater a corrupção será nossa obsessão, por isso mesmo a cachorrada atual que se cuide, coloque desde já a barba de molho e suma com as provas da roubalheira que fez. Vamos botar a polícia no encalço dos quadrilheiros. Nosso lema será fazer mais, com menos e para todos. O interior do Estado também, e falo isso a plenos pulmões, terá um novo tratamento, mais respeitoso e cooperativo. Vamos interagir muito com os prefeitos e vereadores dos 61 municípios do Amazonas. Inauguraremos também uma nova relação com a Assembléia Legislativa. O PSOL está preparado para governar o Amazonas e vai romper com a política velha e execrável até então praticada nestas paragens.
LEIA MAIS...

quinta-feira, 27 de maio de 2010

BELO MONTE GOELA ABAIXO: DA DITADURA AOS DIAS DE HOJE

0 comentários
Foto da Marcha contra Belo Monte 20. 04 - Em Brasília, a marcha dos movimentos sociais contra a usina hidrelétrica de Belo Monte, saiu da Catedral Metropolitana de Brasília as 7h30 e seguiu para o prédio da Aneel.

Belo Monte goela abaixo: da Ditadura aos dias de hoje

Local: São Paulo – SP
Fonte: Amazonia.org.br
Link: http://www.amazonia.org.br/

A vila de Belo Monte se localiza nas proximidades do rio Xingu, Estado do Pará, no coração da selva amazônica, próxima à cidade de Altamira. É ali que o governo brasileiro pretende construir uma das maiores hidrelétricas do mundo, também com o nome de Belo Monte, realizando um projeto do tempo da Ditadura Militar, que data dos anos 70.

Originalmente, o plano previa a construção de cinco usinas na região. Desde então, indígenas, ribeirinhos, ambientalistas e representantes da Igreja, que vivem no local, vêm lutando contra o projeto de Belo Monte.

Em 1989, os índios realizaram o "Primeiro Encontro das Nações Indígenas do Xingu", que alcançou repercussão nacional e internacional. Essa mobilização contou com o apoio do cantor Sting, que se uniu ao líder indígena Raoni na luta contra Belo Monte. Pouco depois desse encontro, o Banco Mundial negou suporte financeiro ao projeto, fazendo com que fosse arquivado.

Porém, o empreendimento não foi abandonado, e, 30 anos depois, a intenção de realizá-lo volta com toda a força. O estímulo maior para que as obras, finalmente, saiam do papel, parte do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que incluiu a usina dentre os projetos do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC).

Para acalmar a resistência popular a Belo Monte, o governo reduziu a proposta para a construção de uma única usina, ao invés de cinco. Porém, estudiosos afirmam que a construção de uma usina é apenas uma etapa, e o projeto será financeiramente deficitário caso se limite a uma única barragem. Aprovada e iniciada a primeira, o projeto das outras quatro viria necessariamente.

Além disso, o volume de terra a ser retirado para formar os canais de uma única usina será tão grande quanto aquele escavado para a construção do canal do Panamá. Milhares de pessoas dos municípios de Altamira, Vitória do Xingu e Brasil Novo serão retiradas de suas terras compulsoriamente, e perderão a possibilidade de viver e obter meios de subsistência de acordo com seus costumes tradicionais. Um terço da cidade de Altamira ficará submerso.

Especialistas alertam para o fato de que o objetivo principal da energia gerada por Belo Monte será o de atender às necessidades das grandes empresas que já estão instaladas ou pretendem se estabelecer na região ou em suas proximidades.

Se for construída, como pretende o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Belo Monte será a terceira maior usina hidrelétrica do mundo, com capacidade total instalada de 11.233 Megawatts (MW), dos quais somente uma média de 4.571 Megawatts (MW) terá geração assegurada, devido ao regime de cheias do rio Xingu.


O custo total da obra deverá ser de R$ 19 bilhões, quantia que torna o empreendimento o segundo mais custoso do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), atrás apenas do trem-bala entre São Paulo e Rio de Janeiro, orçado em R$ 34 bilhões.

Desrespeito à população continua

Para garantir que projeto seja aprovado, o governo federal vem passando por cima de uma série de exigências: seriam necessárias 27 audiências públicas, mas foram feitas apenas quatro.

Nesses encontros, os principais interessados, os indígenas, não tiveram acesso a informações suficientes sobre o projeto, ou tiveram acesso ao local dos debates dificultado. Essa situação foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF), que, inclusive, chegou a pedir que as audiências públicas fossem anuladas, mas não teve esse pedido acatado.

Para que a licença ambiental prévia fosse concedida pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) à obra, houve pressão sobre os funcionários do órgão.


Dois deles, inclusive, deixaram o instituto no final do ano passado em função disso. O Ministério das Minas e Energia (Edson Lobão) e o Ministério do Meio Ambiente (Carlos Minc) pressionaram para que a licença ambiental fosse concedida o quanto antes. E isso, de fato, aconteceu no dia 1° de fevereiro deste ano.

A Advocacia Geral da União (AGU), logo em seguida à concessão da licença, lançou uma nota - apoiada pelo Presidente da República - ameaçando processar os membros do Ministério Público que viessem a colocar em questão a licença concedida ou o próprio projeto.

Essas investidas contrariam promessa feita por Lula, em julho do ano passado, durante encontro com movimentos sociais da região de Altamira e com o bispo da Prelazia do Xingu, Dom Erwin Krautler. Na ocasião, o presidente afirmou que o projeto de Belo Monte não seria empurrado "goela abaixo" da população.

Hoje, Lula faz críticas abertas às ONGs contrárias a Belo Monte, e informa que fundos de pensão poderão participar da licitação da obra.

Além disso, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou que facilitaria o empréstimo aos empreendedores da obra, apesar de questionamentos do MPF sobre essa conduta. O banco já foi avisado de que poderá ser co-responsabilizado por eventuais danos socioambientais de Belo Monte, caso insista em financiar o projeto, por meio de comunicado redigido por organizações não-governamentais.

Tais atitudes também lembram práticas da Ditadura, período em que os militares construíram, de forma autoritária, grandes obras e projetos com importantes impactos socioambientais, como a inundação das Cataratas de Sete Quedas, a construção das barragens de Tucuruí e outras, a estrada Transamazônica, e a usina nuclear de Angra dos Reis.

Essas obras foram realizadas, passando-se por cima da sociedade, dos povos indígenas, de populações ribeirinhas, dos atingidos por barragens e do respeito ao meio ambiente, todos vistos como obstáculos ao desenvolvimento.

Impactos da obra

O Estudo e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) da usina hidrelétrica de Belo Monte, apresentado pelos empreendedores, durante as audiências públicas, continha diversas falhas.

Veja: Belo Monte: pouca energia para muitos danos

Dentre os erros, foram indicados: a omissão de impactos socioambientais, falta de previsão sobre formas de compensar as famílias que serão impactadas pela obra e superestimação da energia e dos empregos que serão gerados pelo empreendimento. As lacunas foram apresentadas por pesquisadores, Ministério Público e sociedade civil organizada.

Um Painel de Especialistas, formado por 38 estudiosos dedicados a analisar o EIA/Rima da usina, identificou que impactos descritos no projeto subestimam as populações urbanas e rurais que serão afetadas pela obra e também desconsideram as conseqüências socioambientais do projeto no trecho do rio que terá sua vazão reduzida.

Segundo os estudiosos, cerca de 3/4 ou 100 km da Volta Grande [do Xingu] serão submetidos a condições de uma falta de água severa com a construção da usina, o que irá prejudicar o aproveitamento do rio pela população local, para pesca e navegação. Além disso, o empreendimento irá gerar o inchaço das cidades do entorno da obra, e não foram previstos recursos para a ampliação da oferta de serviços públicos nesses locais.

Além de gerar desmatamento de 516 km² de floresta amazônica, que serão inundados com a construção da barragem, a obra, a partir da mudança da vazão do rio Xingu, levará à destruição da biodiversidade de fauna e flora existentes no trecho previsto para a instalação da usina.

Por esses motivos, e também devido à falta de consulta prévia às comunidades indígenas que serão atingidas pelo empreendimento, Belo Monte foi denunciada à ONU por movimentos sociais e organizações defensoras dos direitos humanos.

LEIA MAIS...

Os desafios do PSOL do Amazonas

0 comentários
O PSOL do Amazonas vai para esta eleição com desafios imensos a vencer. O primeiro dele é desmobilização. Nas poucas reuniões no porão da Luiz Antony poucos gatos pingados aparecem.O segundo é a aparição de pré-candidatos sumidos do partido que agora vão para a disputa. Sem projetos e participação.O terceiro é a falta de estrutura para fazer a campanha.Uma quarta questão é se vai mesmo de rabo do PSTU.É esperar pra ver.
LEIA MAIS...

A REALIDADE E O DEVIR SUSTENTÁVEL DO ENCONTRO DAS ÁGUAS

0 comentários

quinta-feira, 27 de maio de 2010
Ademir Ramos (*)

O grito do Movimento S.O.S Encontro das Águas contra a construção do Terminal Portuário das Lajes vem tendo ressonância na sociedade Amazonense. Há mais de dois anos os comunitários da Colônia Antonio Aleixo e demais lideranças do Lago do Aleixo resolveram levantar a bandeira contra este empreendimento privado por avaliarem os danos causados a toda economia sustentável do local e, em particular, ao Encontro das Águas.


O Encontro é um fenômeno original de valor inestimável que traduz beleza e admiração reclamando do poder público responsável investimento para garantir a perpetuação de sua beleza em consonância com a floresta circundante. Este ecossistema é um verdadeiro berçário onde se reproduzem peixes, aves, mamíferos e outras espécies da fauna aquática inseridas na extensa cadeia alimentar da natureza e cultura desta microregião situada na Zona Leste de Manaus.


Com a expansão do Pólo Industrial sob o patrocínio da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) os danos ambientais multiplicaram-se ameaçando diretamente a biodiversidade do lugar e inviabilizando os investimento no campo do turismo e entretenimento. Urge, portanto, que os Agentes Públicos (Município, Estado e União) em articulação com a sociedade civil organizada se encontrem e repensem de imediato as formas de intervenção que fizeram e pretendem fazer no em torno do nosso Encontro das Águas que, economicamente encerra um valor agregado tanto quantitativo quanto qualitativo podendo gerar trabalho e renda.


Não se trata de investimento pontual relativo à construção de um Mirante aqui ou um Aquário ali é necessário que o Poder público, as Corporações privadas e Organizações sociais juntos celebrem um Termo de Responsabilidade Éticoambiental visando à conservação dos recursos ambientais que integram o complexo Encontro das Águas.


Os especialistas, por sua vez, afirmam constantemente que é muito mais sensato conservar do que danificar o meio ambiente. Esta afirmativa é um sentença verdadeira nos fóruns internacionais, principalmente, em se tratando de investimento do Poder Público neste campo ambiental. Sabe-se também da responsabilidade desse Poder para formalar políticas que promovam o respeito ao meio ambiente com ressonância aos direitos humanos, sendo conceitualmente definidas como práticas sustentáveis socialmente justas.


Nessa perspectiva, o NCPAM que integra o Movimento S.O.S Encontro das Águas gostaria de discutir e formular a médio prazo a criação do Comitê da Bacia Hidrográfica do Encontro das Águas e do Lago do Aleixo para juntos com o Poder Público e Privado se formular uma política de desenvolvimento humano fundamentada na conservação dos recursos naturais, na biodiversidade e no saber local traduzido na sociobiodiversidade sob a tutela das comunidades ribeirinhas e tradicionais inseridas no sistema hídrico florestal do Encontro das Águas no coração da Amazônia brasileira.


(*) É Antropólogo, Professor e Coordenador do NCPAM/UFAM.
Leia Mais…
Postado por http://ncpam.com.br/
LEIA MAIS...

ESPETÁCULO OBSCENO

0 comentários
O tempo passa, o tempo voa, a bolsa sobe e desce, a crise finge sumir e reaparece, mas a lucratividade dos banqueiros continua numa boa. Na alta ou na baixa, no sujo ou no limpo e até no mal lavado, eles ganham sempre. Mandam e desmandam nos governos, regulam os que deviam regulá-los, seguem soberanos na fortaleza inexpugnável da tirania financeira que avassala o mundo.

Em todo e qualquer lugar, seja no Império Americano hipotecado, na tragédia grega ou nos pólos avançados da velha Europa, os protocolos da supremacia absoluta do capital financeiro continuam a girar as roletas do cassino. Por toda a parte, com a voracidade das matilhas, eles atacam sem dó nem piedade.

Aqui no Brasil, então, nem se fala. A cada trimestre os balancetes dos bancos registram recordes cuja superação parecia impossível. A regra, que se repete de maneira cronometrada, foi confirmada na safra atual. O lucro líquido declarado pelos maiores bancos privados brasileiros nos três primeiros meses deste ano alcançou um padrão estratosférico. Nunca, em tempo algum, o Itaú, o Bradesco e Santander ganharam tanto dinheiro.

Para evitar a sensaboria dos números, vamos nos limitar ao caso do Itaú Unibanco. É, por enquanto, o maior banco privado e declarou, para o trimestre, um lucro liquido de R$ 3,23 bilhões. Um aumento brutal, de cerca de 60%, em relação ao mesmo período do ano passado. Lucratividade espantosa: é o maior valor já registrado para um trimestre ao longo de toda a história do setor.

Uma conta simples, dando de lambuja os domingos e feriados, define o montante do lucro líquido diário: R$ 35,9 milhões. Logo, para efeito de comparação, um trabalhador de salário mínimo levaria quase seis séculos para amealhar uma quantia semelhante. Como Brasil foi "descoberto" em 1500, para equiparar ao que o Itaú lucra num dia, o nosso trabalhador hipotético teria que ter começado sua poupança na era pré-colombiana.

Uma disparidade absurda. Um retrato cruel do abismo que separa as classes sociais no Brasil de hoje. Não há ou, melhor dizendo, não deveria haver qualquer possibilidade de convívio sereno entre a consciência digna da cidadania e semelhante absurdo. No entanto, no torpor gerado pela morfina-dinheiro, o absurdo é tratado como parte integrante da paisagem. Natural como a explosão de um vulcão.

A roleta financeira que gira sem freios é a imagem mais precisa do horror econômico que nos governa. A propriedade que tem o dinheiro - de existir como valor separado de qualquer substância - está na base desta vertigem da pecúnia sem limites. A violenta concentração de poder materializado no dinheiro, hermafrodita que se reproduz na relação consigo mesmo (D-D'), explica muita coisa. A dívida pública, um Himalaia de juros sobre juros. A prevalência do financiamento privado de campanhas eleitorais cada vez mais caras. O tal superávit primário, que sacrifica direitos sociais e sucateia serviços públicos essenciais para garantir o pagamento religioso dos juros.

Montaigne, no célebre ensaio "Dos Canibais", relata a presença de índios trazidos do "Novo Mundo" recém descoberto para visitar a reluzente corte francesa. Ao invés de se embasbacarem com tanto luxo e riqueza, eles se espantaram foi com a desigualdade. Para eles, a brutal disparidade entre o palácio e as ruas não era natural. O sentimento igualitário do passado imemorial há de retornar no futuro utópico. Por enquanto, quando os bancos publicarem balancetes, por favor, tirem as crianças da sala para evitar o espetáculo obsceno.

Rio, maio de 2010.

Léo Lince é sociólogo e mestre em ciência política
LEIA MAIS...

DENUNCIA! DEPUTADO MARCELO FREIXO DO PSOL, CAÇADO PELA MÁFIA DAS MILÍCIAS NO RIO DE JANEIRO

0 comentários
Campanha sob escolta!

Jurado de morte, o deputado carioca Marcelo Freixo precisa de proteção armada na busca de votos para a reeleição.

Deve ser preocupação de toda a sociedade brasileira e internacional, em especial dos que abominam a violência, o crime e toda forma de restrição de direitos dos homens e mulheres de bem que habitam o planeta terra. Repudiar o que está acontecendo contra o Camarada Marcelo Freixo, Deputado Estadual do PSOL do Rio de Janeiro. E. responsabilizar o Presidente Lula e todo o seu aparato policial, bem como o Governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral e sua policia, por qualquer atentado que venha ocorrer contra a vida do Deputado

Enquanto Lula e Cabral vagueiam pelo mundo, declamando frases de efeitos emocional e apelativo. O crime organizado avança a cada dia em todo o país! São milícias, traficantes de drogas, contrabandistas e contraventores mandando e desmandando no Brasil. É o reflexo da ausência do Estado brasileiro, em toda sua dimensão, nas comunidades carentes que permite essa vergonha. O povo fica refém dos criminosos! Toda solidariedade ao Deputado Marcelo Freixo. O Rio de Janeiro precisa de você!

LEIA MAIS...

SEMINÁRIO DA SANTA CASA DE MANAUS TEM PALESTRANTE DO PARÁ

0 comentários

Presidente da Santa Casa do Pará participará de seminário na CMM. O presidente da Santa Casa de Misericórdia do Pará, Maurício Bezerra, estará em Manaus no próximo dia 28, participando do II Seminário de Revitalização da Santa Casa de Misericórdia de Manaus, que acontecerá no Plenário da Câmara Municipal da capital amazonense. Bezerra vai proferir uma palestra sobre a experiência bem sucedida da Santa Casa do Pará, que hoje se consolida como uma das instituições de saúde e ensino mais atuantes no Estado. Ele também falará sobre os projetos que a instituição ampliou e passou a desenvolver, como o de detecção precoce do câncer de mama e o de atendimento integral às vítimas de escalpelamento. Também está confirmada a presença do provedor da santa Casa de Misericórdia de Fortaleza (CE), Lívio Silva de França, além de outras autoridades do setor de saúde. As informações são do gabinete do vereador Mário Frota (PDT), que está organizando o II Seminário de Revitalização da Santa Casa de Misericórdia de Manaus, com apoio da Casa. O seminário é mais uma etapa da luta que Mário Frota trava desde o ano passado, em busca de parcerias para reabrir o centenário hospital que está fechado há mais de cinco anos.


Fonte: Assessoria de Comunicação GVMF
Fotografia: Plutarco Botelho


LEIA MAIS...

Terceira via ainda é possível

0 comentários
Hoje meu telefone toca...
Do outro lado da linha...
Um grande líder...
Que tem reais possibilidades...
De ser Deputado Estadual ou até mesmo Prefeito de...
A conversa foi...
Terceira via... Terceira via... Terceira via...
O telefone desligou mais a conversa ficou mesmo para o centro da cidade.
Vem novidade no cenário político.
LEIA MAIS...

Eduardo Braga confirma Melo como vice de Omar Aziz

0 comentários
Eduardo Braga confirmou que José Melo será mesmo o vice de Omar Aziz na disputa pelo governo do estado em entrevista a CBN Manaus, "Melo é o melhor" tem boa articulação no interior, e tem experiência. "Não abro mão dessa indicação. O PMDB também não abre mão", afirmou Eduardo.
LEIA MAIS...

Dever de casa

0 comentários
O Lucta Social larga o pau em Amazonino Mendes.
E tem gente da turma do Sarafa que adora...
Mas a gente reconhece, também.
Que Amazonino Mendes está fazendo direitinho o dever de casa.
LEIA MAIS...

PSOL é os seus PHD

0 comentários
É impressionante como está cheio de PHD em política no PSOL.

Sábado, vai ser a pré-convenção do Partido. O Gerson Medeiros, que já nem sei se é presidente do partido pelo tanto de vezes que tem sido desautorizado pelo grupo dos verdes, está convidando a militância para se reunirem no Líder Hotel para decidir o já decidido, ou seja, decidir quando será a próxima reunião do PSOL.

A vaga de senador já está ocupada pelo Ex-senador Evandro Carreira.O Candidato de maior expressão para disputar a Câmara Federal vai ser mesmo o Professor de História Fernando Lobato e a Estadual o Abel Alves é o único com reais possibilidade de vitória.
LEIA MAIS...

O Suplente

0 comentários
Quem será o suplente do Evandro Carreira no PSOL?E-mail para o Blog.
LEIA MAIS...

PDT realiza seu encontro hoje

0 comentários
O PDT realiza hoje no hotel Taj Mahal, no centro da cidade, seu II Encontro Estadual. Segundo os organizadores do encontro, o presidente licenciado do partido, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, estará presente ao encontro, assim como Alfredo Nascimento e Serafim, Corrêa.
LEIA MAIS...

Adail Pinheiro será candidato a Deputado

0 comentários
O ex-Prefeito de Coari, Adail Pinheiro vai ser candidato a Deputado Estadual pelo PRT presidido no Amazonas por Jackson Saldanha. Adail Pinheiro, devassado pela operação Vorax da Polícia Federal e preso por crimes de pedofilia. Se o projeto "Ficha Limpa" valer apenas para a próxima eleição, é quase certo que Adail terá muitos votos de Coari para o PRT porque seus seguidores naquele município ainda são grandes.
LEIA MAIS...

Serafim o nosso mal que não foi necessário

0 comentários
A administração Serafim Corrêa praticou algumas agressões contra a cidade de Manaus. Liberou obras em condições suspeitíssimas, sem observar os critérios de impacto de vizinhança, sem os devidos estudos técnicos e as repercussões que poderiam causar na vida da cidade e seus moradores.

Um dos exemplos clássicos de agressão, eu diria, um crime contra Manaus, foi a liberação da ampliação do Shopping Tvlândia Mall. A obra avançou até a calçada, com recuo de apenas 5 metros, sem uma pista de desaceleração, igual aquela existente em frente ao Manauara Shopping.

Sem essa pista de desaceleração, os veículos que se destinam ao Tvlândia Mall fazem todas as manobras em plena Djalma Batista, ocupando uma faixa inteira da principal avenida da cidade.

Sem contar com uma parada de ônibus em frente ao empreendimento, o que completa a bagunça urbana.

Recentemente, uma pessoa sofreu um acidente dentro do shopping. A ambulância que deveria remover a ferida não conseguiu entrar na garagem, pois o acesso é minúsculo onde só passa veículo pequeno. Imaginem o que aconteceria num incêndio. Por onde entrariam os caminhões dos bombeiros?

Outra agressão foi à construção do Colégio Adalberto Valle, dentro do conjunto Morada do Sol, sem pista de desaceleração e estacionamento. Diariamente, a bagunça é geral. Quando chove, é preciso tomar um chá de camomila antes de tentar atravessar o conjunto residencial. Os pais param no meio da rua e vão deixar os filhos dentro da escola.

Agora, a nova ameaça é o Condomínio Mundi, na Avenida Efigênio Sales, cujo projeto de construção também foi liberado pela administração Serafim Corrêa. Alí estão sendo erguidas dezenas de torres residenciais, um centro comercial e escritórios.

Igualmente, não há pista de desaceleração. Em poucos meses, quem pretender entrar no Mundi, terá que reduzir a velocidade na Efigênio Sales, atrapalhando o trânsito que ficou muito rápido após a inauguração do Complexo Viário Gilberto Mestinho.

Para corrigir as aberrações no Tvlândia Mall e no Adalberto Valle, só demolindo as edificações.

No Mundi, ainda dá tempo e fazer uma correção no projeto. As obras indicam que haverá um jardim e um grande estacionamento na frente do centro comercial, exatamente no espaço onde deveria ser construída a pista.

Basta um pouquinho de boa vontade, amor à cidade e respeito às leis. Com a palavra, o Implurb.
LEIA MAIS...

Pauderney Avelino será candidato a governador com apoio de José Serra

0 comentários
O presidenciável tucano, José Serra e o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, querem que o ex-deputado federal Pauderney Avelino, seja candidato ao governo.

Pauderney esteve reunido com Serra, Kassab e com o deputado federal Rodrigo Maia, presidente do DEM, em São Paulo. Caso o ex-deputado decida ser candidato ao governo, terá a estrutura de marketing patrocinada pelo comando do PSDB. Outros dois partidos pequenos integrarão a coligação de Pauderney, que terá perto de 5 minutos na TV.
LEIA MAIS...

Omar ignora Serafim

0 comentários
O governador Omar Aziz vai ignorar o ex-prefeito Serafim Corrêa que é autor de três ações no TRE. "Ele pode falar o que quiser. Tem esse direito", alfinetou Omar Aziz.

O pré-candidato a vice-governador Serafim Corrêa ingressou com três ações contra suposta propaganda irregular do governador Omar Aziz. São três as ações: contra a participação de parlamentares na chegada do ex-governador Eduardo Braga em Manaus que ele entende constituir propaganda eleitoral antecipada; o programa "Fala Governador" criado há mais de seis anos e que funciona em cadeia de rádio todos os sábados de manhã e a propaganda institucional sobre as obras que estão sendo realizadas pela população.
LEIA MAIS...

Denúncia de descaso em frente ao Inpa

0 comentários
A retirada da parada de ônibus localizada em frente ao Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) tem causado verdadeiros transtornos para os usuário do sistema coletivo daquele ponto. O motivo da retirada foi a construção do Complexo viário Gilberto Mestrinho. Entretanto, mesmo depois de concluída a obra, a parada não foi refeita e, por isso, as pessoas ficam completamente expostas às ações do tempo. Se o horário é entre onze horas e meio-dia, a espera torna-se insuportável, devido ao forte calor; se o motivo é uma chuva, as pessoas ficam expostas, até que o seu ônibus chegue (algumas linhas de ônibus demoram em torno de quarenta minutos para passar). Tudo isso porque a parada foi retirada e, não sei se por amnésia ou por falta de vontade, a mesma não foi substituída. Enquanto as autoridades responsáveis não tomam nenhuma atitude, os usuários do sistema que dependem da parada do Inpa continuarão, ao que tudo indica, a ficar sob o sol forte do meio-dia. Esses fatos só demonstram que, em Manaus, já é uma constante as obras que sempre deixam alguma coisa por fazer. Finalizando, não há respeito para com a população.
Vanessa Benchimol – Bióloga e Estudante de Jornalismo da UFAM
LEIA MAIS...

quarta-feira, 26 de maio de 2010

ENQUETE APONTA HELOÍSA EM SEGUNDO LUGAR

0 comentários
Uma enquete promovida palo Blog MAIKEL MARQUES, mostra a Senadora Heloísa Helena, em segundo lugar na corrida para o Senado da República em Alagoas. O lider é Renan Calheiros do PMDB, aquele do escandalo das fazendas, açogues e pagamento de suas despesas por uma empleteiras... Quando era Presidente do Senado. Lembra!
Link paras a enquete:

Se a eleição fosse hoje, em quem você não votaria para o Senado Federal?
Renan Calheiros (PMDB) - 45,8%
Heloísa Helena (Psol) - 37,4%
Pinto de Luna (PT) - 8,9%
Benedito de Lira (PP) - 5,8%
Eduardo Bomfim (PC do B) - 2,1%
LEIA MAIS...

MARCELO RAMOS É O PRINCIPAL CULPADO!

0 comentários
A viagem que Marcelo Ramos faz de ônibus toda quarta feira, foi intenrompida porque o pau velho quebrou, é uma gozação que ele pratica contra os usuários uma vez na semana, pois todos sabem que, para montar essa porcaria que é o Sistema de Transporte Urbano da Cidade de Manaus, o Vereador foi a Justiça para contratar, a maior transa oficial entre ele o então prefeito Serafim e a Transmanaus! Anunciaram 500 Ônibus novos, coisa que só eles viram, a população está até agora querendo saber onde está essas perolas. Na verdade só pintaram ônibus velhos para fazerem um desfile e pousarem para a foto. Agora na oposição o nobre Vereador, faz um gesto um tanto quanto oportunista e politiqueiro, tentando justificar a besteira que fez quando era o gestor do Sistema. Será que ele pensa que o povo não tem memória? Não é momento para transferir culpa senhor Vereador! Vossa Excelência é o principal culpado pelo caos que estamos vivendo com ônibus velhos e insuficientes. "Não tripudie sobre o nosso sofrimento", disse um passageiro que estava na viagem, fazer apenas uma viagem de ônibus por semana é demagogia pura!... Concluiu.
LEIA MAIS...

QUESTÃO DE ESCLARECIMENTO!

0 comentários
O Ministério da Saúde está devendo uma melhor explicação a respeito das reações provocadas pela vacina contra o vírus da “gripe suína”, que pode atestar positivo o resultado de exames do HIV.

Não é suficiente uma simples nota, assinada pela Vigilância Sanitária. É preciso uma comprovação cientifica do porque existe a suposta confirmação. Outra instituição que tem o dever de se posicionar é a Organização Mundial de Saúde. O fato não pode ser tratado com a simplicidade que as autoridades da Saúde estão fazendo parecer para a população.

A população deve exigir do Conselho Federal de Medicina, do Ministério da Saúde, da Organização de Saúde, e do Presidente Lula um posicionamento oficial acompanhado de laudos convincentes que ateste cientificamente a suposta hipótese! Com a palavra o Ministro Temporão. Com Saúde não se brinca!...
LEIA MAIS...

A V CARAVANA NA FOLHA DE S.PAULO

0 comentários
quarta-feira, 26 de maio de 2010
KÁTIA BRASIL (*)
Sobre as águas, o poeta amazonense Thiago de Mello, 84, fez ontem um protesto diferente: em prosa e verso, ele defendeu o tombamento do encontro dos rios Negro e Solimões. O objetivo é denunciar os impactos paisagístico e ambiental de obras públicas e privadas construídas na região da Amazônia."Ainda que os braços do teu inimigo pareçam tão fortes como as asas de moinhos, resiste companheiro! Ainda que a noite seja tão tensa de escuridão, resiste companheiro! E tu verás a claridão da madrugada chegar." Organizado pelo Movimento S.O.S Encontro das Águas, o protesto ocorreu de manhã. Autor de "Os Estatutos do Homem", escrito nos anos 70, o poeta foi preso durante o regime militar (1964-1985) e se exilou no Chile. Foi ameaçado, na Amazônia, de morte por madeireiros. "Eu sou filho da floresta, a árvore e a madeira viajam nos meus sonhos e explicam esta maneira de estar sempre ao lado do amor e da justiça, e de carregar nos meus ombros a esperança." Mello criticou obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) - citou uma delas: uma adutora, construída com recursos do programa. Ele disse que, com elas, o governo não está se preocupando com as questões ambientais.

O poeta amazonense faz parte do grupo de intelectuais que apoia a campanha da senadora Marina Silva (PT-AC) a Presidência da República.Ao final do protesto, Thiago de Mello fez uma prece: Querido Encontro das Águas/ Tua beleza é sagrada/ Pela tua vida eterna te prometemos trabalhar/ Com toda perseverança/ Pela necessária mudança/ De tudo que é preciso mudar/ Cada um na sua vez e cada qual no seu lugar.(*) É jornalista e correspondente da Folha de S. Paulo no Amazonas.

Foto do militante do Movimento S.O.S Encontro das Águas: Valter Calheiros.
Leia Mais…
checkFull("post-" + "3707595136262649157");

Postado por ncpam.com.br

LEIA MAIS...

PSOL AMAZONAS VAI ESCOLHER CANDIDATOS NO PROXIMO SÁBADO

0 comentários

Pré Convenção Eleitoral do Partido Socialismo e Liberdade

Convocação

Em conformidade com o que dispõe o Estatuto do Partido Socialismo e Liberdade – PSOL, em seu artigo 42, § 1º, e combinado com os termos da Lei 9.504, de 1997, assim como as normas expostas na Resolução/TSE nº 23.221, de 2010, fica convocada pelos membros do Diretório Estadual do Partido Socialismo e Liberdade abaixo relacionados a Pré Convenção estadual Eleitoral do PSOL para o dia 29 de Maio de 2010, a realizar-se no Município de Manaus/AM.
A Pré convenção Estadual a terá seguinte ordem do dia:

A) Indicação dos candidatos a Governador e Vice- e, Senadores, deputados federais e deputados estaduais do Partido Socialismo e Liberdade para as eleições de 2010;
B) Deliberação sobre a formação de coligações do Partido Socialismo e
Liberdade para as eleições de 2010;
C) Assuntos gerais.
Horário Das 16:00 às 19:00h
Local: Hotel Lider
Endereço: Av. 7 de Setembro S/N- Próximo a Eduardo Ribeiro

DIRETÓRIO ESTADUAL
LEIA MAIS...

JOSÉ RICARDO COBRA APLICAÇÃO DA “LEI DA TRANSPARÊNCIA

0 comentários
A partir de amanhã (27/5), entra em vigor a Lei Complementar 131/2009, mais conhecida como “Lei da Transparência”, sancionada em maio de 2009, que obriga a transparência de todas as contas públicas da União, Estados, Distrito Federal e Municípios com mais de 100 mil habitantes. Para os municípios com até 100 mil habitantes, o prazo é de mais um ano para se adequarem a essa legislação; enquanto que as cidades com menos de 50 mil habitantes deverão implementá-la até 2013.

Leia a noticia no endereço:

http://josericardopt.com.br/
LEIA MAIS...

Os ataques já começaram

0 comentários
A campanha para governador começou a esquentar mesmo. Ontem, 25, o senador Alfredo Nascimento subiu à tribuna do Senado para denunciar o “caos na saúde pública de Manaus”. Interessante isso, pois, seis meses atrás, a Saúde do município talvez fosse à melhor. Bastava ter o apoio de Amazonino Mendes e pronto… Manaus seria uma cidade sem problemas.
LEIA MAIS...

BR 174 a obra que Alfredo Nascimento esqueceu

0 comentários



Durante os últimos sete anos, o responsável pelo Ministério dos Transportes foi o senador Alfredo Nascimento, pré-candidato ao Governo do Amazonas. Alfredo Nascimento foi o dono do orçamento de 10 bilhões de reais por ano.

Com toda essa bolada, Alfredo deixou nossas estradas nesse estado. Provavelmente, se for eleito governador, poderá ser melhor para o Amazonas do que como ministro da poderosa pasta dos Transportes.
LEIA MAIS...

DIA DE CAMPO DO MOVIMENTO S.O.S ENCONTRO DAS ÁGUAS

0 comentários




A V Caravana promovida pelo Movimento S.O.S Encontro das Águas na terça-feira (25) mereceu dos meios de comunicação do Amazonas ampla cobertura, difundindo ainda mais, a luta de seus aguerridos participantes em favor do Tombamento Definitivo do Encontro das Águas pelo Instituto do Patrimônio Histórico E Artístico Nacional (IPHAN), respeitando a integridade desse patrimônio, que para os Amazonenses não tem preço só tem valor. Adesão do poeta Thiago de Mello fortaleceu o combate contra a construção do Porto das Lajes, obra pretendida pela Mineradora Vale do Rio Doce através da Log-In Logística Intermodal S/A, que foi embargada por ordem da Justiça Federal do Amazonas. O Ato de Reconhecimento do Encontro das Águas como Patrimônio Natural e Cultural da Humanidade deve ser seguido da criação de uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável como Área de Relevante Interesse Ecológico (AREI) sob o controle das comunidades que há muito tempo se beneficiam dos recursos gerados por esse patrimônio. Da mesma forma, deve-se criar também um Comitê de Bacia Hidrogáfica do Encontro das Águas e Lago do Aleixo dando ênfase aos projetos que promovam efetivamente o respeito ao meio ambiente e a qualidade de vida dos comunitários inseridos diretamente nessa economia sustentável.

Contra O Porto das Lajes

A V Caravana do Encontro das Águas com a participação de Thiago de Mello, Tenório Telles, pesquisadores, estudantes, lideranças comunitárias e cientistas sociais iniciou com uma vistoria no antigo Porto da SIDERAMA, onde constantemente fala-se em construir um Porto Público para desatar o "rolo" da logística do Amazonas, prejudicando sensivelmente a economia local. O projeto inicial concebido pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) definia-se como um complexo modal, compreendendo até mesmo a redefinição do Aeroporto militar de Ponta Pelada. Atualmente esta área está toda povoada pelo oficialato da Marinha e da Aeronáutica, que depende diretamente do Aeroporto de Ponte Pelada para o cumprimento de sua missão na Amazônia além de registrar o intenso povoamento em seu em torno.

Em seguida a V Caravana passa a vistoria à margem esquerda do Rio Negro até, especificamente o Encontro das Águas, quando seus participantes passam o observar todos os empreendimentos construídos, que contrariam o bom senso e a racionalidade da lógica da sustentabilidade. Na oportunidade, se deparam com o monstrengo da construção de uma Adutora de Água, que avança sobre o Rio Negro por mais de 500 metros, violentando o paisagismo e obliterando a visão do nosso Encontro das Águas. A obra é do PAC do Governo Federal, contando com contrapratida do governo do Estado e, até hoje não foi concluída para atender as populações da zona leste e norte de Manaus, que são penalizados pelo governo por falta d'água.

Nas proximidades dessa Adutora é que a Log-In Logística Intermodal pretende construir o Porto das Lajes. Trata-se, na verdade, de uma área que nesse momento de cheia serve de refúgio para os peixes se procriarem e se alimentarem, integrando diretamente a toda cadeia natural desse ecossistema. O mais grave ainda é que nessas imediações do pretendido projeto fica a "boca" do fabuloso Lago do Aleixo que nutre os comunitários do populoso Bairro Colônia Antonio Aleixo. O hilário é que a Mineradora Vale do Rio Doce pretende destruir a floresta e em seu lugar, segundo os seus mentores, construir um Jardim Botânico em homenagem ao arquiteto Severiano Mario Porto. Se esta sanha continuar chegará o dia que esses predadores e irresponsáveisl dirão, afirma o poeta Thiago de Mello, que o nosso Encontro das Águas é o estorvo para o desenvolvimento do Amazonas e farão acreditar os incautos que podem construir um outro para satisfizer a volúpia da acumulação do lucro desenfreado associado à corrupção política e depredação ambiental.

No entanto, para o renomado poeta Thiago de Mello, chamado por um dos coordenadores da V Caravana, como Curador do Projeto S.O.S Encontro das Águas, a construção de um Porto é importante para o Estado, mas este em questão deve ser construído em outro lugar porque "esse local ( Encontro das Águas) é sagrado. Desde de menino vejo essa paisagem e minha professora sempre usava como exemplo de beleza e encantamento. Temos que resistir e lutar pela preservação desse bem natural e cultural que é dos Amazonenses e também da humanidade". Por isso, somos contra a construção do Porto das Lajes.

A Voz do Povo

Abordo da embarcação adesivada com o grito do S.O.S Encontro das Águas, os participantes discutiam e definiam estratégias de resistência contra o Porto das Lajes e os empreendimento que venham ameaçar o nosso Patrimônio Amazônico e Humanitário. Nesse hora, ouvimos o depoimentos do senhor Raimundo Barreto, líder comunitário da Colônia Antonio Aleixo que luta contra o preconceito que fere as pessoas atingidas pela hanseníase. Disse ele, em voz embargada:

Moro nesse bairro desde 1950 e conheço tudo isso mais do que a mim emso. Estou feliz porque os moradores da Colônia, que serão afetados com a construção do Porto, foram os primeiros a lutar pela preservação do local. Conseguimos apoio da Universidade para aumentar a nossa luta. Buscamos forças de onde não tínhamos para lutar contra uma empresa poderosa, contra essa construção que pode causar impactos irreversíveis ao meio ambiente. Estamos preocupados com nossos peixes, que podem morrer e não aparecer mais por aqui. Somos um povo muito carente e estamos aflitos também porque sabemos que problemas como prostituição, tráfico e uso de droga irão piorar no nosso bairro. Essas questões devem ser consideradas.

Seguimos viajem pelo Lago do Aleixo e feito as devidas observações retornamos às 12hs ao Porto do CEASA, de onde partimos. Um dos coordenadores da Caravana lembrava constantemente, que pela tarde o trabalho iria se concentrar no entendimento junto às comunidades do em entorno do Encontro das Águas, o que foi feito. No entanto, ainda pela manhã, antes de chegarmos em terra firme, o poeta Thiago de Mello usou da palavra para agradecer a todos (as) e pedir que juntos recitassem um poema que ele o fez naquele momento de rara beleza. E assim o poeta e a Caravana das Águas cantaram em forma de mantra o louvor perpétuo ao nosso Encontro das Águas na esperança que seja preservado para bem da presente e futura gerações. E todos continuam no mesmo barco discutindo e tecendo um novo projeto de desenvolvimento para Amazônia.
LEIA MAIS...

Melo é o preferido de Eduardo Braga

0 comentários
José Melo é o preferido de Eduardo Braga para ser o vice na chapa de Omar Aziz. Braga lembrou ontem em entrevista ao Rádio Difusora, os préstimos de Melo. E disse ainda que um vice pode ajudar muito, como o ajudou Omar Aziz. A referência de Braga ao 'vice' ficou no ar porque também esconde certo constrangimento. Foi o ex-governador que disse há cinco meses que Melo seria o candidato a vaga, em qualquer circunstância, na chapa que o seu grupo formaria para disputar o governo do estado. Se Melo não for o escolhido, vai pegar mal.
LEIA MAIS...

terça-feira, 25 de maio de 2010

GRITO DOS EXCLUIDOS 2010

0 comentários
Salve! Salve!Articuladores, articuladoras lutadores e lutadoras do povo.

Depois da maravilhosa festa de Pentecoste, estamos nos organizando para o 16º grito dos excluídos e excluídas 2010. Confirmo a data e horário - Dia 26 de maio, as 18:h no CEFAM (avenida Joaquim Nabuco, 1023 - centro.

Vamos juntas e juntos pra rua mais uma vez. Sem desistir, sem parar, sem pestanejar, gritando “Onde estão os nossos Direitos? Vamos as ruas para construir um projeto popular”.

Como todos os anos, vamos preparar os pré-gritos e o grito 2010. Para isso temos que nos reunir, organizar e avançar.

Dia: 26/05/2010
Local: CEFAM – Centro de formação da arquidiocese de Manaus – Avenida Joaquim Nabuco, 1023 – Centro.
Horário: 18:00h

Aguardamos todos e todas
Francy Junior

Equipe Cáritas Manaus
Séc. Operativa do Grito dos Excluídos e Excluídas
Séc. Operativa do FPMM
LEIA MAIS...

V CARAVANA SOS ENCONTRO DAS ÁGUAS FOI UM SUCESSO

1 comentários
Uma das maiores manifestação em defesa do tombamento do Encontro das Águas aconteceu hoje. A quinta Caravana do SOS Encontro das Águas, comandada pelo poeta Thiago de Melo, acompanhado por lideranças Comunitárias, Sindicais, Religiosas, Cientistas, Intelectuais e estudantis, foi um grande ato contra a construção do monstro apelidado de Porto das Lages. Mais detalhe amanhã...
LEIA MAIS...

segunda-feira, 24 de maio de 2010

CAMPANHA NACIONAL ABAIXO-ASSINADO. Não ao veto!

0 comentários
VAMOS CONTINUAR FAZENDO A NOSSA PARTE!

Aposentados - reajuste e fator previdenciário

A campanha tem como objetivo a manifestação dos trabalhadores e do povo brasileiro em geral, para que o Presidente Lula sancione o Projeto aprovado na Câmara e agora no Senado Federal por unanimidade, que põe fim ao Fator Previdenciário e concede aumento de 7,72% para os aposentados.

Não é justo para com aqueles que deram tudo de si pelo engrandecimento do País sofrer com o arrocho em seus proventos no final de suas vidas.

O país, em particular, trabalhadores e aposentados estão mobilizados para exigir de Lula, que durante toda sua trajetória política defendeu os aposentados, não se deixe levar pela conversa mole da mídia que tem feito uma campanha sistemática contra a melhoria dos proventos dos aposentados e tem manipulado as informações para defender o criminoso fator previdenciário.

Presidente, não use o veto. Queremos a sanção do senhor ao projeto! Aposentadorias são reajustadas em 7,72% e fator previdenciário é extinto
A aprovação do PLV 2/10, que reajusta em 7,72% as aposentadorias e pensões da Previdência Social acima de um salário mínimo e acaba com o fator previdenciário, imediatamente deu lugar às comemorações dos aposentados que ocuparam as galerias do Plenário. A decisão vai à sanção do presidente Lula.

O líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), relator do projeto, considerou "uma irresponsabilidade com o futuro do país" acabar com o fator previdenciário e não criar uma contrapartida.Não abrimos mão do fator previdenciário declarou.

Entretanto, atendendo a apelos dos senadores para não atrasar a tramitação do PLV, cuja validade se encerra em junho, apresentou voto pela aprovação, alertando para a possibilidade de veto do presidente ao fim do fator previdenciário.

Jucá insistiu na necessidade de se pensar em uma alternativa ao fator, como o estabelecimento, por meio de uma emenda constitucional, de um limitador para a aposentadoria baseado na idade. De acordo com ele, "é inconcebível montar um modelo de previdência que aposente pessoas aos 42 anos de idade".

O líder decidiu apresentar emenda de redação para retificar o percentual de correção dos valores máximos do salário de contribuição e do salário de benefício, que não foram corrigidos na tabela enviada pela Câmara. A medida evitou o retorno do projeto aos deputados. Sem a alteração, os aposentados que recebem o valor máximo ficariam, na prática, sem o reajuste. E a Previdência teria perda de arrecadação, porque o salário de contribuição ficaria abaixo do reajuste concedido aos benefícios de um modo geral. (Agência Senado)

Muito obrigado a todos que acreditaram na força e na perseverança do FST e da COBAP.

Os trabalhadores (as), aposentados e os pensionistas de nosso país obtiveram uma vitória maravilhosa nesta última quarta-feira no Senado (19/05/2010). Foi uma tarde memorável que será lembrada por gerações.

Por unanimidade, os senadores aprovaram o PLV 2/10, que reajusta em 7,72% as aposentadorias e pensões acima de um salário mínimo. A matéria foi aprovada sem qualquer alteração. O relator, senador Romero Jucá (PMDB-RR), manteve o texto aprovado pelos deputados, e por isso o PLV 2/10 não precisará retornar à Câmara.

Pressionado pelo FST e pela COBAP e suas federações afiliadas, o líder governista Jucá cedeu e agiu com coerência, mantendo no texto o fim do maldito Fator Previdenciário.

De acordo com o 1º vice-presidente, Marconi Perillo (PSDB-GO), a matéria irá rapidamente à sanção presidencial.

A galeria e a tribuna de honra do Senado foram tomadas por dirigentes sindicais do FST, Conlutas e da Força Sindical e por aposentados e pensionistas vindos de diversos estados do Brasil: Minas Gerais, Distrito Federal, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Bahia, entre outras localidades.

Após a sanção de Lula, mais de 8,4 milhões de aposentados irão receber o reajuste retroativo ao aumento ofertado no início do ano (referente a janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho).

Nas diversas mobilizações do FST e da COBAP, elas proporcionaram agora, que os aposentados garantissem um ganho real significativo. Se não fossem as batalhas travadas, o reajuste seria de apenas 3,5% (índice da inflação). Ou seja, a luta da COBAP e do FST rendeu aos aposentados mais que o dobro do reajuste concedido inicialmente (agora taxado em 7,72%). (Fonte: Assessoria Política e Parlamentar do FST)

Trabalhadores comemoram a conquista do fim do Fator Previdenciário

O Senado Federal aprovou por unanimidade, na noite da última quarta-feira (19), a PLV 2/10 que determina o fim do fator previdenciário e concede um reajuste de 7.72% para as aposentadorias e pensões acima de um salário mínimo, medidas que beneficiarão milhões de brasileiros.
Pressionado pelos aposentados e centrais sindicais, o líder governista Romero Jucá manteve no texto o fim do famigerado Fator Previdenciário, que desde que foi implantado achatou sobre maneira aposentadorias e pensões, acarretando diversas perdas aos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros.

Aprovado sem qualquer alteração, o PLV 2/10 não precisará retornar à Câmara e segue agora para sanção presidencial.

Jucá, que já se declarou várias vezes contrário ao fim do fator, acredita que o presidente Lula vetará sua extinção.

Comemoração

Após a aprovação, o Senado foi tomado por aposentados e representantes do movimento sindical brasileiro vindos de diversos estados do Brasil: Minas Gerais, Distrito Federal, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte, Bahia, entre outras localidades.

Após a sanção de Lula, mais de 8,4 milhões de aposentados irão receber o reajuste retroativo ao aumento ofertado no início do ano (referente a janeiro, fevereiro, março, abril, maio e junho).

Luta intensa

As diversas mobilizações unitárias das centrais, atrelada à intensa luta das entidades que defendem os direitos dos aposentados, garantiram mais essa vitória, que representa para os aposentados um ganho real significativo.

A CTB, que sempre lutou pelo fim do fator previdenciário, por entender que é uma medida injusta e desleal aplicada aos trabalhadores que ajudaram na construção desse país, mais uma vez reforça a necessidade de manter a pressão, agora sobre a Casa Civil, para que o presidente sancione a lei e derrube de uma vez por todas essa herança maldita do nefasto governo FHC. (Portal CTB)
LEIA MAIS...

JOSÉ RICARDO QUESTIONA NOVA CONTRATAÇÃO DE TAPA BURACOS

0 comentários
José Ricardo questiona nova contratação
de tapa buracos no valor de R$ 52,9 milhões

O vereador José Ricardo Wendling (PT) apresentou nesta segunda-feira (24) novo requerimento à Secretaria Municipal de Infra-Estrutura (Seminf) pedindo informações e documentações sobre a contratação de uma nova empresa – WP Construções, Comércio e Terraplanagem Ltda - para realizar também obras de tapa buracos, no valor de R$ 52,9 milhões. “Vou pedir todos os documentos solicitados no ano passado, no caso da Emparsanco, sobre essa nova empresa”, afirmou ele, questionando qual o critério utilizado para a contratação das mesmas construtoras. “Há algo estranho nessa história”.

Leia a noticia no endereço:
http://josericardopt.com.br/
LEIA MAIS...

Nós também "pode"...

0 comentários
Já virou pouca vergonha essa história do TSE multar o presidente Lula dia sim, dia não.

Se um presidente da república não respeita a lei, o que dirá um pobre mortal.

E o candidato a Dep. Estadual Nelson Azedo compra dentadura pra dar para o seu eleitor?

Tudo filmado.

Tudo registrado.

Não pode!

Pode, compra!

E assim caminham aqueles que seguem o exemplo de homem que é o seu presidente da república.

Se ele pode,
Nós também "pode"...

Já diria o Presidente!
LEIA MAIS...

PPS a espera do PSDB e o PSOL em crise

0 comentários

O que vocês acham que vai acontecer se a candidatura do vereador Hissa Abrão (PPS) se confirma ao governo do Estado?

E tiver o apoio do PSBD e do PV?


Já pensaram?


Digam-me aí.


Alguns militantes de esquerda tanto da ala socialista, quanto da ala governamental acreditam que há um eleitorado órfão, insatisfeito com a atitude do ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB) e que uma terceira via poderia herdar estes votos.


Serafim Corrêa que deixou de ser governador para ser vice de Alfredo Nascimento, deixou de lado seu patrimônio eleitoral fiel e cativo, que fica em torno de 10% a 15% dos eleitores.


O PV, PPS, PSDB e o próprio PSOL (ala não sectária) acreditam que, ao lançarem candidatos para concorrer ao governo, herdarão essa fatia, o que viabilizaria a construção de um novo nome da esquerda.


O Pré-candidato do PSOL ao governo do estado, Jetro Xavier disse que:


"Não adianta especular isso porque o Hissa Abraão jamais vai ser candidato ao governo"

E se o PSDB bancar a campanha só para ter palanque para o presidenciável, José Serra?

O que o que acontecerá com os nanicos?


O PSOL é o único entre os nanicos que tem chance de eleger um deputado estadual.


Acontece que o partido tem entre seus quadros o ex-deputado estadual, Abel Alves. Porém as especulações dão conta que o partido vai caminhar sozinho para o suicídio eleitoral.


Vai sobra para o Abel Alves e para população Amazonense que vai perder a possibilidade de ter um ótimo parlamentar na Assembléia Legislativa.


Vamos especular, vamos!

LEIA MAIS...

Vereador de Parintins continua preso

0 comentários
O Vereador João Bacu que está sendo acusado de ter molestado sexualmente duas meninas em Parintins, vai continuar preso. A manutenção da prisão do vereador foi da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Amazonas. O vereador foi preso no dia 27 do mês passado, por força de mandado expedido pela juíza Melissa Sanches Silva da Rosa, da 2ª Vara da Comarca de Parintins. As investigações tiveram início em janeiro deste ano, quando uma adolescente de apenas 12 anos fez revelações.
LEIA MAIS...

O Lucta Social Rumo à liderança

0 comentários
Seis meses!
Uma vida!
Esse o tempo que estamos juntos aqui no Lucta Social.
Estamos fazendo o que amamos fazer, tenham certeza.
Fazemos com amor.
Com excitação!
E ponha excitação nisso.
Não há coisa melhor do que ser jornalista
E é o jornalismo que corre nos nosso sangue.
O Lucta Social.
É um blog de verdade!
Uma revista eletrônica cujo único compromisso é com a verdade e com o seu leitor.
Agora estamos completando onze mil acessos.
Obrigado aos leitores do Lucta Social, vocês também fazem parte desse sucesso.
Se a classe trabalhadora, os intelectuais, os homens e mulheres não tinham um jornal, agora se sintam contemplados neste humilde blog.
Nós os editores fazemos dele, todos os dias, aquilo que esperamos e desejamos para todos os jornais que existem por aí.
Aqui, nós fazemos o jornalismo que muitos jornalistas gostariam de fazer nos jornais que trabalham, e infelizmente não conseguem.
É pra vocês, companheiros, que dedicamos o que temos feito todos os dias nesses seis meses.
Um jornalismo justo.
Limpo
Honrado
Divertido
E acima de tudo, livre!
Muito obrigado.
Muitíssimo obrigado e um beijo no coração de cada um de vocês.
LEIA MAIS...

LUCTA SOCIAL DE BEM COM O ENCONTRO DAS ÁGUAS

0 comentários
Sos Encontro das Águas, chamada geral!

Você conhece o Encontro das Águas? Possivelmente todos achem que sim. Na verdade todos nós temos apenas uma visão superficial dessa beleza natural e encantadora. O Movimento SOS Encontro das Águas, realiza amanhã mais uma viagem de reconhecimento de todo o entorno desse Monumento que Deus nos presenteou! É a quinta Caravana cientifica cultural social que do Movimento promove.

Dessa vez, compõem a Caravana além do Poeta Thiago de Melo, Artistas, Intelectuais, Políticos, Sindicalistas, Cientistas, Pesquisadores, Ambientalistas, Religiosos e Lideranças Comunitárias. O principal objetivo é apontar toda a vida aquática, vegetal e humana que existente no entorno dessa bela paisagem. Visando dar inicio a um inventário popular que em breve daremos visão mundial, de todo o complexo cultural, biológico, social, pesqueiro, turístico, paisagístico... Envolvido no principal Cartão postal do Amazonas.

O barco principal da Caravana, sairá do porto da Ceasa as 08:00h. Lembramos a todos os membros dessa importante viagem, que, será produzido um documentário em vídeo, para servir de material didático da grande Campanha que o Movimento prepara para ser enviado a ONU, FIFA (Comitê Organizador da Copa 2014), OEA, ANISTIA INTERNACIONAL... Além de ser popularizado na comunidade amazonense.

A degradação do Encontro das Águas como querem os que defendem a construção de um monstrengo apelidado de Porto das Lages, depõem contra a realização da Copa do Mundo em 2014 em Manaus! A marca COCA - COLA, começa a ser declarada inimiga da Amazônia. São fatos que ela e o Grupo Simões estão envolvidos diretamente nesse desastre social, paisagístico, cultura e ambiental que está em curso no Amazonas.

Nós que aqui habitamos, não vamos tolerar essa violência que os Inimigos da Amazônia pretendem construir no Encontro das Águas. Para nós. O ENCONTRO DAS ÁGUAS NÃO TEM PREÇO, TEM VALOR!

Os Editores
LEIA MAIS...

Amnésia de Marcelo Ramos

0 comentários
O vereador Marcelo Ramos deve está com amnésia que é a perda de memória (total ou parcial). Hoje Marcelo Ramos acha que está tudo errado no transporte Coletivo. Hoje Marcelo Ramos acha que empregar parente na prefeitura e boquinha. Enfim Ramos é só denuncia... Porém o vereador esqueceu que ele foi presidente do IMTU e que não fez nada para melhorar o transporte coletivo. Ele também deve ter esquecido que o seu aliado e ex-patrão Serafim Corrêa criou uma secretaria para o filho na prefeitura e Marcelo Ramos era vereador e comeu abiu.
LEIA MAIS...

José Serra ganha um palanque no Amazonas

0 comentários
Com a entrada de Hissa Abraão na disputa ao governo do estado, o pré-candidato do PSDB a presidência do Brasil, José Serra, ganha um palanque aqui no Amazonas.
LEIA MAIS...

Palanque de Artur Neto está sendo esvaziado

0 comentários
José Dirceu Lula está articulando pessoalmente o isolamento eleitoral do Senador Artur Neto. Dirceu já tirou de cena o ex-prefeito de Manaus Serafim Corrêa. Sem está aliançado com nenhum dos candidatos ao governo, Artur pode ser derrotado facilmente.
LEIA MAIS...

PPS entra na disputa pelo governo do Estado

0 comentários
O Partido Popular Socialista – PPS lançou o nome do vereador Hissa Abrahão para disputar o governo do Estado.
LEIA MAIS...

Eduardo Braga responde ao ataque de Alfredo Nascimento

0 comentários
Eduardo Braga disparou, “Alfredo Nascimento, senador e pré-candidato ao governo, plantou muitas palmeirinhas quando foi prefeito de Manaus”.
LEIA MAIS...

Alfredo Nascimento ataca Eduardo Braga

0 comentários
Alfredo Nascimento declarou recentemente que últimos anos, quem governou o Amazonas foi o presidente Lula. Disse ainda que Braga “não passou de um prefeito de Manaus que abandonou os municípios do interior”.
LEIA MAIS...

Indícios de violação da legislação eleitoral

0 comentários
Evento religioso realizado pela Assembléia de Deus no Sambódromo na noite de sábado, foi acompanhado pela Justiça Eleitoral e Polícia Federal. No meio do povo santo, estava o juiz eleitoral Carlos Zamith Jr. – Coordenador da Propaganda Eleitoral, 1 delegado da Polícia Federal e 2 agentes.
LEIA MAIS...

domingo, 23 de maio de 2010

CARTA DE BRASÍLIA 2010

0 comentários

CARTA DE BRASÍLIA 2010

Os trabalhadores de todo o Brasil, reunidos em seu 2º Encontro Nacional, convocado pelo FST - Fórum Sindical dos Trabalhadores, no dia 18 de maio de 2010, em Brasília - DF, analisaram a luta sindical dos trabalhadores e as conseqüências da globalização neoliberal na importação de mão-de-obra; a promoção e a estabilidade no emprego, redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais; estratégias, ações e mecanismos contra as práticas antissindicais; a resistência pelo fim do fator previdenciário e a garantia dos direitos dos aposentados e pensionistas.

Outros pontos essenciais debatidos foram: a continuidade na luta pela manutenção do regime da unicidade sindical e do sistema confederativo de representação sindical, a defesa e o respeito pela organização sindical por categoria profissional e às categorias diferenciadas, manutenção da contribuição sindical e regulamentação definitiva pelo Congresso Nacional da Contribuição Assistencial (e sua aplicação em forma de Lei), para a sobrevivência e a sustentação financeira exclusiva dos sindicatos de base e, finalmente, pela igualdade de oportunidades entre homens e mulheres (não distinção de gênero), além da fiscalização e denúncias contínuas para a erradicação definitiva do trabalho escravo e do trabalho infantil, e o imprescindível resgate das lutas de classe,


APROVARAM as seguintes resoluções:

Defesa do regime da unicidade sindical, do direito de organização no local de trabalho, da contribuição financeira compulsória, da contribuição assistencial, do sindicato por categorias profissionais, pela manutenção e regulamentação do artigo 8º, da Constituição da República, contra a ratificação da Convenção 87 da OIT, pelas revogações imediatas das Portarias números 186/2008 e 982/2010 MTE, e do repúdio à interferência indevida e ilegítima do Ministério do Trabalho e Emprego bem como do Ministério Público do Trabalho, quando atenta contra a liberdade e autonomia sindical dos trabalhadores;


O Fórum Sindical dos Trabalhadores - FST defende intransigentemente a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais e se posiciona contrariamente às negociações que objetivam proposta alternativa de 42 horas;

Defende, ainda, um projeto de desenvolvimento e crescimento econômico-social, com soberania nacional e valorização do trabalho com geração de emprego e distribuição de renda, do salário mínimo, extinção do Fator Previdenciário, reposição das perdas nos vencimentos dos aposentados e pensionistas, reajuste dos aposentados de 7,71%, reforma agrária progressista e valorização da agricultura familiar e ratificação da Convenção 158 da OIT.
Brasília-DF, 18 de Maio de 2010.

FÓRUM SINDICAL DOS TRABALHADORES - FST:
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria – CNTI
Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio – CNTC
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres – CNTTT
Confederação Nacional das Profissões Liberais – CNPL
Conf. Nac. dos Trab. em Transp. Aquaviários e Aéreo, na Pesca e nos Portos – CONTTMAF
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Crédito – CONTEC
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Comunicação e Publicidade – CONTCOP
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura – CONTAG
Confederação Nacional dos Trab. em Estabelecimentos de Ensino e Cultura – CNTEEC
Confederação Nacional dos Trabalhadores MetalBloco de textoúrgicos – CNTM
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade – CONTRATUH
Confederação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins – CNTA
Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde – CNTS
Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB
Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis – COBRAPOL
União Sindical Independente – USI
Coordenação Confederativa dos Trabalhadores – CCT
Nova Central Sindical dos Trabalhadores – NCST
Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB
Central Sindical dos Profissionais – CSP
União Geral dos Trabalhadores - UGT
Confederação Brasileira dos Aposentados e Pensionistas - COBAP
Central Geral dos Trabalhadores do Brasil – CGTB
LEIA MAIS...

O VOTO DA MULHER DO GENERAL

0 comentários

- “Em quem a sua mulher vai votar?”

- perguntou a Folha.

- “Em quem eu mandar”

- respondeu rápido o general Maynard.

Macho! O general Maynard Marques Santa Rosa é macho! Macho pacas! No diálogo acima, ele mostra quem é que manda. Concedeu longa entrevista a dois jornalistas da Folha de S. Paulo, publicada nessa segunda-feira, dia 17 de maio, numa página inteira, sob o título: “Governo Lula quer implantar ditadura totalitária no país”, com um boxe: “Democracia com limite até em casa”.

É engraçado. Por um lado, o general vê “anseio totalitário” no governo Lula, do qual discorda, por considerá-lo “intolerante e autoritário”; por outro, sem qualquer pudor ou desconfiômetro, anuncia que ele é quem manda no voto de sua esposa, dona Luiza Philomena Gonçalves de Santa Rosa. O diabo, no entanto, é que nessa eleição ele está perdidinho, não tem em quem votar, não sabe quais ordens dar à sua mulher.

- “Na Dilma não voto de jeito nenhum, mas não é fácil engolir o Serra” - ele diz. Justifica alegando que até agora não se sabe “quantas pessoas Dilma Rousseff assaltou, torturou, matou’… e quando a Folha argumentou que “até onde se sabe, ela não matou ninguém”, o general declarou levianamente: - “É o que ela alega. Sabe-se que tem vítima”. Quanto ao Serra, o general aceita a pergunta formulada pelos jornalistas: ele é difícil de engolir, porque “foi presidente da UNE, exilado no Chile…”

- “E a Marina Silva?” - pergunta a Folha, depois do descarte dos dois principais candidatos. Ah, o general também não vai mandar sua mulher votar em Marina, porque a candidata do PV “tem uma visão de Amazônia igual à da Fundação Ford, igual à dos americanos. É uma visão internacionalista”. Quem diz isso, curiosamente, é o general cuja cabeça foi feita pelos americanos no Curso de Política e Estratégia do Army War College, nos Estados Unidos, onde ele estudou em 1988-89.
Carta do coronel
É inacreditável! Um general, que até fevereiro deste ano ocupava o cargo estratégico de chefe do Departamento de Pessoal do Exército, pensa como um troglodita, sem querer com isso ofender o troglodita. E muito menos o general, que se comporta como a Carolina do Chico Buarque: o tempo passou na janela e ele não viu. O mundo mudou, o Brasil se transformou, mas o general, agora de pijama, continua vivendo em plena ‘guerra fria’. Não está entendendo bulhufas do que está acontecendo.

Na entrevista, o general Santa Rosa, 66 anos, na reserva desde o dia 31 de março passado, desembainhou a espada para atacar os fatos. Jurou que durante a ditadura “a imprensa foi amplamente livre”, que “nenhum militar torturou ninguém”, que “os chamados subversivos foram justiçados e torturados por eles próprios, porque queriam mudar de opinião”. Quanto escárnio de quem, como segundo tenente da Infantaria, integrou a Equipe de Buscas do famigerado DOI-CODI do Rio de Janeiro, como indica seu currículo!

Não é a primeira vez que o general Santa Rosa infringe o Regulamento Disciplinar do Exército (RDE), que proíbe “manifestar-se, publicamente, sem que seja autorizado, a respeito de assuntos de natureza político-partidária” e “censurar ato de superior hierárquico ou procurar desconsiderá-lo, seja entre militares, seja entre civis”. Quando ele era chefe da Secretaria de Política e Estratégia e Assuntos Internacionais (SPEAI) do Ministério da Defesa se insubordinou em relação à demarcação da Reserva Indígena Raposa Serra do Sol.

Agora, o general ataca o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH), que - segundo ele - “estimula a homoafetividade” e contribui para a “degradação dos costumes à revelia da tradição cristã que temos”. Perguntado se conheceu muitos gays nas Forças Armadas, respondeu que não, que “existe uma rejeição inata da estrutura militar contra isso”. Alertou que “isso tudo é uma composição organizada, uma conspiração internacional”.

A declaração do general Santa Rosa, que foi chefe da Divisão de Contra-Inteligência do CIE do Exército, faz jus ao cargo que ele ocupou. Dessa forma, ele reforça o discurso dos generais Leônidas Pires e Newton Cruz a Globo News no mês passado. Toda noite, antes de dormir, esses generais devem verificar, com uma lanterna, se tem algum jacaré comunista debaixo de suas respectivas camas.
Quem entrevistar
Na cabeça do general Santa Rosa, que fez o Curso de Guerra na Selva (1969), é tudo culpa da bicharada e dos comunistas, que estão solapando a tradição cristã. Suas “revelações proféticas” foram bem acolhidas no blog do Pastor Daniel Batista, da Igreja Cenáculo da Fé, para quem elas vieram confirmar aquilo que já sabia: “Recebi do Senhor Jesus a revelação de um eventual golpe de Estado no Brasil (Governo Lula), cujo processo ditatorial-político iniciaria até abril de 2009 - diz o pastor.

Mas a cumplicidade do pastor não resolve o problema do general: não ter um nome - umzinho só - em quem votar. O coronel colombiano, personagem do romance de Gabriel Garcia Márquez, não tinha quem lhe escrevesse, enquanto o general brasileiro Maynard Marques Santa Rosa não tem em quem votar para presidente da República e, portanto, não sabe como ordenar o voto de sua esposa.

O jornalismo brasileiro dará uma grande contribuição à democracia e à vida política do país no dia em que entrevistar não um general machão e fanfarrão, com suas bravatas, suas bazófias e sua visão maniqueísta do mundo, mas as mulheres dos generais. Seria muito bom ouvir dona Luisa Santa Rosa, ela podia nos revelar coisas que o Brasil desconhece. Confio muito mais na sua intuição e na sensibilidade feminina do que na arrogância do general.

Nós estamos carecas de ler entrevistas de generais. O grande furo jornalístico seria uma entrevista com dona Luísa e com tantas luísas, silenciadas, caladas, com o discurso seqüestrado e a fala presa na garganta. São elas que constroem com seu trabalho cotidiano esse país, educando os filhos, organizando a economia doméstica, dando apoio logístico e às vezes até, fingindo, quem sabe, que vota em quem o marido ordena. Afinal, o voto é secreto.

Se o general, que não deve saber fritar um ovo nem pregar um botão numa camisa, também não sabe em quem votar, devia perguntar à sua mulher. Por que não ouvi-la? Em quem ela gostaria de votar? Talvez ela saiba com mais lucidez que o general o que é melhor para o Brasil.

Da minha parte, aqui na minha casa, a conspiração internacional já ganhou. Não tenho vergonha de confessar: aqui funciona o matriarcado, pois quem decide o meu voto é a patroa e as minhas nove irmãs mulheres, com quem já iniciei o processo de consulta.

Ainda bem que o general não tem em quem votar para presidente da República na próxima eleição. Essa é a melhor notícia que o Brasil pode ter. O terrível seria se ele tivesse várias opções, como ocorreu durante o período da ditadura militar quando eles decidiam sem consultar a população. Agora, por ironia, no próximo governo, existe a possibilidade de que eles sejam obrigados, talvez, a obedecer as ordens de uma mulher.
LEIA MAIS...

Omar anda em baixa com turma de “Deus”

0 comentários

Omar Aziz foi desprestigiado pela Igreja Assembléia de Deus em sua convenção que se realiza desde sábado no Sambódromo. Eduardo Braga foi colocado pelo clã dos Silas na primeira fila. Sobrou para Omar a segunda fila. Omar não escondeu de ninguém que ficou incomodado com o tratamento recebido dos líderes da Igreja.

LEIA MAIS...

Nanicos divididos

0 comentários
Os partidos nanicos (PSOL, PCB e PSTU) continuam na dúvida se seguirão juntos, numa candidatura única, ou não. Mas nada que vá causar grandes alterações no quadro sucessório. Os três juntos não alcançaram nem 3% até o final das eleições.
LEIA MAIS...

Vai começar a guerra na internet

0 comentários
Dizem,
Que nessa eleição que se aproxima, tudo indica que o Coronel quer aprontar para cima do Governador Omar Aziz. Circulam informações na internet, que o assessor de Alfredo Nascimento estaria arregimentando uma tropa de choque de blogueiros e twitteiros, a peso de ouro, para espalhar boatos e fabricar estórias contra o único adversário capaz de enfrentar o ex-ministro nessa eleição.

Em seu twitter pessoal, Jefferson Coronel, que de santo não tem nada, já faz os primeiros ensaios atacando Omar, com insinuações que atingem a honra do candidato. Por outro lado, Jefferson já começa a beber do próprio veneno. Tem blogs na cidade bombardeando o assessor para marketing viral de Alfredo Nascimento. Se for verdade ou não o que está sendo dito sobre o Coronel, não sei. Sei que as denúncias são graves.

Antes que o Jefferson queira levar adiante seu plano diabólico, é bom que ele saiba de uma coisa: “O risco que corre o pau, corre o machado”. A internet é acessível a todos, inclusive para os adversários. Isso quer dizer o seguinte. Lamentavelmente, parece que a baixaria virtual vai dominar a eleição.

Soube que já existem poderosos dossiês preparados para a guerra. Inclusive envolvendo amantes e prostitutas em Brasília. Infelizmente, parece que vamos ter que ver tudo isso.
LEIA MAIS...