quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Por uma Tefé mais justa, fraterna e feliz

0 comentários

Por: Fernado Lobato


Adeus ano velho, feliz ano novo! 2010 está se pondo, mas 2011 vai nascendo no horizonte com perspectivas de grandes mudanças, pelo menos para os tefeenses, que, no dia 23 de janeiro, voltarão às urnas para escolher um novo prefeito. O Partido Socialismo e Liberdade, o PSOL, não poderia deixar de se fazer presente nessa disputa, pois o que está em jogo é a possibilidade de uma nova forma de condução dos interesses de quem vive em Tefé.


No pleito de 23 de janeiro, caberá ao Sr. Abel Alves a nobre tarefa de representar o 50. O 50 da luta em prol de um mundo mais justo, fraterno e feliz para todos. O 50 da continuidade do avanço social que o Partido dos Trabalhadores, preocupado demais com as benesses que o poder proporciona, deixou de lado. O 50 que, fiel ao projeto original do PT, não se deixou seduzir nem ofuscar pelo brilho degenerado do poder sem ética e princípios.


Força, coragem e determinação ao companheiro Abel Alves em sua campanha de convencimento do povo tefeense de que o voto no 50 é a melhor opção para quem deseja ver aquele município trilhando o rumo da prosperidade e da fraternidade. Força, coragem e determinação ao povo de Tefé para resistir à enxurrada de mentiras e falsas promessas que, no fim das contas, terão um só objetivo: manter a maioria refém dos que podem mais.


Só é senhor do seu destino quem tem a coragem de ser livre. Deus nos fez livres para que pudéssemos ser capazes de usufruir a liberdade de forma sábia e soberana. Deus não nos criou para sermos escravos da nossa falta de sabedoria. Seja sábio Abel Alves! Seja sábia Tefé!

Fonte: blogdofernandolobato.blogspot.com
LEIA MAIS...

domingo, 26 de dezembro de 2010

Abel Alves, Papi e Wisemam Celani vão disputar a Prefeitura de Tefé

1 comentários
Depois de o PSOL definir no dia de Natal a candidatura do Dr. Abel Alves a Prefeito de Tefé, hoje mais duas candidaturas foram definidas, a do empresário Papi do PMDB e de Wisemam Celani do PR. Encerrado o prazo para as Convenções está formado o pleito para eleição do dia 23/01/2011. Com a definição dos seus concorrente o PSOL lançou nota que transcrevemos a seguir;


A CONVENÇÃO DA MUDANÇA

EM TEFÉ


Entre brados tefeenses de liberdade e mudança, teve inicio às 8 horas de sábado, a convenção do PSOL que escolheu o Dr. Abel Alves, ícone da moralidade e das lutas sociais de Tefé, candidato à prefeito com o número 50, por um novo tempo de conquistas emergentes que tragam para o município, uma alternativa de desenvolvimento e inclusão social da maioria da população que sofre na pele, o descaso das instituições legais.


No comentário geral dos presentes, denotava-se o descontentamento com os políticos locais, que deixam o município do sempre na berlinda, entregue ao descaso da fiscalização e da administração pública. Nessa fratura, salientam-se os milhões que foram recebidos pela prefeitura e nada foi feito em prol do progresso da nossa terra.


Assim foi a convenção do PSOL, garça solar caminhando na lama da politiqueira. Sobressaindo na brancura de suas asas, a placidez do povo de Tefé, honrado e guerreiro, e nos membros palmípedes, uma cobertura oleosa natural da raça cabocla, que permite que as garças caminhem na lama, sem sujar os pés.


Parecia que estava sendo inaugurado um novo dia histórico para o povo tefeense, exatamente oriundo da claridade política do PSOL, um partido que traz o sol inscrito no próprio nome.


Todos os presentes, sem exceção, estavam imbuídos da mesma fé, do mesmo espírito de mudança, justamente porque tinham escolhido com o coração e a mente, um candidato serio, honesto, e competente, alguém compromissado com o povo, porque vive junto à população, e nunca se esconde do povo, sendo um caboclo decente e equânime em sua história política, por isso ganhou o respeito e admiração de toda a nossa boa gente tefeense que respeitosa e carinhosamente o Chama de “Dr. Abel”, voz geral de um povo que quer mudança agora, antes que seja tarde e tudo fique na estaca zero como está a vida da nossa gente.


A convenção da mudança já começou. Que venha agora o resto do povo, trazendo o 50 no coração, confirmando dias melhores para a nossa gente no dia da eleição.


Tefé 26 de dezembro de 2010

.

Direção do PSOL Tefé


LEIA MAIS...

Ministério Público Questiona BNDS sobre Financiamento para Belo Monte

0 comentários
Ofício enviado ao Banco pede informações dos riscos e ilegalidades no licenciamento da hidrelétrica.

O Ministério Público Federal enviou hoje (23/12) ofício ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) solicitando informações sobre o financiamento ao projeto da hidrelétrica de Belo Monte. O documento tem 17 questionamentos ao Banco, começando pelo empréstimo-ponte de R$ 1,087 bilhão anunciado ontem.


Os procuradores responsáveis pelos questionamentos, Ubiratan Cazetta e Felício Pontes Jr querem saber se esse primeiro aporte financeiro será usado no canteiro de obras ou nas ações obrigatórias impostas pelo Ibama como condições para a instalação do projeto.


O MPF também cobrou uma “estimativa dos custos de mitigação e compensação de impactos sociais e ambientais referentes ao cumprimento de condicionantes ”. A preocupação é fruto da constatação de que, até agora, nenhuma das condicionantes que deveriam preparar a região do Xingu para os impactos da obra foi cumprida pelo empreendedor.


Protocolo Verde – O BNDES assinou em agosto de 2008 o Protocolo de Intenções pela Responsabilidade Socioambiental, chamado de Protocolo Verde em que se comprometeu a não financiar empreendimentos que causem danos sociais e ambientais irreversíveis.



Com base no pacto, cancelou financiamentos para a expansão predatória da atividade pecuária no ano passado. O MPF quer saber se o banco está levando esse protocolo em conta para definir o financiamento da hidrelétrica de Belo Monte.


A legalidade do empreendimento também foi objeto do pedido de informações. Os procuradores querem saber se o BNDES considera legal uma possível licença parcial de instalação, figura inexistente no ordenamento jurídico brasileiro mas já utilizada pelo governo no licenciamento das usinas do Madeira.


Incertezas – Como se trata de dinheiro público no financiamento do empreendimento, o MPF quer saber ainda como o BNDES está lidando com os riscos e incertezas do projeto. Entre as incertezas que podem provocar aumento considerável do custo da obra estão a falta de estudos geológicos confiáveis e a possibilidade de uma calamidade ambiental no trecho do rio que vai ser reduzido drasticamente para alimentar as turbinas.


Outra incerteza é a própria capacidade de geração da Usina: apesar da propaganda governamental falar em 11 mil Mw, está confirmado que ela só funcionará com essa potência em 3 a 4 meses do ano, devido a forte variação nas vazões do rio Xingu, o que pode derrubar a geração a zero.


Clique aqui para ler a íntegra do ofício ao BNDES



Veja abaixo todos os questionamentos do MPF ao BNDES


1.Informações detalhadas sobre o empréstimo-ponte de R$ 1,087 bilhão;


2.Estimativa dos custos de mitigação e compensação de impactos sociais e ambientais referentes ao cumprimento de condicionantes;


3.Análise de outros possíveis custos de mitigação e compensação associados a impactos sociais e ambientais do empreendimento (inclusive eventuais ações indenizatórias) sobre os quais persistem incertezas não superadas;


4.Análise de riscos e variabilidade potencial de custos relacionados à mitigação e compensação de impactos sociais e ambientais, com detalhamento específico para os itens 1 e 2, acima;


5.Estimativa dos custos de mitigação e compensação de impactos sociais e ambientais e respectivo percentual em relação aos demais itens de investimento e ao custo total do empreendimento;


6.Estimativa de custos de construção do empreendimento, informando sobre a análise de riscos e de variabilidade associados a fatores de incerteza, como fatores geológicos e topológicos relacionados à construção do canal;


7.Valores calculados para itens a serem financiados pelo BNDES para o AHE Belo Monte;



8.Cronograma de desembolso do financiamento;


9.Estimativa sobre a capacidade de geração de energia elétrica do empreendimento;



10.Conclusões sobre a viabilidade econômica e financeira do AHE Belo Monte;



11.Posicionamento do BNDES a respeito da legalidade de uma eventual concessão de Licença de Instalação (LI) parcial pelo IBAMA ;


12.Existência de gatilhos referentes à tomada de medidas de mitigação e compensação de impactos socioambientais;


13.Procedimentos e mecanismos previstos pelo BNDES para o monitoramento do cumprimento de condicionantes das licenças ambientais, da legislação relevante sobre a proteção ambiental e direitos humanos e demais salvaguardas do banco;


14.Medidas corretivas ou punitivas que seriam tomadas pelo BNDES em resposta a evidências de não-cumprimento de condicionantes, salvaguardas ambientais e outra legislação em vigor.



15.Metodologia e conclusões da avaliação global de riscos financeiros, legais e de reputação para o BNDES, referente a seu possível envolvimento no empreendimento;


16.Análise do grau de conformidade do Complexo Belo Monte com políticas de responsabilidade social e ambiental do BNDES;


17.Tipologia de informações e respectiva documentação previstas para serem disponibilizadas publicamente pelo BNDES sobre a AHE Belo Monte.


Ministério Público Federal no Pará


Assessoria de Comunicação

Fones: (91) 3299-0148 / 3299-0177

E-mail: ascom@prpa.mpf.gov.br

Site: www.prpa.mpf.gov.br

Twitter: http://twitter.com/MPF_PA

LEIA MAIS...

sábado, 25 de dezembro de 2010

Abel Alves tem candidatura formalizada em convenção do PSOL

1 comentários

Ao ter sua candidatura a Prefeito homologoda neste sábado (25) na convenção Municipal do PSOL, o ex-vice-prefeito de Tefé Abel Alves fez críticas aos “velhos modelos políticos” e defendeu a “renovação” ao apresentar seu nome e o do candidato a vice-prefeito Eguinaldo Cruz na chapa puro sangue do Partido Socialismo e Liberdade – PSOL.

“Ouso dizer que esta eleição será um divisor de águas. Será o momento de dizermos um basta a esses velhos modelos políticos, onde tudo importa para eles, menos os destinos do povo”, discursou o candidato, no Ginásio Poliesportivo Gilberto Mestrinho em Tefé. Na seqüência, o candidato Abel Alves listou as potencialidades econômicas de Tefé. “Apesar de toda essa riqueza, é um Município que não cuidou nos últimos anos de sua infra-estrutura.


O candidato a Prefeito do PSOL anunciou os quatro eixos prioritários para o desenvolvimento de Tefé, são eles: educação cidadã e transformadora; desenvolvimento econômico integrado e sustentável; tecnologia e trabalho; e eficiência e fortalecimento administrativo. Com relação à educação, Abel Alves defendeu a melhoria das escolas públicas, que acredita só ser possível com a valorização dos salários e da formação dos professores.


No que cerne à saúde, o candidato garantiu, caso eleito, a instalação de centros de diagnóstico por imagem e centros de especialidade. Também investiremos no reequipamento dos hospitais públicos e nos projetos preventivos, assegurou.


Concluindo o discurso, o Abel Alves convidou os presentes a encararem a mudança com esperança e otimismo. Ele voltou a criticar os adversários: “Nós já provamos que sabemos fazer a boa política, diferentemente da politicagem que locupleta a bagagem de nossos adversários. Por tudo isso, sinto-me legitimamente credenciado para postular a Prefeitura de Tefé.

LEIA MAIS...

O aumento salarial dos parlamentares maquiavélicos

1 comentários

A votação em tempo Recorde no final de ano letivo, em meio a confraternizações, natal e festividades de réveillon, demonstrou que Maquiavel estava no bolso e nas mentes da maioria de nossos parlamentares: Encontraram um momento propício para legislar os maiores absurdos, em beneficio próprio. Realmente, parafraseando os tuiteiros, temos o pior congresso da história.

O aumento salarial dos parlamentares federais de 61,8%, enquanto o salário mínimo nos últimos quatro anos aumentou em média 10%, demonstrou cinismo e desrespeito com a maioria dos brasileiros.

O efeito cascata está acontecendo nas assembléias legislativas, uma vez que a constituição prevê o pagamento de até 75% dos vencimentos dos salários dos parlamentares federais aos deputados estaduais. Tem mais, prevê ainda entre 20 e 75% dos salários dos parlamentares estaduais aos vereadores. Para isso, recorrem à constituição. Mas para honrarem os direitos da maioria explorada dos trabalhadores, um “jeitinho”.

Esse balanço vai ter que bater e, neste caso, a matemática é simples: Vão cortar gastos em várias áreas, que beneficiam o coletivo, como educação, saúde e habitação ou aumentarão impostos.

O custo mensal de um parlamentar federal varia entre 250 e 300 salários mínimos. Um guerreiro que sobrevive com um salário mínimo mensal, teria que trabalhar 25 anos para alcançar um mês de salário do parlamentar federal. Pensaram nisso, deputados e senadores?

O segundo turno da ultima eleição presidencial foi troca de insultos e pouca demonstração de maturidade política e respeito ao direcionamento ideológico do manifesto de seus partidos. Salvo os candidatos Plínio de Arruda, que foi uma grata surpresa para muitos e de Marina Silva, que trabalhou a lógica da educação e respeito ao meio ambiente com muita propriedade. Após eleições, a união e o corporativismo imperaram no congresso: Vergonhoso!

Coincidência ou não, na última sexta-feira dia 17/12, caíram 30 milhões de reais na conta da UNE – União Nacional dos Estudantes, por conta de uma indenização de processos contra o governo de 1964. Faltou aquela bandeira na manifestação de sábado, dia 18/12.

Sábado foram poucos guerreiros. Mas levando em consideração o improviso, urgência, pouco espaço na mídia local e a representatividade de professores, contadores, administradores, jornalistas e estudantes, o nosso sentimento é de que ainda temos uma forte chama, herdada por nossos pais que lutaram contra a ditadura neste país há poucas décadas: Resistir sempre e sucumbir jamais!

Saudações,

Dário Nascimento
Militante ecossocialista, Contador e especialista em Metodologia do Ensino Superior
LEIA MAIS...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL E PAZ PARA O MUNDO

0 comentários

Se a manjedoura simboliza a humildade com que Deus trouxe seu filho ao mundo, o recadastramento que acontecia representa o controle autoritário que o Estado impõe a seus cidadãos, em uma leitura atual, os filhos da pobreza permanecem nascendo, vivendo e morrendo em manjedouras, enquanto o Estado burguês continua mantendo a concentração das riquezas nas mãos de poucos.


O Natal significa tempo de transformação, é o renascimento de novos propósitos e atitudes, é o começo de uma nova etapa na vida de todos os cristãos.


Nós editores do Blog Lucta Social, aproveitamos essa noite de Natal para renovar nossas esperanças e as expectativas do nosso povo de conquistarmos em breve a igualdade econômica, social e etinica entre os homens do mundo inteiro. Utopia. Não! É simplesmente a certeza de que a humanidade não suporta mais os modelos de desenvolvimento que exclui e humilha a gerações os filhos da Manjedoura.


Feliz Natal,
Prosperidade e
Paz para o mundo...!!!


Os Editores


LEIA MAIS...

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Químicos Unificados entrega dossiê sobre a Natura, em Brasília

0 comentários


Parlamentares se solidarizaram com histórias e demissão de trabalhadoras lesionadas
Uma comissão formada por dois dirigentes do Sindicato Químicos Unificados e duas trabalhadoras com doenças ocupacionais demitidas pela Natura foi até Brasília e entregou um dossiê com denúncias contra a empresa para parlamentares e representantes do Ministério do Trabalho, ontem (15/dez/10).

Participaram da delegação os dirigentes do Unificados Paulo Soares e Petrônio de Oliveira, que é também funcionário da Natura, e duas trabalhadoras demitidas da empresa, Elisangela Ferreira dos Santos e Maria Eliane Pimentel.

ACESSE AQUI para ler o dossiê.

A viagem

Antes do nascer do dia, a comissão já estava no Aeroporto Internacional de Guarulhos para pegar o voo rumo à capital do país. Nas mãos, diversos exemplares de um documento especialmente preparado para a ocasião.

O dossiê continha informações sobre as demissões, informações médicas das trabalhadoras lesionadas e dados sobre o crescente faturamento da Natura.

Na capital Federal a comissão foi recebida pela equipe de gabinete do deputado Ivan Valente, (PSol/SP), e orientada pe lo coordenador político Rodrigo Pereira.

Graves denúncias

A primeira reunião realizada foi na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, com os deputados federais Ivan Valente e Alex Canziani, do PTB/PR, presidente da Comissão.

Canziani, que ficou impressionado com gravidade das denúncias, afirmou se tratar de algo absurdo. “São violações aos direitos trabalhistas, e o respaldo político é importante para essas trabalhadoras”, completou o deputado.

Os deputados sugeriram escrever um ofício para a Natura em nome do Presidente da Comissão do Trabalho, informar sobre as denúncias do sindicato e solicitar da empresa informações mais detalhadas sobre as demissões.

Auditor do Ministério do Trabalho
“baterá às portas” da Natura

A segunda reunião foi com o Ismael Lisboa, Assessor Especial do Ministro do Trabalho Carlos Lupi. Ele ouviu as denúncias e as histórias das trabalhadoras e sugeriu ações políticas e jurídicas para serem tomadas.

Segundo Ismael e outras duas representantes do ministério, pelas informações fornecidas pelas trabalhadoras a Natura cometeu infrações como ter retido as carteiras de trabalho, não ter realizado exame demissional e ainda não ter feito homolo gação das demissões.

“Vamos verificar essas denúncias, enviar um auditor do Ministério para bater na porta da empresa”.

Uma cópia do dossiê também foi entregue para o senador José Neri do PSol/PA


Leia notícia na integra
LEIA MAIS...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

CONVITE

0 comentários

Vamos incensar a alma

Abrir as janelas dos olhos

deixar o sol entrar


botar o bloco na rua

tomar banho de chuva

com a vida deitar e rolar


usar todos os sentidos

só não faz sentido

deixar a vida passar


(Celestino Neto)

LEIA MAIS...

PARA MEU PAI RAIMUNDO LIMA COM CARINHO

0 comentários

Por Elson de Melo


CARTA PARA MEU PAI

Querido Pai Raimundo de Lima Pinto, é tempo de Natal, época em que as famílias se juntam para celebrar o nascimento do Menino Jesus, movido por este momento, estou escrevendo estás poucas linhas para agradecer você por ter possibilitado minha passagem por este mundo e ter você como pai, amigo, companheiro e acima de tudo, meu maior exemplo de cidadão comprometido com a vida e a solidariedade.


Foi com você Pai, que aprendi o sentido de coletividade, desde criança, acompanho com atenção e entusiasmo, sua luta por um mundo mais justo, fraterno e igual para todos. Você é um homem de espírito e fé muito forte, durante todos esses anos de convivência, nunca testemunhei o senhor movido por sentimentos pequenos como raiva, ódio ou omissão, reclamar da vida, jamais!


Contava meu avô Messias, que quando o Senhor se casou com a mamãe Elzira, você era um jovem entusiasmado com o futuro, cortou lenha para vender aos vapores que seguiam rio acima e rio abaixo, transportando mercadorias e borracha, plantou juta, criou gado, pescou, cultivou roça de mandioca, banal e construiu o mais lindo Cacoal que meus olhos já viram.


Sabe Pai, as vezes me pego relembrando o dia que o Senhor chegou feliz da vida pilotando sozinho o seu primeiro barco, eu já rapazinho, corri para o porto junto com meus irmãos para ver você ancorar o nosso Charmoso! Quanta felicidade foi aquele momento. Era a compensação pela tristeza que tínhamos sofrido quando foram vendidas as vacas Cara Branca, Malhadinha, Mingota, Araçá, Vermelhona e boi Brabinho para comprar o barco. Há como eu tenho saudade de quando chegávamos a qualquer lugar e ouvir as pessoas exclamarem. Chegaram os filhos do Lima!


O Senhor é canhoto, não conseguiu ser um craque na bola, mas foi um craque na arte de incentivar os jovens a praticarem esporte, não mediu esforços para construir diversos campos de futebol na nossa querida comunidade do Novo Amazonas, que tu fundaste. Há Pai, como você pensou tudo, não tinha escola, você articulou a construção da escola, não tinha Professor, você articulou o Professor.


Pai, você é um homem apaixonado pela Varzea, quando todos fugiam das grandes enchentes, o senhor estava lá, desafiando as águas, fazendo maromba para o gado, cortando canarana para alimentá-los. Na cheia de 1953 eu ainda não existia, mas, o senhor construiu uma casa projetando o assoalho para um nível acima da marca que ela deixou que casa linda, assoalhada com tabuas de maçaranduba, era um espelho, foi o senhor que tirou todo o maderame no machado, quase decepa o se pé com um golpe de machado, que verdadeira aventura, pena que a terra ruiu e tivemos que demolir a casa.


Posso sem medo de errar afirmar, conheci na vida um casal perfeito! Esse casal é o Senhor e a Mamãe, não pelo fato de serem meus pais, mas sim por vocês serem um casal que se completavam plenamente, combinava em tudo, o Senhor organizador da Comunidade, Ela prestando todo apoio organizando as mulheres no Clube de Mães, o Senhor Catequista, Acolito, Ela organizando as recreações para as crianças. Foi a partir dessa sua pratica, que acabei envolvido nas lutas sociais que um dia alguém haverá de narrar essa história.


Raimundo de Lima Pinto, caboclo de Urucurituba, fundador e morador da Comunidade Novo Amazonas, pai de nove filhos: Tereza, Adilson, Gilson, Edson, Elson, Ironilson, Dinilson, Jackson e Fátima. Eis um homem Amazônico que apesar de suas limitações e das dificuldades de comunicação com mundo, foi um dos percussores do Cooperativismo no Amazonas, fundou uma das primeiras Cooperativas do Estado, foi a Cooperativa Agrícola Mista do Novo Amazonas, por conta dessa ousadia, os comerciantes da região os acusaram de comunista, lembro que através de muitos Puxiruns os cooperados conseguiram erguer a sede da Cooperativa, foi ali que funcionou por muito tempo a escola da Comunidade, também serviu de local para a celebração dos cultos ou missas e as festas, era o nosso Centro Social.


Pai, nossa viagem não termina aqui, sua história precisa de uma narrativa mais detalhada, seus pensamentos precisam ser compartilhados, sua vontade precisa ser concretizada. Todos os seus empreendimentos foram sempre no sentido coletivo, vou dar mais um exemplo: a Colônia, embora o senhor não fosse um entusiasta de viver nas terras firmes, não pensou duas vezes para junto com seus companheiros, adquirirem um terreno lá no lago do Carará Município de Urucará, para fundarem a Colônia Agrícola, veja pai o Senhor é na verdade um grande empreendedor social!


Pai será que o Senhor tem algum defeito! Lógico que sim, afinal o senhor é humano, Mamãe dizia que um dos seus grandes defeitos é ser bom demais. Ele explicava dizendo; “as pessoas se aproveitam da bondade do Raimundo, para sempre levarem vantagem sobre Ele”, acho que Mamãe tinha razão, sobre isso, lembro que o Senhor tentou ser um comerciante, montou uma espécie de armazém e passou a comercializar gêneros alimentícios e utilidades, não durou um ano, um dia por curiosidade foi dar uma olhada naquele velho borrador onde o Senhor anotava as compras fiadas dos seus clientes, verifiquei que toda a mercadoria foi vendida fiada e seus clientes nunca pagaram! Acho que o Senhor também nunca cobrou. É Pai, como pode a bondade ser um dos seus defeitos. Não fique triste, considere sempre que a bondade é e será a qualquer tempo, uma grande virtude.


Como disse antes, nossa viagem não termina aqui, vou fazer uma breve atracação para celebrarmos juntos o Natal e a chegada do Novo Ano, desejo que nossas vidas se prolonguem por mito tempo, para continuarmos essa caminhada cujo destino é a prosperidade na terra e um lugar privilegiado ao lado de Deus quando Ele nos chamar. Parabéns Pai por você existir e resistir os percalços que a vida lhe impôs, desejo nesse momento um pronto restabelecimento, mantenha viva a sua fé, pois ele é capaz de remover montanhas, seja onde for estaremos sempre juntos! Feliz Natal grande Pai.


Raimundo Elson de Melo Pinto – Seu Filho

LEIA MAIS...

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

PRESIDENTE DA NCST/AM-RR MANDA MENSAGEM DE NATAL

0 comentários
O Presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores - NCST/AM-RR, Osmet Duk Filho, publica sua mensagem de Natal desejando a todos Paz, Felicidade e muita prosperidade.


É Natal
Época de sonhos,
Esperanças renovadas
E mensagens trocadas
Com carinho e amizade.
Aos nossos diretores,
Amigos e companheiros,
Desejamos que as realizações
Alcançadas este ano, sejam
apenas sementes planatadas,
Que serão colhidas com maior
sucesso no próximo ano.


Feliz Natal
E
Próspero Ano Novo!

Osmet Duk Filho
Presidente
NCST-AM/RR


LEIA MAIS...

CHUVA DESCOBRE ARTICULAÇÃO DENTRO DO PT - SINÉSIO SECRETÁRIO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE OMAR

0 comentários
Depois do péssimo desempenho eleitoral, onde a sobra foi seu gongo salvador, o Deputado Sinésio Campos vem a qualquer custo, tentando se manter como referencia do PT nas articulações políticas Baré, primeiro se lançou candidato a Presidente da Assembléia Legislativa, não emplacou. Agora, articula junto com Waldemir Santana o cargo de Secretário de Estado, o alvo é a Secretária de Ciências e Tecnologia que desde sua criação vem sendo ocupada por petistas.


Com Sinésio Secretário, assume sua vaga na Assembléia o filho de Waldemir dai o empenho do sindicalista em patrocinar essa articulação, assim, o grupo de Waldemir abocanharia mais uma secretaria no Estado, uma vez que já comanda as Secretarias do Trabalho Estadual e Municipal.

Pelas Barbas de João Pedro


Segundo fontes vindas da Constantino Nery, se o Governador Omar, por birra, preferir um relacionamento extra partidário e pouco Republicano com o PT Estadual, está definitivamente declarada a interrupção de qualquer dialogo sobre qualquer tipo de apoio seja na Assembléia como na esfera do Governo Federal, onde o Senador João Pedro, vem sendo muito prestigiado.


Paralelo a isso, o Magnífico Reitor da UEA, continua sua perseguição a ex-Reitora Marilene Corrêa, o canibalismo é tão grande que, o Magnífico não permite sequer vista ao processo para que Marilene instrua sua defesa!


Pelo visto, o Governador Omar vai ter que pisar com muito cuidado dentro desse campo minado que ficou o PT do Amazonas, as eleições falaram bem de Praciano Deputado mais votado e de José Ricardo o terceiro Deputado Estadual mais votado do pleito. Sinésio foi apenas o foba! Está suspirando por aparelho dentro do PT, principalmente depois de ter comandado a rebeldia contra uma decisão da Direção do PT Nacional nas eleições passada. A julgar pela história, até agora ninguém passou impune por esse processo. É esperar para ver!


Assim a saga do Deputado adorno de jardim, vai a cada dia só se complicando, tentou ficar acima das normas petistas, agora não consegue se equilibrar, a cada dia a corda fica mais bamba!



LEIA MAIS...

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O PLANETA VAI CONTINUAR COM FEBRE

0 comentários









Leonardo Boff

A COP 16 (Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas) terminou na madrugada do dia 11 dezembro em Cancún com pífias conclusões, tiradas mais ou menos a forceps. São conhecidas e por isso não cabe aqui referi-las. Devido ao clima geral de decepção, foram até mais do que se esperava mas menos do que deveriam ser, dada a gravidade da crescente degradação do sistema-Terra. Predominou o espírito de Copenhague de enfrentar o problema do aquecimento global com medidas estruturadas ao redor da economia. E aqui reside o grande equívoco, pois o sistema econômico que gerou a crise não pode ser o mesmo que nos vai tirar da crise. Usando uma expressão já usada pelo autor: tentando limar os dentes do lobo, crê-se tirar-lhe a ferocidade, na ilusão de que esta reside nos dentes e não na natureza do próprio lobo. A lógica da economia dominante que visa o crescimento e o aumento do PIB implica na dominação da natureza, na desconsideração da equidade social (dai a crescente concentração de riqueza e a célere apropriação de bens comuns) e da falta de solidariedade para com as futuras gerações. E querem-nos fazer crer que esta dinâmica nos vai tirar das muitas crises, sobretudo a do aquecimento global.


Mas cumpre enfatizar: chegamos a um ponto em que se exige um completo repensamento e reorientação de nosso modo de estar no mundo. Não basta apenas uma mudança de vontade, mas sobretudo se exige a transformação da imaginação. A imaginação é a capacidade de projetar outros modos de ser, de agir, de produzir, de consumir, de nos relacionarmo-nos uns com os outros e com a Terra. A Carta da Terra foi ao coração problema e de sua possível solução ao afirmar:"Como nunca antes na história, o destino comum nos conclama a buscar um novo começo. Isto requer uma mudança nas mentes e nos corações. Requer um novo sentido de interdependência global e de responsabilidade universal. Devemos desenvolver e aplicar com imaginação a visão de um modo de vida sustentável aos níveis local, nacional, regional e global".


Este propósito no se fez presente em nenhuma das 16 COPs. Predomina a convicção de que a crise da Terra é conjuntural e não estrutural e pode ser enfrentada com o arsenal de meios que o sistema dispõe, com acordos entre chefes de Estado e empresários quando toda a comunidade mundial deveria ser envolvida. A referência de base não é a Terra como um todo, mas os estados-nações cada qual com seus interesses particulares, regidos pela lógica do individualismo e não pela da cooperação e da interconexão de todos com todos, exigida pelo caráter global do problema. Não se firmou ainda na consciência coletiva o fato de que o Planeta é pequeno, possui recursos limitados, se encontra superpovoado, contaminado, empobrecido e doente. Não se fala em dívida ecológica. Não se toma a sério a crise ecológica generalizada que é mais que o aquecimento global. Não são suficientes a adaptação e a mitigação sem conferir centralidade à grave injustiça social mundial, aos massivos fluxos migratórios que alcançaram já a cifra de 60 milhões de pessoas, a destruição de economias frágeis com o crescimento em muitos milhões de pobres e famintos, a violação do direito à seguridade alimentar e à saúde. Falta articular a justiça social com a justiça ecológica.


O que se impõe, na verdade, é um novo olhar sobre a Terra. Ela não pode continuar a ser um baú sem fundo de recursos a serem explorados para benefício exclusivamente humano, sem considerar os outros seres vivos que também precisam da biosfera. A Terra é Mãe e Gaia, tese sustentada sem qualquer sucesso pela delegação boliviana, e por isso sujeita de direitos e merecedora de respeito e de veneração. A crise não reside na geofísica da Terra, mas na nossa relação de agressão para com ela. Nós nos tornamos numa força geofísica altamente destrutiva, inaugurando, como já se fala, o antropoceno, uma nova era geológica marcada pela intensiva intervenção descuidada e irresponsável do ser humano.


Se a humanidade não se acertar ao redor de alguns valores mínimos como a sustentabilidade, o cuidado, a responsabilidade coletiva, a cooperação e a compaixão, poderemos nos acercar de um abismo, aberto lá na frente.


Leonardo Boff é teólogo e foi observador na COP-16 em Cancún

LEIA MAIS...

Montei uma Árvore de NATAL, . .Pra vocês. . . ! ! !

0 comentários

Olá companheiros/as de caminhada Um bom e Santo Feliz Natal extensivo aos seus familiares.

Que 2011 nos traga boas surpresas e muitas esperanças na continuação de um projeto por mais vida com dignidade. Que o Reino de Deus continue acontecendo nas pequenas coisas feita com uma grande generosidade. Cada vez mais possamos fortalecer nossas lutas, mesmo contra toda desesperanças que um sistema cruel nos impõe. Somos um povo de fé. Creiamos! Pois apesar dos percalços da vida, continuamos fiéis na construção do Reino definitivo, o Reino de Deus.

Muita paz, axé, alegria!

Carinhosamente

Gorete oliveira

Já montou sua árvore???
Trouxe uma pra você!!!

Paz
União
Alegrias
Esperanças
Amor. Sucesso
Realizações Luz
Respeito Harmonia
Saúde Solidariedade
Felicidade Humildade
Confraternização Pureza
Amizade Sabedoria.Perdão
Igualdade Liberdade. Boa
Sorte
Sinceridade Estima. Fraternidade
Equilíbrio Dignidade Benevolência
Fé Bondade. Paciência. Gratidão Força
Tenacidade Prosperidade Reconhe-

cimento

"fidelidade ao Deus dos pobres, a serviço dos povos das terras e da Água"

LEIA MAIS...

Movimento Sindical do Amazonas e as Festas Natalinas

0 comentários
As semanas que antecede o Natal, estão recheadas de programações festivas das diversas categorias de Trabalhadores, já aconteceram a festa da UGT/Amazonas, Sindicato dos Empregados nas Instituições Beneficentes, Religiosas e Filantrópicas de Manaus - SIEMIBREFI, da Força Sindical/Am, do Sindicato dos Padeiros - SINTRAPAM, do Sindicato dos Radialistas, do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação - SINTAM. No próximo dia 23/12/2010, acontece a festa da mais tradicional Instituição do Amazonas a Casa do Trabalhador, o inicio dos festejos está marcado para as 17: horas com o Tradicional Amigo Oculto e sorteios de brindes, a organização da festa é da Direção da Casa com a participação de todos os Sindicatos abrigados naquela Casa. A Casa do Trabalhador fica na Rua Marcílio Dias nº 256 - Centro de Manaus. Ainda no dia 23 a Nova Central Sindical dos Trabalhadores do Amazonas e Roraima - NCST/AM-RR, estará promovendo um almoço de confraternização na Churrascaria Boi Gordo, com a presença de todos os seus Dirigentes e dos Sindicatos Filiados. Assim o movimento Sindical do Amazonas fecha o ano promovendo a confraternização e desejando Paz e Prosperidade aos Trabalhadores do Mundo.
LEIA MAIS...

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Descanse em Paz grande Pai, Sogro e Avô Amadeu

0 comentários
Faleceu hoje as 21:oo hora Manaus, na cidade de Juruti Pará, o Senhor Amadeu Araujo Lima, Pai da minha Esposa Lene e Avô dos nossos dois filhos Alex e Dhimirson, o Senhor Amadeu viveu oitenta e sete anos, era casado com a Senhora Maria Deuzarina Mendes Braga, com quem teve dez filhos dos quais dois já falecidos.

Ciro como era conhecido, foi um dos primeiros moradores da Cidade de Juruti Novo, onde construiu muitos amigos, viveu o bastante para testemunhar a fundação da cidade e seu progresso que chegou a ser um dos principais orçamento do Estado do Pará.

Amadeu será sepultado na sexta feira 17/12/2910 pela manhã no semiterio de Juruti, onde a familia e amigos farão uma grande homenagem ao Ilustre decano da cidade.

Consternados mas, confiantes que a morte é conseqüência da vida, rogamos aos altos para que Deus, conforte os familiares, desejamos que o nosso querido Amadeu. Descanse em Paz!

Homenagem de:
Elson de Melo - Genro
Lene - Filha
Alex - Neto
Dhimirson - Neto



LEIA MAIS...

A meu avô com carinho

0 comentários

Amadeu Araújo Lima obrigado por tudo....


Escrevo neste momento com uma angustia que me percorre a alma, com o coração sangrando, porém com a consciência tranqüila. A morte é apena um ritual de passagem já diria meu amigo Evandro Carreira. Se eu pudesse classificar como me sinto neste instante, diria que hoje estou triste, mas como classificar a tristeza se a Tristeza é o desespero do irreversível. Irreversível é a morte. Meu avô, meu querido avô está à beira da morte. Poderia classificar o álcool como o principal problema, porém seria injusta a classificação para um homem que viveu tudo de bom que a vida poderia oferecer, teve filhos que nunca causaram problemas, teve netos que o amam. Diria que meu avô está morrendo de “Overdose” de amor. Como dizia Carlos Drummond de Andrade, que morreu logo depois que sua querida filha se foi “Não morremos de morte morrida, mas de vida vivida”. Talvez minha Tia Alcira que se foi na noite do dia 25 de Novembro 2007 já esteja pegando em sua mão neste momento e lhe conduzindo para céu. Meu avô abusou demais dos prazeres e viveu intensamente suas emoções. “Prefiro viver intensamente por menos tempo, do que viver mais e não poder fazer as coisas que mais gosto nessa vida”, ele me disse isso quando perdeu os movimentos da perna. Não é meu avô que está morrendo é a vida que está o levando embora. Ele amou os filhos sem medidas porque era ávido de amor. Aprendi com ele a dividir e doar. Foi Sincero até demais, dono de um coração sem limite.



A morte é o curso natural da vida, mas quem disse que é fácil aceitar? A tristeza da perda do meu querido avô não se resume ao passado, mas sim a dor da tristeza pelo futuro que não se terá. Minha filha não o conheceu isso me causa profunda tristeza. Ele nunca mais vai estar no porto me esperando como fez tantas vezes nas minhas idas a Juruti, e todas as vezes que eu tinha que voltar ele desaparecia para não ter que se despedir. A última vez que me despedi dele, as lagrimas caíram de seu rosto, perdi a oportunidade de dizer te amo e obrigado por tudo. Meu avô gostava dos encontros, mas não gostava das despedidas.


Diria que perder alguém querido é perder-se, porque somos feitos dos outros que nos rodeiam. Pai e mãe é parte de nós. Foi-se um pedaço do peito. Foi-se uma parte de nós, da nossa família. Saudade e tristeza profunda misturadas a uma alegria tão grande de tê-lo no passado. De te - lo tido como meu pai. É difícil escrever neste momento, os sentimentos ficam confusos nesta hora. Ele se foi, e está doendo. Saber que nunca mais vou abraçá-lo, nunca mais vou-ter o prazer de reve-lo, isso me faz sofrer. Saudade para o resto da vida.



Nunca mais vou ouvir sua voz carinhosa me chamar. Não vou mais escutar a sua risada sonora de alegria. Respeito ao próximo, a natureza, ser honesto, e todos aqueles valores morais que hoje eu procuro passar para minha filha eu devo a ele. O sentimento agora é só saudade e tristeza, misto de um que de orfandade. Tristeza é um silencio que grita dentro de mim neste instante. Lágrimas incontroláveis é um protesto que a situação seria melhor se fosse outra. Nunca mais dói demais.


Perder uma pessoa querida não tem consolo. A distancia nestas circunstancias é cruel. Aquele telefonema que eu não encontrei o tempo para dizer mais uma vez o quanto eu o amava. Entristeço-me pensando o quanto a gente adia pequenas coisas que são realmente importantes da vida, na ilusão de que o tempo “vai dar” para fazer tudo. Não deu para dizer adeus... E esta doendo, muito.


Alex Mendes

LEIA MAIS...