segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Nova Cidade e a Omissão do Secretário da SEMMAS

3 comentários

Quando o Poder Público é Cúmplice do Descaso!


A Secretária Municipal do Meio Ambiente de Manaus – SEMMAS, através do Secrtário Marcelo Dutra (foto), há tempos vem se comportando como verdadeiro escudo de empresas que praticam crimes conta o Meio Ambiente, foi assim no caso Corredor do Mindú, onde ela foi cúmplice da construtora Direcional na degradação daquela área e está sendo da mesma forma omissa no caso da Estação de Tratamento de Efluentes da Águas do Amazonas que se encontra abandonada e sem funcionar por muito tempo, no Nova Cidade, enquanto isso, os dejetos estão sendo jogados no leito do Igarapé do Passarinho, como denunciam os moradores do Conjunto. Enquanto o Prefeito Amazonino é acusado ter vendido a COSAMA por preço de salário mínimo e beneficiado a empresa compradora, parece que essa prática se confirma com a omissão do seu Secretário Dutra do Meio Ambiente, fazendo vista grossa aos problemas causados pela águas do Amazonas, que propositalmente, desativa essa importante Estação. Vejam a situação deplorável daquilo que deveria ser um dos principais instrumentos de prevenção a doenças como Dengue, Leptospirose, Difteria, verminoses...


Fiquem atentos para os detalhe capital, em frente a estação se ouve um som mas é apenas de compressores... Falsa impressão de funcionamento, na verdade o sistema de tratamento está desativado!



Foto 3296. Decantador fonte de mal cheiro. lixo solido presente mostra que foi removida uma peneira estática que existia ( crivos de 0,5 mm)

Foto 3292. Mostra a tubulação (cortada) por onde passaria o esgoto tratado seguindo para um sistema de filtros de lodo. para daí ser descartado

Foto 3293. Tanque (leito mável) aqui chegaria o ar que vem dos compressores ( nota-se a água parada).

Foto 3289. Filtro de lodo, seco, nota-se apenas ao fundo "Polímeros da borracha"

3 comentários:

Al-zarahmeyk disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Al-zarahmeyk disse...

processo no ministerio publico do estado do amazonas numero;26.666/2010, sobre o mesmo tema. a mesma denúcia na semmas, secretária da mentira da maquiagem e da sujera. protocolo nº6160/2010. de 12/08/2010. B.O no 11º distrito policial da capital nº 11E1011000599. de 24/01/2011.
será que niguem sabe que esta estação está acabando de apodrecer o igarapé do passarinho?

Anônimo disse...

Renovando a luta:
Gostaria que este texto a baixo fosse enviado para seus contatos,se possível com a recomendação de que eles reenviem para a caixa eletrônica da secretaria municipal do meio ambiente Semmas (e-mail ascom.semma@pmm.am.gov.br)
__________________________________________________
Para saber o descompromisso da tal Águas do Amazonas S/A, e da secretaria municipal do meio ambiente tomemos como exemplo uma E.T.E, seja, estação de tratamento de efluente, que fica na rua panamá, numero 287, quadra 31, conjunto nova cidade,em Manaus-am, a estação está abandonada há no mínimo 4 anos, e é claro, todo o esgoto produzido por pelo menos 30 mil pessoas é lançado no igarapé do passarinho, junto também com o efluente que é produzido no conjunto Francisca Mendes e nas 10 etapas do coj.Galileia, um golpe contra o meio ambiente e contra o consumidor que paga 80% de taxa de esgoto na conta de Agua. Enquanto isto... muita gente finge que não mora aqui. Esgoto não é paisagem!!Denuncia na semmas- protc sob o numero 6160/2010 de 12 de agosto de 2010, (MPE-Am:Inquérito Civil nº 092/10/18ª PRODEMAPH"IC 092/10/18ª PRODEMAPH. Poluição hídrica no Igarapé do Passarinho." Autoridade responsável: Francisco de Assis Aires Arguelles), (Conselho Nacional do Ministério Público: CNMP n° 0.00.000.000496/2011-82.)

Postar um comentário