domingo, 20 de março de 2011

Henrique Costa o nosso mal que não foi necessário

0 comentários

Eu nunca fiz uma crítica ideológica ao governo do Henrique Costa. Digo com absoluta certeza, os petistas de juruti, nunca foram de esquerda. O Henrique, por exemplo, não é ideológico. Eu sempre o tratei como alpinista social. Nada me surpreenderam no governo do Henrique, nem as orgias, nem as mandingas, muito menos as mansões. O que me surpreendeu de verdade neste governo foi à forma como eles instituirão a corrupção. No governo do Henrique ergueu-se uma cortina atrás da qual a rapinagem corre solta. Eu sempre pensei em abrir essa cortina, em minar os testas-de-ferro, em revelar o esquema laranja escondido atrás de alguns Secretários.


A oposição fez um papelão durante todo o mandato do Prefeito Henrique Costa. Durante todo esse período nunca propuseram uma CPI. Só que agora as coisas vão apertar a economia vai continuar em marcha lenta. Vai faltar dinheiro para os “companheiros”, mas Henrique só vai cair mesmo, se sua imagem de Macunaíma for para o brejo. Henrique está disposto a qualquer coisa para não perder as benesses do poder. Foi capaz de fechar o legislativo para poder continuar o governo paternalista, assistencialista, que a gente viu até hoje.


Henrique Costa tem que explicar para o Ministério Público e para a sociedade Jurutiense o que fez com R$ 90 milhões que recebeu em 2008 e mais 17 milhões que recebeu em Janeiro de 2009 de ISS, precisa urgentemente dizer onde estão os 15 milhões que desapareceram da Secretaria de Educação. Fato esse, divulgado publicamente pelo próprio Prefeito em uma rádio.


São tantas perguntas que estão sem respostas no Governo do Prefeito Henrique, como por exemplo, a Casa que a Prefeitura comprou do Tabaco cunhado do Prefeito que até hoje ninguém sabe ao certo quanto custou. Há boatos que R$ 300 mil vieram do Fundo Municipal de Educação e outros R$ 260 mil teriam saído de outro fundo para pagamento dessa casa. Somando isso, aos reparos para adequação e padronização da antiga residência para o prédio da SEMED, que segundo fontes, custou mais uns R$ R$ 150 mil. É bom lembrar também que a reforma foi realizada pela Construtora Area Engenharia. A mesma empresa estava construindo parte da praça, que recebeu para não concluir a obra. Somando, essa casa deve ter custado aos cofres públicos mais de R$ 600 mil.


O petista Henrique Costa, assim como seu partido e seus aliados, chegará em 2012 sem moral até para fazer oposição ao próximo prefeito. Depois de oito anos se esbaldando em Juruti, estarão desacreditado não só como governo, mas também como oposição.


O PT vai perder a eleição de 2012 pelos mesmos motivos, que levaram Arruda ser preso em Brasília. Os eleitores estão de saco-cheio com o comportamento de Henrique Costa.


Henrique Costa está acabado do ponto de vista politico, porque está disposto a cometer qualquer indignidade para manter-se no poder. Henrique administra em beneficio próprio, emprega centenas de militantes em cargos de confiança, desvia verbas para construir mansões, persegue os opositores, segue a tradição coronelista de distribuir esmola em troca de votos, compra o apoio de outros partidos em troca de dinheiro, abusa dos gastos em propaganda, dá carta branca para o sobrinho ganhar licitação, desvia verba da educação, tem tripla identidade, haja vista que tem três CPF.


Henrique Costa está encrencado até o pescoço. Eu que não queria está na pele dele quando ele cair em desgraça.


Por: Alex Mendes

0 comentários:

Postar um comentário