quinta-feira, 3 de março de 2011

Governo Dilma consegue suspensão da luminar que impedia a instalação da construção de Belo Monte

1 comentários
Provocado pela Advocacia Geral da União do Governo Dilma, o Tribunal Regional da 1ª Região ignorou a necessidade de cumprimento das condicionantes exigida pelo IBAMA, para instalação do canteiro da obra de construção da Usina Belo Monte no Rio Xingu no Estado do Pará, e, nesta quinta feira 03/03/2011, cassou a liminar que suspendia a licença de instalação da hidrelétrica Belo Monte (PA, 11.233 MW), concedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis.

Justiça?...

O desembargador federal presidente do TRF da 1.ª Região, Olindo Menezes, entendeu não haver necessidade de cumprimento de todas as condicionantes listadas na licença prévia para a emissão da licença de instalação inicial da usina.

Na sexta-feira passada, 25 de fevereiro, o juiz Ronaldo Destêrro, da 9a Vara da Justiça Federal em Belém, concedeu uma luminar que cassou a licença que liberava a montagem do canteiro de obras da usina. Proibiu o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)de repassar recursos para a hidrelétrica.

O Governo de Dilma fiel aos seus parceiros de devastação, não mede esforços para levar ao genocídio toda a população que vivem no entorno do Rio Xingu.

1 comentários:

Guzzi sager disse...

I like your style of writing. You break it down nicely. Very informative post. Keep up the good work.
Apple Laptops

Postar um comentário