sexta-feira, 29 de abril de 2011

CENTRAIS SINCICAIS REALIZAM NESTE SÁBADO NA PRAÇA DA POLICIA ATO EM HOMENAGEM AO DIA DOS TRABALHADORES

0 comentários
Nova Central Sindical de Trabalhadores reconhecida pelo MTE, art. 4º e parágrafos da lei nº. 11.648, de 31/03/2008, portaria. Nº. 194 de 17/04/2008, nota técnica srt/mte nº. 08/2011

As Centrais Sindicais NCST, UGT, e CTB, Convidam todos os Trabalhadores e Trabalhadoras do Amazonas, a para participar do evento do dia 1º de Maio, referente o dia do trabalhador, que será realizado no dia 30 de abril de 2011 (Sábado), ás 09h00m na Praça da polícia em Manaus (AM).

DIA DO TRABALHADOR

As centrais NCST, UGT e CTB, homenageiam neste ato, todos os trabalhadores e trabalhadoras do Amazonas, que lutam bravamente para melhorar as condições de trabalho hoje existente. Ainda falta muito à se fazer, por exemplo: Redução da Jornada de Trabalho para 40 horas semanais sem redução salarial; Fim do famigerado fator previdenciário que consome cerca de 40% dos salários dos aposentados; Melhoria na Educação, Saúde e Segurança.

Trabalhadores e trabalhadoras, precisamos estar atentos e mobilizados, só assim, poderemos conquistar melhorias para nossa qualidade de vida.

As centrais, União Geral dos Trabalhadores - UGT/AM, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil - CTB/AM e a Nova central Sindical de Trabalhadores - NCST/AM, parabenizam os trabalhadores e trabalhadoras de todas as classes de Manaus e do Estado do Amazonas.

Um pouco da história...

Comemorado no dia 1º de maio, o Dia do Trabalhador é uma data comemorativa usada para celebrar as conquistas dos trabalhadores por melhor qualidade de vida e construção de uma sociedade justa, fraterna e igualitária.

Ao longo da história, nessa mesma data, em 1886, ocorreu uma grande manifestação de trabalhadores na cidade americana de Chicago, onde milhares de trabalhadores protestavam contra as condições desumanas de trabalho e a enorme carga horária pela qual eram submetidos (13 horas diárias).

A greve paralisou os Estados Unidos, no dia 03 de maio, houveram vários confrontos dos manifestantes com a polícia. No dia seguinte, esses confrontos se intensificaram, resultando na morte de diversos manifestantes. As manifestações e os protestos realizados pelos trabalhadores ficaram conhecidos como a Revolta de Haymarket.

Em 20 de junho de 1889, em Paris, a central sindical chamada Segunda Internacional instituiu o mesmo dia das manifestações como data máxima dos trabalhadores organizados, para assim, lutar pelas 8 horas de trabalho diário.

Em 23 de abril de 1919, o senado francês ratificou a jornada de trabalho de 8 horas e proclamou o dia 1° de maio como feriado nacional.

Após a França estabelecer o Dia do Trabalho, a Rússia foi o primeiro país a adotar a data comemorativa, em 1920.

No Brasil, a data foi consolidada em 1924 no governo de Artur Bernardes. Além disso, a partir do governo de Getúlio Vargas, as principais medidas de benefício ao trabalhador passaram a ser anunciadas nesta data.

Atualmente, inúmeros países adotam o dia 1° de maio como o Dia do Trabalhador.

Trabalhador UNIDO jamais será vencido! Trabalhador UNIDO jamais será vencido!
Fim do fator Previdenciário! Fim do fator Previdenciário!
Redução da jornada de trabalho, sem redução do salário

0 comentários:

Postar um comentário