terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Centrais definem agenda de lutas deste semestre

0 comentários

As centrais sindicais Força Sindical, CTB, CGTB, NCST e UGT, decidiram em 20 de janeiro, convidar o setor produtivo para manifestação com 200 mil pessoas, em março, em São Paulo, pela mudança da política econômica. Além disso, definiram a agenda de lutas, composta por: redução de juros, desenvolvimento com valorização do trabalho, distribuição de renda e fortalecimento do mercado interno; redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, sem redução do salário; fim do fator previdenciário; regulamentação da terceirização; ratificação da Convenção 158 da OIT contra rotatividade da mão de obra; regulamentação da Convenção 151 da OIT, pelo direito de organização e negociação coletiva dos servidores públicos; reforma agrária e urbana; 10% do pré-sal para educação; soberania nacional e autodeterminação dos povos. Os sindicalistas vão entregar aos ministros do STF, documento em defesa da contribuição sindical.

0 comentários:

Postar um comentário