quinta-feira, 8 de março de 2012

Homenagem do SIEMIBREFI/AM. ao Dia Internacional da Mulher

0 comentários
 

BOLETIM ESPECIAL 
Oito de março
Dia internacional da mulher.

É com real satisfação que o Sindicato dos Empregados nas Instituições Beneficentes Religiosas e Filantrópicas da cidade de Manaus/AM-SIEMIBREFI, emite este boletim especial no mês da mulher.

A luta pela participação política das mulheres começou há décadas, com a conquista do voto feminino, em 1932. Mas avançamos lentamente. Nas eleições de 2006 e 2010, por exemplo, elegemos o mesmo número de deputadas, apenas 45. Não representamos nem 10% do total de 513 parlamentares. No Senado é um pouco mais. Por isso precisamos de lei de cotas.

A eleição de Dilma Rousseff desmistifica o preconceito de quinhentos anos de que as mulheres não combinam com a política, mostrando que estamos preparadas para exercer o poder em seu mais alto grau. A Dilma já é a 11ª mulher a ser eleita presidente da América Latina. Só na Argentina, duas mulheres já alcançaram a Presidência: a Isabelita e a Cristina. Desta forma, penso que a vitória da Dilma tem um grande simbolismo.

E, mais do que isso, a Dilma traz uma preocupação típica de quem entende as dificuldades das mulheres, como a responsabilidade com os filhos. A realidade é que os pais não querem saber se o filho é pequeno, de dois, três anos ou seis meses. Em geral, isso não muda nada na vida dele. E para nós, mulheres não ter onde deixar o filho é um problema muito sério.

Há pouco, a Dilma reafirmou este compromisso lançando um programa para mulheres gestantes, que foi promessa de campanha, o Rede Cegonha. O programa beneficia mulheres expostas a pré-natais malfeitos, á mortalidade materna, á falta de apoio, falta de creche. Por isso acredito que ela vai proporcionar um salto na qualidade de vida das mulheres.

A Dilma também pode avançar em outras de nossas bandeiras. Com a caneta na mão, ela tem condições de pressionar o Estado e garantir melhores condições para mulheres.

Nossa esperança é a de que ela possa fazer essa diferença, abrir esse espaço e mostrar que podemos participar da política.

Passadas quase quatro décadas do início da intensificação da inserção feminina no mercado de trabalho, muitos obstáculos já foram superados na luta pela conquista de postos de trabalho, especialmente aqueles tradicionalmente ocupados por homens. No entanto, o alto desemprego, além da reprodução de ocupações menos valorizadas, ainda são desafios a serem enfrentados pelas mulheres na busca pela igualdade de direitos no mercado de trabalho. Contudo, o espaço já conquistado oferece condições para o debate mais profundo do papel da mulher e do homem na família e na sociedade, bem como a necessidade do compartilhamento mais igualitário das tarefas do lar, da educação e criação dos filhos.

As informações disponibilizadas nesse material, objetiva contribuir para o crescimento da mulher no mercado de trabalho, visando alcançar uma sociedade mais igualitária no que se refere às questões de gênero.

A diretoria do SIEMIBREFI tem a honra de parabenizar todas as mulheres, especialmente da nossa categoria de empregados nas Instituições Beneficentes, Religiosas e Filantrópicas da cidade de Manaus/AM e todas as mulheres do Brasil por serem trabalhadoras, lutadoras de seus direitos, guerreiras, conquistadoras, lindas e maravilhosas por terem seu próprio brilho.

A diretoria do SIEMIBREFI/AM.

Manaus, 08 de março de 2012

0 comentários:

Postar um comentário