terça-feira, 20 de março de 2012

Randolfe protocola representação contra o senador Demóstenes

0 comentários

O senador Randolfe Rodrigues (PSOL/AP) protocolou nesta terça-feira 20 representação, assinada também pelo senador Pedro Taques (PDT/MT) , onde pede que sejam investigadas as denúncias divulgadas na imprensa contra o senador Demóstenes Torres (DEM/GO) e suas ligações com o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Entre as denúncias divulgadas na Revista Época, conseguidas por meio de monitoramento autorizado pela justiça, consta que entre fevereiro e agosto de 2011, o Senador Demóstenes teria trocado quase 300 ligações telefônicas com Carlinhos Cachoeira. Cachoeira foi preso em março deste ano, acusado de chefiar uma quadrilha especializada em explorar máquinas caça-níqueis. A prisão foi resultado da Operação “Monte Carlo” desencadeado pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e Receita Federal.

Outro fato noticiado na imprensa aponta que Cachoeira teria habilitado nos Estados Unidos, 15 rádios “Nextel”, que distribuiu entre pessoas de sua confiança. A habilitação em país estrangeiro teria a finalidade de impedir que os mesmos fossem alvo de monitoramento pela polícia. As notícias revelam que entre as pessoas que receberam tais aparelhos, estaria Demóstenes Torres.

Randolfe ressalta que as acusações são graves e é necessário que o Senado faça essa apuração. Na representação, o senador amapaense solicita também que o Congresso Nacional requeira ao Procurador Geral da República, todas as informações e documentos que apontam o envolvimento de parlamentares nas ações investigadas pela Operação “Monte Carlo”, visando adotar as providências cabíveis neste caso.

 Foto: AGÊNCIA SENADO

0 comentários:

Postar um comentário