sexta-feira, 4 de maio de 2012

Colégio de Procuradores do Ministério Público do Amazonas Julga hoje Ação contra Promotor Candido Honório

0 comentários

Depois do Ministro do Superior Tribunal de Justiça, o amazonense Mauro Luiz Campbell Marques, oriundo do Ministério Publico do Amazonas, entrar para o rol dos envolvidos com a quadrilha do contraventor Carlinhos Cachoeira noticiado em toda mídia Nacional. O Colégio de Procuradores do Ministério Público do Amazonas vai julgar hoje 04/05/2012 as 09:00 horas, uma Ação contra o Promotor Candido Honório. 

 O Ministro do STJ Mauro Luiz Campbell Marques é o principal interessado no Processo contra o Promotor Candido Honório, coincidência ou não, o certo é que o Colégio de Procuradores, estão agora diante de uma encruzilhada perigosa, condenar um de seus pares por uma acusação de Ministro que vem se destacando no STJ em atender solicitações de políticos, lobistas ou coisa do tipo, como tem sido sua atuação no Processo da Terra Indígena do povo Ashaninka da aldeia Apiwtxa,  em que são réus Abrahão Cândido e Orleir Cameli no Estado Acre e agora no caso do Vereador amigo do contraventor Carlos Cachoeira.  

O processo que o colégio de Procuradores aprecia hoje é para autorizar procedimento administrativo no sentido de determinar a exoneração do Promotor Candido Honório dos quadros do Ministério Público do Estado. Embora já tenha uma decisão do Tribunal de Justiça do Amazonas, não se pode afirmar que o Promotor já esteja condenado, uma vez que ainda existe recursos até ser transitado in julgado. Precipitação ou tentativa de desviar o foco que agora aponta para o Ministro  Mauro Campbell como suspeito em coisa ilícitas! Eis a questão.  

0 comentários:

Postar um comentário