terça-feira, 3 de julho de 2012

Teatro Amazonas apresenta: A pintura para além dos cem dias!

1 comentários

Por Valter Calheiros
Nem sempre conseguimos explicar tudo o que acontece a nossa volta ou com nossas escolhas. Neste domingo de sol troquei a beleza das águas do rio Negro e Solimões, dos lagos e igarapés do Aleixo e Puraquequara por uma visita ao Centro de Manaus.

O café da manhã e o artesanato da Eduardo Ribeiro, o passeio pelo Largo São Sebastião, Teatro Amazonas e seus Jardins, tudo é muito prazeroso. No meio de tanta beleza uma placa indicando serviços de pintura no Teatro Amazonas passar despercebido na história escrita pela arquitetura.

VALOR DA OBRA: R$ 422.974,77
INÍCIO DA OBRA: 15/12/2011
TERMINO DA OBRA: 15/03/2012

A placa da Secretaria de Cultura do Governo do Estado fixado nos fundos do Teatro ostenta o lema “trabalhando para criar oportunidades”, nela é possível perceber que os vícios de prolongar períodos de obras publicas acontece até mesmo onde amazonenses e turistas transitam disparando máquinas fotográficas a todo momento, registrando imagens que deveriam ficar como boas lembranças de nossa cidade.

Mas, são mais de cem dias além do programado para a realização dos serviços indicados na placa. Nada acontece de graça, tudo gera custos ao erário publico que é financiado exclusivamente com o suor do trabalhador amazonense! Só nos resta perguntar: qual o motivo do atraso da obra? Não é de assustar se amanhã aparecer um termo aditivo alterando prazos e valores!

Fotos: Valter Calheiros ativista do SOS Encontro das Águas

Teatro Amazonas em 01julho de 2012

Teatro Amazonas em 01julho de 2012
Teatro Amazonas em 01julho de 2012


Teatro Amazonas em 01julho de 2012


Teatro Amazonas em 01julho de 2012


Teatro Amazonas em 01julho de 2012


Teatro Amazonas em 01julho de 2012


Teatro Amazonas em 01julho de 2012

1 comentários:

Carlos Costa disse...

Cada aditivo, amigo, custa no mínimo 25% do valor contratado, mas ele, pela regra da Lei 8666/93, só pode ser feito uma única vez e não pode ultrapassar ao valor de 40% do contratado inicialmente. Um abraço

Postar um comentário