segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Escolas fechadas: Débito com conta de luz fecha escolas da rede municipal em Manaus

0 comentários

Débitos da Prefeitura com a empresa Manaus Energia estão fechando escolas em vários bairros da cidade. Outras escolas estão fechadas porque a Secretaria Municipal de Educação – SEMED resolveu promover reformas no período letivo. Diante desse quadro, o vereador Waldemir José (PT) apresentou requerimento para realização de uma audiência pública para que a SEMED explique o porquê dessa situação que prejudica centena de crianças.

“Não se pode brincar de fazer educação, que pelo jeito é o que a Prefeitura está fazendo, deixando tantas crianças e jovens sem escola para estudar”, afirmou o vereador petista, afirmando que nos últimos meses tem recebido várias denúncias de pais de alunos reclamando da falta de atenção da SEMED para o problema do fechamento das escolas. Segundo o vereador, algumas escolas estão fechadas há mais dois meses, sem a previsão de voltar a funcionar normalmente.

“Pelo jeito, as escolas não têm autonomia para realizar pequenas reformas e nem a SEMED tem uma política de manutenção preventiva, para evitar que os problemas se agravem e ponta das escolas serem fechadas, por outro lado a Prefeitura tem que entender que as contas não se pagam sozinhas e contas fixas, como a de energia elétrica precisam ser pagas em dia”. As denúncias chegam de pais de alunos de escolas localizadas em bairros como: Bela Vista, Puraquequara, Colônia Antônio Aleixo e Cidade Nova.

Por essa razão, Waldemir José apresentou requerimentos para audiência pública na Comissão de Educação da Câmara Municipal de Manaus, convocando o secretário municipal de Educação, Mauro Lippi para dar explicações sobre o fechamento das escolas e qual a solução encontrada pela SEMED para que esses alunos não tenham maiores prejuízo no ano letivo, e no seu aprendizado.

0 comentários:

Postar um comentário