quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Lula “fora do eixo”

0 comentários

No STF, os dirigentes do PT, em conluio com o PP, PL, PTB e PMDB, vem sendo acusados de crime de lavagem de dinheiro, corrupção passiva, ativa, de formação de quadrilha e compra de voto, provocando silêncio do Lula e o declínio de suas lideranças nas pesquisas eleitorais.

Ncpam urgente: O Amazonas, historicamente, tem sido purgatório dos políticos, quando não exilados, refugiam-se nestas paragens esperando passar “o tsunami” que assola Brasília e o eixo Rio-São Paulo.

“Fora do eixo”, Lula, uma das maiores lideranças políticas do País, chega a Manaus, nesta terça-feira (19), em missão de campanha, na tentativa de desbancar um dos seus maiores oponentes, o senador Artur Virgílio Neto, que foi ministro do governo FHC e liderança da bancada do PSDB no governo Lula.

Na oposição, o senador do Amazonas, ardoroso defensor dos interesses republicanos, em particular dos projetos estratégicos, a garantir o desenvolvimento de nossa gente, todos assentados no princípio federativo e na soberania popular, era capaz de afrontar o governo Lula, trancando a pauta do Congresso, fazendo o governo recuar por diversas vezes de suas tratativas.   

O Governo Lula (2003–2010) se fez grande por derrotar nas urnas o projeto de FHC. O seu modo de governar tem sido objeto de julgamento na Corte maior de Justiça do País, o Supremo Tribunal Federal (STF), que acusa os dirigentes do PT, em conluio com o PP de Maluf, PL (PR) de Waldemar Costa Neto, PTB  de Sabino e PMDB de Eduardo Braga, de crime lavagem de dinheiro, corrupção passiva, ativa, de formação de quadrilha e compra de voto, provocando silêncio do Lula e o declínio de suas lideranças nas pesquisas eleitorais.

A perda de credibilidade do PT e seus aliados fez o Lula chamar para o eixo dos palanques a presidenta Dilma Rousseff, que havia dito que não iria participar dos comícios no primeiro turno das eleições, entretanto vem movendo força em direção a São Paulo, Recife e, particularmente, Manaus, aonde Artur Virgílio Neto vem despontando como líder nas pesquisas para a Prefeitura da cidade, com menos de 4 minutos de TV, enquanto a candidata da “companheirada” domina 12 minutos do horário eleitoral mais a máquina governista a seu favor.

Se a vinda do Lula se consumar, pois alguns duvidam que ele saia de São Paulo nessas horas, a imprensa nacional fará plantão em Manaus para ouvir o líder petista no comício e quem sabe consiga uma coletiva para explicar os crimes imputados ao seu governo.     

0 comentários:

Postar um comentário