segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Ambientalista vão celebrar o aniversário de Manaus contemplando o Encontro das Águas

0 comentários

O Encontro das águas é uma das mais bonitas paisagens brasileiras, localizada na entrada de Manaus onde os Rios Negro e Solimões se encontram, os dois rios correm lado a lado sem se misturar por mais de 6Km, quando passam então a formar o rio Amazonas até chegar ao oceano Atlântico. Ele é para nós amazonenses o maior patrimônio natural brasileiro tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), de acordo com a decisão do Tribunal Regional Federal que impediu temporariamente qualquer tipo de construção na área.

Mesmo sendo um dos maiores símbolos ecológicos e turísticos do Amazonas, não está sendo tão simples a defesa desse majestoso patrimônio. Até aqui, foi necessária a mobilização de moradores das comunidades próximas, estudantes, ambientalistas, professores e artistas engajados no movimento socioambiental SOS Encontro das Águas, para impedir a construção de um porto no local.

Neste aniversário de Manaus, 24/10/2012(quarta-feira) convidamos a todos os amantes de nossa cidade para um momento de reflexão crítica sobre os problemas socioambientais da cidade e de contemplação do Encontro das Águas, nosso maior símbolo cultural e ecológico, apesar do descaso governamental, do abandono, da depredação e do lixo.

CONVITE

Convidamos todos os lutadores sociais das causas ambientais do mundo, a participarem da comemoração do aniversário da cidade de Manaus, contemplando o majestoso Encontro das águas, Patrimônio Natural e Ambiental do Brasil.

Data: 24/10/2012 (quarta feira)
Hora: 9h30´ - 11h30´
Local: Mirante Encontro das Águas

P.S. O Mirante fica na Antiga Torre da Embratel, Zona Leste de Manaus, passar pela rotatória do Coroado, Rotatória do São José, IFAM, Rotatória do Puraquequara, Reserva Sauim – Castanheiras e na Rotatória da Colônia Antônio Aleixo deve-se virar a direita e seguir reto até a margem do Encontro das Águas.

Obs. Favor levar água para seu consumo e chapéu, sobreiros, barracas ou guarda sol.

0 comentários:

Postar um comentário