segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Procurador do MPF promove reunião para tratar da interdição de obra no Encontro das Águas

0 comentários
Amazon Aço (Foto: Valter Calheiros)


O Ministério Publico Federal no Amazonas, promove reunião para tratar do embargo das obras da empresa Amazon Aço no majestoso Encontro das Águas na entrada de Manaus(AM). A interdição dessa obra já foi decretada pelo juiz titular da 7ª Vara Federal Ambiental e Agrária, em Manaus, Dimis da Costa Braga, que determinou, por meio de liminar, a interdição de uma obra realizada às margens do rio Amazonas, de responsabilidade da empresa Amazon Aço Indústria e Comércio LTDA., para evitar a continuidade da degradação ambiental no local. Ele também estipulou multa no valor de R$ 100 mil dia em caso de descumprimento da decisão, datada de 3 de abril do ano de 2012. O processo é de autoria do Ministério Público Federal (MPF).

A reunião acontecerá no próximo dia 09 de janeiro (quarta-feira), no horário de 09h30. A convocação foi feita no final do mês de dezembro de 2012 através de E-mail do Excelentíssimo Senhor Procurador Leonardo Andrade Macedo - MPF - Procuradoria da Republica no Amazonas, enviado ao ativista do SOS Encontro das Águas Valter Calheiros (Caro Valter, Em razão do recesso de final de ano, foi agendada reunião no dia 09 de janeiro, às 9:30 h, na PR-AM, para tratar das questões relativas à Amazon Aço. Pedi ao Prof. Menabarreto que comunicasse aos demais interessados. Aguardo vocês. Cordialmente,) e acontecerá na sala do Procurador que tem capacidade para 15 a 20 pessoas. Quem quiser participar deve chegar as 9 horas para ser  credenciado para a reunião.

0 comentários:

Postar um comentário