quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Campanha da Fraternidade 2013: a Juventude é o tema da 50ª Campanha da Fraternidade

0 comentários

A Igreja oferece a juventude uma acolhida melhor e os quer como protagonistas dentro da instituição


A Campanha da Fraternidade chega em 2013 a sua 50ª edição e, desta vez, as atenções estão voltadas para a juventude. Em Manaus o lançamento aconteceu hoje (13/03/2013) as 09:00 horas na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, a solenidade começou com a concentração de setores da Arquidiocese em cinco pontos diferentes do Centro de Manaus, e as 08:00 horas os fiéis seguiram a pé rumo à Catedral Metropolitana.

A distribuição dos setores foram na seguinte ordem: concentrados na Praça do Congresso (Setor 01 e 02); Praça da Polícia (Setor 03 e 04); Praça Terreiro Aranha (Setor 05 e 06); Igreja Dom Bosco (Setores 08 e 10) e na Praça Dom Pedro I (Setores 09, 11 e 12), todos esses setores ressaltaram os anseios ligados à juventude dentre as quais a Expressões Juvenis, Cultura Midiática, Protagonismo Juvenil, Políticas Públicas de Juventude, Campanha Contra Violência e Extermínio de Jovens foram entre outros assuntos lembrados pelos participantes.

O lançamento da Campanha foi presidido pelo arcebispo emérito Dom Luiz Soares Vieira, onde o ponto alto da celebração de abertura da CF-2013 que neste ano tem como tema ‘Fraternidade e Juventude’ e lema ‘Eis-me aqui e envia-me a mim’, teve a duração de mais de uma hora. Ao término da celebração, as pastorais da juventude realizaram apresentações aos presentes.

A campanha é realizada anualmente pela Igreja Católica, durante o período da quaresma, que começa nesta quarta (13) e vai até a segunda semana de março. A proposta é levar seus fiéis e a sociedade à reflexão sobre algum tema de abrangência social. O objetivo é alcançar mudança de atitudes pessoais e coletivas.

De olho na juventude

O padre Luís Carlos Dias, secretário executivo da Campanha da Fraternidade na Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), explica que “a Igreja tem um apreço muito especial pela juventude“. Ele cita uma série de ações promovidas pela instituição com alvo no alcance de jovens. Por último, lembra a instalação da Pastoral da Juventude na CNBB, para destacar a importância do público-alvo.

O texto base da Campanha da Fraternidade 2013 explica que a Igreja quer acolher melhor os jovens no contexto atual e abrir caminhos para o seu protagonismo dentro da instituição, principalmente na vivência eclesial e na construção de uma sociedade fundamentada na cultura da vida, da justiça e da paz.

Olhando para além dos templos

Ainda segundo o padre Luís, a campanha vai lançar mão do diálogo que a Igreja tem estabelecido com a sociedade civil e os poderes públicos, visando melhorias nas iniciativas que dizem respeito à juventude . “Ainda faltam políticas públicas para os jovens”, avalia o religioso. O padre destaca a necessidade de ações que preparem a população jovem para ingressar no ensino superior e no mercado de trabalho.

Reflexo da redução de fieis

O último senso realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) registrou queda no número de católicos em todas as regiões do País, isso é uma das preocupações da igreja. O secretário executivo da Campanha da Fraternidade revela que ações evangelizadoras com foco na especial juventude estão sendo implementadas.

Encontro internacional de jovens

O público-alvo foi escolhido de forma estratégica pela Igreja Católica brasileira, já que em julho de 2013 o País vai sediar a Jornada Mundial da Juventude, encontro que reúne anualmente jovens católicos de todas as partes do mundo.

0 comentários:

Postar um comentário