sábado, 10 de janeiro de 2015

Governo ‘Nem que a Vaca Tussa’ e o Brasil 'Pátria Educadora'

0 comentários
Por Elson de Melo*

Começo esse reflexão perguntando: é possível acreditar no que diz a Presidente Dilma depois de negar o que prometeu em campanha de não mexer nos direitos trabalhistas e previdenciários dos trabalhadores “nem que a vaca tussa!”? Como acreditar em uma retórica manjada de inicio de governos como foi o ‘fim da miséria’ e agora ‘Brasil Pátria Educadora’?

Diante da Medida Provisória que a Presidente editou para subtrair direitos dos pescadores, pensionistas e trabalhadores desempregados, agora somos todos  São Tomé. Só acreditamos vendo! Vendo as creches prometidas no mandato passado funcionando, todas as crianças na escola, maior investimento e melhor qualidade no ensino fundamental, professores bem remunerados, maiores investimentos nas Universidades Publicam e mais incentivo a pesquisa.

Se a Presidente Dilma deseja uma ‘Pátria Educadora’, sugerimos começar por um Brasil alfabetizador, para acabar com o analfabetismo em todo território nacional. Em 2013, o Brasil registrou 13 milhões de analfabetos com 15 anos ou mais -- contingente de pessoas que supera a população da cidade de São Paulo (11,8 milhões) e representa 8,3% do total de habitantes do país. Essa população alarmante de pessoas sem saber ler e escrever coloca o Brasil em 8º lugar dentre os países com maior índice de analfabetismo no mundo. Portanto, para fazer do Brasil uma ‘Pátria educadora’, o primeiro passo é alfabetizar esses 13 milhões de brasileiros marginalizados.

O discurso da Presidente pode até parecer sedutor, mas na pratica não passa de mais uma peça publicitária, uma vez que não acena com os recursos necessários e mobilização social que o caso requer. Vale lembrar que, o seu governo é um dos piores exemplos de educação, os doze anos de governo do PT tem sido uma verdadeira escola de corrupção e ainda patrocinar campanhas de arrecadação de recursos para ajudar ladrões condenados a pagarem custas de processos, portanto é um governo da deseducação de toda uma geração.

Para os ‘inocentes úteis’ que ainda acham possível esse governo representar alguma coisa de popular, arrisco em afirmar que, essa retórica de ‘Pátria Educadora’ só vai servir para encher os cofres dos empresários do setor escolar com gordos aportes financeiros em suas escolas/empresas. Por outro lado, o projeto pedagógico que vai prevalecer será o de formar pessoas domadas (alienadas) para melhor servir o capital.

Como o novo governo da Presidente Dilma se fundamenta em ideias velhas e é composto por velhas raposas da politica nacional, chamamos a população brasileira para, cobrar com veemência as promessas desse governo ‘nem que a vaca tussa’.

*Elson de Melo é Presidente Estadual do PSOL Amazonas

Fonte: Blog Elson de Melo
LEIA MAIS...