quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Assembleia dos Trabalhadores da Jayoro rejeita contraproposta da empresa. Luta continua

0 comentários
Assembleia geral dos Trabalhadores da Agropecuária Jayoro em Presidente Figueiredo (AM), realizada ontem, dia 05 de janeiro de 2016, rejeitou a contraproposta da empresa, que pretendiam dar 5% de reajuste para os salários dos empregados que ganham acima do Piso da categoria.

A inflação oficial no período ainda não foi divulgada, mas observando o acumulado medido pelo INPC do IBGE no mês de novembro, o índice era de 10,97. Nesse sentido, os trabalhadores da Jayoro entendem que os 5% apresentado pela empresa é insignificante diante da realidade inflacionaria que o país está vivendo, além de não recompor o poder de compra dos salario da categoria, ainda determina uma perda salarial de mais de 50% da inflação do período.

A assembleia, formada em sua grande maioria por Trabalhadores que ganham acima do Piso da categoria, debateu a proposta e considerou que a mesma é injusta por não considerar que Presidente Figueiredo é um Município onde o custo de vida é um dos mais altos do Amazonas. Por assim entenderem, resolveram reapresentar a proposta original de reajuste de 12% nos salários, uma vez que a inflação do período está muito próximo desse percentual.

Ao rejeitar a contraproposta da Jayoro, os trabalhadores delegaram ao Sindicato que continue negociando, o que deve ocorrer amanhã (07-01-2016) na Superintendência Regional do Trabalho onde já está agendada uma reunião de conciliação. Dispostos a recepcionarem uma nova proposta, ou em caso de não evoluir positivamente as negociações, ficou marcada uma nova assembleia que será realizada na próxima terça-feira (12-01-2016) em Presidente Figueiredo, onde será apreciada eventual nova proposta e também debatido todas as formas de luta.

Fonte: Diretoria do SINTAM  

0 comentários:

Postar um comentário