segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

NOTA DE ESCLARECIMENTO – ACORDO COLETIVO 2016

0 comentários

     Devido a ausência da Agropecuária Jayoro na Reunião de Mediação promovida pela Superintendência Regional do Trabalho no Amazonas no dia 07 de janeiro de 2016, viemos por meio desta esclarecer o que segue:

     No dia 05 de novembro de 2015, este Sindicato encaminhou a Pauta de Reivindicação dos trabalhadores da Jayoro a direção da empresa, na oportunidade, o Sindicato recomendou urgência nas negociações para evitar o que tem ocorrido nos anos anteriores onde o Acordo só é formalizado no mínimo três meses após o inicio da data base que é 1º de janeiro.

      Com o silencio da direção da Jayoro em se pronunciar sobre o inicio das negociações, o sindicato reiterou a solicitação de urgência, a Jayoro através do seu Superintendente Waltair Prata Carvalho respondeu em tom irônico “que a empresa deverá encaminhar seu posicionamento até dezembro de 2016”! O SINTAM questionou essa data a Jayoro e como a empresa não retificou sua afirmação, o Sindicato engessou com um pedido de Mediação na Superintendência Regional do Trabalho, depois de notificada pelo Ministério do Trabalho, a Jayoro encaminhou ao Sindicato uma contraproposta por escrito que foi submetida a Assembléia da categoria no dia 05 de janeiro de 2016, sendo a mesma rejeitada. No dia 07-01-2016 a Jayoro não compareceu a reunião de mediação alegando que ainda não fora esgotada a negociação direta entre as partes, mais uma vez o Sindicato esclarece que a Jayoro até a presente data não agendou nenhuma negociação com o Sindicato, portanto, tal justificativa não procede uma vez que a Jayoro não tem demonstrado nenhum interesse em negociar.

       Esclarecemos ainda que, este Sindicato continua aberto as negociações, contudo, reserva-se no direito de buscar outras formas de definição do Acordo Coletivo de Trabalho de 2016, mesmo que em ultimo caso, venha recorrer a Justiça do Trabalho para dirimir as principais questões como Piso Salarial R$ 927,36, Reajuste Salarial de 12%, Cesta Básica, Participação dos Resultados, Reembolso Creche, Transporte de Empregados, Horas In Itineres, Plano de Saúde e Convenio Farmácia. 

     Informamos também que, a Jayoro ao retardar o fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho, se apropria dos resíduos das horas extras e a pagamentos por produção dos seus trabalhadores uma vez que só retroage o reajuste do salário base dos seus funcionários, portanto, para a direção da empresa é confortável embromar o  fechamento ACT por meses como ela faz todos os anos. Assim sendo, convidamos os trabalhadores e trabalhadoras da Agropecuária Jayoro para participarem da Assembleia que será realizada amanhã (terça-feira) dia 12 de janeiro, as 18 horas no Hotel Cuca Legal.

Manaus, 11 de janeiro de 2016.


A Direção do SINTAM

0 comentários:

Postar um comentário