segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

NOTA DE ESCLARECIMENTO – ACORDO COLETIVO 2016

0 comentários

     Devido a ausência da Agropecuária Jayoro na Reunião de Mediação promovida pela Superintendência Regional do Trabalho no Amazonas no dia 07 de janeiro de 2016, viemos por meio desta esclarecer o que segue:

     No dia 05 de novembro de 2015, este Sindicato encaminhou a Pauta de Reivindicação dos trabalhadores da Jayoro a direção da empresa, na oportunidade, o Sindicato recomendou urgência nas negociações para evitar o que tem ocorrido nos anos anteriores onde o Acordo só é formalizado no mínimo três meses após o inicio da data base que é 1º de janeiro.

      Com o silencio da direção da Jayoro em se pronunciar sobre o inicio das negociações, o sindicato reiterou a solicitação de urgência, a Jayoro através do seu Superintendente Waltair Prata Carvalho respondeu em tom irônico “que a empresa deverá encaminhar seu posicionamento até dezembro de 2016”! O SINTAM questionou essa data a Jayoro e como a empresa não retificou sua afirmação, o Sindicato engessou com um pedido de Mediação na Superintendência Regional do Trabalho, depois de notificada pelo Ministério do Trabalho, a Jayoro encaminhou ao Sindicato uma contraproposta por escrito que foi submetida a Assembléia da categoria no dia 05 de janeiro de 2016, sendo a mesma rejeitada. No dia 07-01-2016 a Jayoro não compareceu a reunião de mediação alegando que ainda não fora esgotada a negociação direta entre as partes, mais uma vez o Sindicato esclarece que a Jayoro até a presente data não agendou nenhuma negociação com o Sindicato, portanto, tal justificativa não procede uma vez que a Jayoro não tem demonstrado nenhum interesse em negociar.

       Esclarecemos ainda que, este Sindicato continua aberto as negociações, contudo, reserva-se no direito de buscar outras formas de definição do Acordo Coletivo de Trabalho de 2016, mesmo que em ultimo caso, venha recorrer a Justiça do Trabalho para dirimir as principais questões como Piso Salarial R$ 927,36, Reajuste Salarial de 12%, Cesta Básica, Participação dos Resultados, Reembolso Creche, Transporte de Empregados, Horas In Itineres, Plano de Saúde e Convenio Farmácia. 

     Informamos também que, a Jayoro ao retardar o fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho, se apropria dos resíduos das horas extras e a pagamentos por produção dos seus trabalhadores uma vez que só retroage o reajuste do salário base dos seus funcionários, portanto, para a direção da empresa é confortável embromar o  fechamento ACT por meses como ela faz todos os anos. Assim sendo, convidamos os trabalhadores e trabalhadoras da Agropecuária Jayoro para participarem da Assembleia que será realizada amanhã (terça-feira) dia 12 de janeiro, as 18 horas no Hotel Cuca Legal.

Manaus, 11 de janeiro de 2016.


A Direção do SINTAM
LEIA MAIS...

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Assembleia dos Trabalhadores da Jayoro rejeita contraproposta da empresa. Luta continua

0 comentários
Assembleia geral dos Trabalhadores da Agropecuária Jayoro em Presidente Figueiredo (AM), realizada ontem, dia 05 de janeiro de 2016, rejeitou a contraproposta da empresa, que pretendiam dar 5% de reajuste para os salários dos empregados que ganham acima do Piso da categoria.

A inflação oficial no período ainda não foi divulgada, mas observando o acumulado medido pelo INPC do IBGE no mês de novembro, o índice era de 10,97. Nesse sentido, os trabalhadores da Jayoro entendem que os 5% apresentado pela empresa é insignificante diante da realidade inflacionaria que o país está vivendo, além de não recompor o poder de compra dos salario da categoria, ainda determina uma perda salarial de mais de 50% da inflação do período.

A assembleia, formada em sua grande maioria por Trabalhadores que ganham acima do Piso da categoria, debateu a proposta e considerou que a mesma é injusta por não considerar que Presidente Figueiredo é um Município onde o custo de vida é um dos mais altos do Amazonas. Por assim entenderem, resolveram reapresentar a proposta original de reajuste de 12% nos salários, uma vez que a inflação do período está muito próximo desse percentual.

Ao rejeitar a contraproposta da Jayoro, os trabalhadores delegaram ao Sindicato que continue negociando, o que deve ocorrer amanhã (07-01-2016) na Superintendência Regional do Trabalho onde já está agendada uma reunião de conciliação. Dispostos a recepcionarem uma nova proposta, ou em caso de não evoluir positivamente as negociações, ficou marcada uma nova assembleia que será realizada na próxima terça-feira (12-01-2016) em Presidente Figueiredo, onde será apreciada eventual nova proposta e também debatido todas as formas de luta.

Fonte: Diretoria do SINTAM  
LEIA MAIS...

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Assembleia dos trabalhadores da Jayoro para decidir se aceita contraproposta da empresa

0 comentários
Os Trabalhadores da Jayoro vão decidir se aceitam a contraproposta de 5% de reajuste de salário oferecido pela empresa na antevéspera do Natal

Presidente Figueiredo (AM) - Na próxima terça-feira (05 de janeiro), os Trabalhadores da Agropecuária Jayoro em Presidente Figueiredo (AM), vão se reunir para decidir sobre a contraproposta da empresa encaminhada ao Sindicato da Categoria no dia 23 de dezembro  de 2015 antevéspera do Natal.

A maioria dos Trabalhadores está de férias, porém essa Assembleia é necessária devida uma audiência de conciliação já marcada para o dia 07 de janeiro (quinta-feira) na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Amazonas – SRTE/AM, solicitado pelo Sindicato da categoria, em razão da data base ser 1º de janeiro e a empresa não mostrar interesse em iniciar as negociações antes do inicio do novo período.

A categoria reivindica um reajuste de 12% para os salários e na contraproposta a Jayoro oferece apenas 5% de reajuste salarial, percentual muito inferior a inflação do período que só no acumulado de novembro já era de 10.97%.

Para o Sindicato a contraproposta da empresa não recompõe o salário dos trabalhadores do período passado, além de não oferecer segurança econômica para o próximo período, 5% é um desproposito, no entanto, a categoria é quem vai decidir, para tanto, os Trabalhadores estão sendo chamados a se manifestarem na Assembleia, se aceitam ou não a contraproposta da empresa, confira abaixo o Edital que o Sindicato está divulgando.            

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação, Gelo, Moagem de Café, Trigo, Rações, Sal, Frigoríficos, Vinagre, Laticínios, Castanha, Iogurtes, Xaropes e Produtos Alimentícios no Estado do Amazonas, com base territorial no Estado do Amazonas, no uso de suas atribuições estatutárias, convoca todos os trabalhadores (as) da Agropecuária Jayoro Ltda., para se reunirem, no Hotel Cuca Legal a Rua Manaus, 1895 – “A” - Centro, Cep. 69735-000 Presidente Figueiredo, Amazonas, no dia 05 de janeiro de 2016, terça-feira, às 18h00min em primeira convocação e às 18h30min em segunda e última convocação, com a seguinte Ordem do Dia:

1.         Leitura e apreciação da contraproposta para Acordo Coletivo de Trabalho 2016 apresentado pela Agropecuária Jayoro;
2.      Assuntos Gerais.

Manaus, 28 de dezembro de 2015.

José Soares de Abreu
Presidente


Fonte: Diretoria do SINTAM 
LEIA MAIS...